Notícias

Baiana é finalista em concurso de Harvard

Publicado em 27/09/2014 às 23h24


Com os pais, Geórgia Gabriela comemora seleção do projeto que visa combate à endometriose

"Eu já quebrei paradigmas, pois sou negra, nordestina e de uma cidade do interior. Mesmo assim consegui ficar entre os finalistas desse concurso fora do meu país. Para mim, já é uma vitória". A frase é da jovem de Feira de Santana (a 109 km da capital) Geórgia Gabriela da Silva Sampaio, 18, que participa de um concurso da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, junto com estudantes do mundo todo.

Foram 40 trabalhos inscritos,  16 do Brasil, sendo o dela o único da Bahia. Uma votação na internet escolheu os 15 melhores trabalhos como finalistas, o de Geórgia foi o quinto mais votado. "Foi difícil chegar até aqui, pois os trabalhos podem ser feitos em grupo ou individualmente. Estou concorrendo com alguns grupos e isso não deixa de ser um ponto a menos para mim, que estou sozinha. Mas creio que chego lá", diz a estudante.

Geórgia sonha  cursar engenharia em uma universidade no exterior. O trabalho selecionado para o concurso é a criação de um kit para diagnosticar de forma rápida e barata a endometriose, doença que atinge nada menos que seis milhões de mulheres no Brasil e 170 milhões no mundo. A ideia surgiu com a experiência obtida com uma tia, que passou pelo problema.

"Comecei a pesquisar e notei que a falta de um diagnostico precoce é que aumenta o risco da doença e de outros estágios dela. Como o sintoma principal é a dor durante a menstruação, as mulheres passam muito tempo sem procurar tratamento", disse. "A média de atraso na busca de tratamento é sete anos. Enquanto isso, a endometriose avança e pode atingir outros órgãos. O tratamento e o diagnóstico são muito caros", explica.

De família humilde, a estudante conta que desenvolveu o trabalho pensando nas pessoas com menor poder aquisitivo. Dessa forma, investiu num kit que pudesse ser barato e acessível aos serviços públicos.

Questão social

"É uma questão social mesmo. Muitas mulheres não conseguem pagar o tratamento e correm risco de piorar a situação. O objetivo é fazer algo que possa dar a elas o direito a um diagnóstico e um tratamento adequado", frisa Geórgia.

Filha do comerciante Jorge Luiz dos Santos Sampaio e da cabeleireira Sidney da Silva Sampaio, a estudante sempre se destacou nos estudos e, por esse motivo,  era sempre convidada a participar de competições estudantis.

"Ela sempre se destacou. Em toda escola que ela passava era elogiada pelos professores. Até que fez um teste para um boa escola aqui e foi selecionada entre os primeiros candidatos, ganhando uma bolsa de estudos. Temos  orgulho do caminho que está seguindo", contou a mãe.

Sem conter a alegria, Jorge Luiz lembra que a filha foi aprovada em quatro vestibulares, nas universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs) e Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

"Ela não quis cursar, pois  o sonho dela é estudar fora do Brasil. Enquanto em outros lares os pais brigam para que os filhos estudem, aqui a briga é para que ela aceite cursar uma universidade aqui no país. A educação é a maior riqueza que podemos dar aos nossos filhos, e esse é o sonho dela. Então, vamos fazer o que for possível para que seja realizado", diz o pai.

Com o ensino médio concluído no ano passado, Geórgia agora se prepara para concorrer em outros vestibulares no Brasil e tentar uma vaga em universidades fora do país. "Quero fazer um curso no exterior, pela abertura maior que eles nos oferecem", diz ela.

Engenharia

Geórgia Gabriela destaca que pode cursar engenharia e, ao mesmo tempo, desenvolver as pesquisas ligadas ao projeto científico.

"Tentei ser selecionada em duas universidades no exterior, mas, até o momento, não consegui. Acredito que esta participação no concurso em Harvard possa ajudar de alguma forma a realização do meu sonho", assinala.

A próxima etapa da seleção é ser entrevistada por uma banca examinadora (pela internet). O resultado final deve sair na primeira quinzena de outubro. "Estamos na torcida. Amo pesquisar e é interessante me ver produzindo conhecimento. A pesquisa dá a oportunidade de criação, e isto me estimula", diz ela.

Fonte: A Tarde 

Compartilhar

Urnas eletrônicas começam a ser lacradas na Bahia

Publicado em 24/09/2014 às 14h21

Urnas são preparadas pela Justiça Eleitoral em Uberaba (Foto: Reprodução/TV Integração)
Urnas são preparadas pela Justiça Eleitoral
(Foto: Reprodução/TV Integração)

A Justiça Eleitoral da Bahia começou o procedimento de lacração das 5.250 urnas eletrônicas pertencentes às 20 Zonas Eleitorais, na manhã desta quarta-feira (24), em Salvador. A ação acontece no Centro de Apoio Técnico, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no bairro do Porto Seco Pirajá, entre os dias 24 e 30 de setembro.

O processo de inseminação significa a inserção dos dados de candidatos e eleitores. A lacração é a colocação de lacre para impedir a colocação de qualquer dispositivo móvel no equipamento.

Nesta quarta-feira, o procedimento será efetuado nas urnas eletrônicas das 1ª, 3ª, 8ª e 11ª Zonas Eleitorais, previsto na Resolução nº 23.399/2014, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dos dias 27 de setembro a 2 de outubro, será realizada a conferência visual das urnas, que consiste em ligar o equipamento para verificar se está funcionando corretamente.

Na ocasião, serão convidados representantes de partidos políticos, da Ordem dos Advogados e do Ministério Público Eleitoral, que podem optar por comparecer ou não. A presença do juiz eleitoral de cada Zona é obrigatória.

Interior
No interior da Bahia, em todas as 185 Zonas, a inseminação e lacração das urnas ocorrerão entre os dias 24 de setembro e 2 de outubro. Em Feira de Santana, que conta com 2.700 urnas para serem distribuídas entre quatro Zonas Eleitorais, o procedimento ocorrerá no Fórum Eleitoral do município. Já Vitoria da Conquista conta com 2.100 urnas para três Zonas e a ação acontecerá no Polo de Informática da Justiça Eleitoral na cidade.

Fonte: G1 Notícias

Compartilhar

Meio Ambiente planta árvores nativas na Praça da Prefeitura

Publicado em 24/09/2014 às 14h16

Meio-Ambiente-planta-rvores-nativas-na-Praa-da-Prefeitura

A Secretaria do Meio Ambiente de Irecê, em continuidade ao processo de arborização e melhoramento do paisagismo dos espaços públicos da cidade, vem substituindo algumas plantas de praças por espécies mais apropriadas para esses espaços. São árvores frondosas que proporcionam sombra e contribuem para um melhor aspecto visual das praças públicas. 

A última ação ocorreu na Praça da Prefeitura, onde oram plantadas  no local quatro novas mudas de árvores, das espécie Brasileirinho, árvore exótica bastante utilizada em arborização urbana das grandes cidades; e dois Ipês, árvore que se destaca pela sua beleza ornamental. 

O assessor técnico da Secretaria, Moisés Menezes, informa que ação percorrerá as principais praças da cidade. Ele disse que um levantamento está sendo realizado para identificar as praças onde plantas deverão ser substituídas. “Precisamos de árvores que tragam mais conforto aos frequentadores dos espaços públicos e que contribuem para uma melhor arborização da cidade”, disse, lembrando que a ação é acompanhada por uma bióloga da secretaria. 

Fonte: Prefeitura de Irecê

Compartilhar

Estudante simula assalto em casa e rouba R$ 100 mil de vizinho

Publicado em 24/09/2014 às 14h13

Um estudante foi indiciado por furto qualificado por simular um assalto em sua própria residência, em Feira de Santana. De acordo com a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), Tiago Ramos Oliveira, 18, arrombou o carro do vizinho, que estava estacionado na garagem de sua casa, para roubar o aparelho de som e algumas ferramentas. Ao mexer no step, ele encontrou cerca de R$ 100 mil escondidos no porta-mala do veículo. O caso aconteceu há cerca de uma semana, mas somente nesta segunda-feira (23) o suspeito foi detido.

De acordo com a DRFR, o vizinho de Tiago tinha vendido um terreno no valor de R$ 100 mil na noite em que pediu que o carro ficasse na garagem da casa do estudante. Por não ter como depositar o valor em uma agência bancária, ele escondeu a quantia no carro e, com medo de deixar o automóvel na rua, pediu a vaga emprestada. Para dar veracidade ao assalto, Tiago chegou a arrombar o carro do próprio pai, que também estava estacionado na residência.

Em uma semana, Tiago Ramos Oliveira gastou R$ 20 mil com troca de celular, ida a festas e conserto de carro

Em depoimento, os pais de Tiago chegaram a dizer que apesar das evidências de assalto, nenhum dos três cachorros da residência fez barulho durante a noite. Ao ouvir a namorada do estudante, os investigadores chegaram até o suspeito, que havia naquela semana trocado de celular, frequentado diversas festas na cidade, consertado o carro e comprado roupas novas.

"Dos R$ 100 mil, ele gastou R$ 20 mil em uma semana. Gastou mais de R$ 3 mil com um som de carro", disse o investigador Alex. Os R$ 80 mil restantes já foram devolvidos ao vizinho. O inquérito aberto pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos foi encerrado e agora o caso será encaminhado ao Ministério Público.

Fonte: iBahia

Compartilhar

Morro do Chapéu recebe Agência Móvel da Coelba

Publicado em 24/09/2014 às 14h09

 

Na próxima semana, de 15 a 18/09 (segunda a quinta-feira), a Agência Móvel da Coelba beneficiará moradores de Morro do Chapéu. A unidade, que leva diversos serviços da concessionária para mais perto dos consumidores, fará atendimento em quatro localidades do município. Atenção para a programação da Agência Móvel:

Dia 15/09 – No Povoado de Lagoa Nova, na praça do comércio, próximo à igreja.

Dia 16/09 – Na localidade de Icó, na praça do comércio, próximo à igreja.

Dia 17/09 – Em Duas Barras, na praça da igreja.

Dia 18/09 – No Povoado Flores, na praça do comércio, próximo à igreja.

Nos locais, o horário de atendimento é das 8h30 às 16h30.

Os clientes poderão realizar na Agência Móvel o cadastramento na Tarifa Social de Energia, benefício do Governo Federal que concede descontos de até 65% na conta de luz. Para isso, os interessados devem se apresentar munidos de CPF, identidade, última fatura de energia e Número de Identificação Social (NIS) ou cartão do Bolsa Família ou número do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Além do cadastramento na Tarifa Social, estarão disponíveis na unidade móvel serviços como pedidos de novas ligações, parcelamento de débitos, segunda via de conta de energia, religações, entre outros. As Agências Móveis integram o Programa Coelba ao Seu Lado e tem o objetivo de facilitar a vida dos consumidores, além de aproximar concessionária e comunidade.

Fonte: Morro Notícias

Compartilhar

Feira de Santana já registra 14 casos de chikungunya

Publicado em 24/09/2014 às 14h01

chikungunya

Mais nove casos da doença chikungunya foram confirmados em Feira de Santana nesta terça-feira (23) pelo Ministério da Saúde. Ao todo, já são 14 infectados na cidade baiana, que é responsável pela maioria dos casos do Brasil. Fora de Feira, foram registrados somente outros dois casos de doentes, na cidade Oiapoque (Amapá). Outros casos suspeitos estão sendo investigados.

Segundo o Ministério da Saúde, as pessoas infectadas não possuem registro de viagem internacional para países onde há transmissão. Outros 37 casos chamados de "importados" foram registrados este ano - nestes, as pessoas viajaram para países com a transmissão da doença e provavelmente contraíram a febre fora do Brasil.

Equipes do Ministério da Saúde já estão em Feira trabalhando em parceria com as secretarias estadual e municipal em ações de prevenção e vigilância da doença. Também faz parte deste trabalho a orientação de profissionais de saúde quanto ao manejo clínico da doença e a eliminação de criadouros nas residências. 

A doença
A febre chikungunya é causada por um vírus do gênero Alphavirus, transmitido por mosquistos Aedes, como o da dengue.

Seus sintomas - febre alta, dor muscular e nas articulações, cefaleia e exantema – costumam durar de três a 10 dias, e sua letalidade, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde, é rara e menos frequente que nos casos de dengue.

O tratamento é feito para combater os sintomas, com analgésico (paracetamol), hidratação e repouso. O vírus já foi identificado em 19 países, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Desde 2010, quando o Brasil registrou três casos contraídos no exterior da doença, o Ministério da Saúde passou a acompanhar e monitorar continuamente a situação do vírus causador da febre.

Fonte: Correio 24hs

Compartilhar

Bancário avisa que vai parar de novo

Publicado em 24/09/2014 às 13h59

Pelo visto, mais uma  vez, a população baiana sofrerá os efeitos da greve dos bancários. Após a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) apresentar proposta de 7,5% de reajuste salarial ao Sindicato dos Bancários da Bahia, a categoria resolveu entrar em Assembleia, convocar a todos para avaliação da proposta da Federação e deliberação da greve.

O encontro que acontecerá amanhã (25), às 18h, no Ginásio de Esportes dos Aflitos, pode deflagrar a greve, cujos bancos paralisarão suas atividades, a nível nacional, na próxima terça-feira, dia 30.

De acordo com o presidente do Sindicato da Bahia, Augusto Vasconcelos, A pauta de reivindicações dos bancários foi entregue no dia 11 de agosto.

Depois de um mês de negociações, temas como geração de emprego para desafogar as agências e acabar com as filas, saúde, segurança e igualdade de oportunidades - hoje as mulheres ganham 24% a menos do que os homens -, não tiveram respostas por parte da Fenaban:

“A Federação enviou uma proposta apenas com reajuste salarial de 7% e piso salarial de 7,5% na sexta-feira (19).  Além de o índice ser reduzido, os demais pontos da pauta ficaram sem resposta. Sem alternativa, bancários de todo o país vão cruzar os braços”.

Entre as principais reivindicações exigidas do Sindicato à Federação, está o reajuste salarial de 12,5% (aumento real de 5,4% mais inflação projetada em 6,76%, PLR de três salários mais R$ 6.247,00, piso de R$ 2.979,25 (salário mínimo do Dieese), vale-alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá somando um valor de R$ 724,00 (salário mínimo), 14º salário, fim das metas e do assédio moral, fim das demissões, ampliação das contratações, combate à terceirização e a precarização das condições de trabalho, adoção da Convenção 158 da OIT que proíbe dispensas imotivadas, PCCS, (Plano de Cargos e Salários) para todos os bancários, auxílio-educação (pagamento para graduação e pós), medidas de segurança, como dois vigilantes durante o expediente, porta-giratória com detector de metais desde a área de autoatendimento, fim da guarda das chaves de cofres e agências por bancários, adicional de risco de 30% e igualdade de oportunidades.

Na contraproposta a Fenaban ofereceu, no último dia 19 uma proposta de reajuste de 7,5% para o piso da categoria, e de 7% para os demais salários. Com isso, o piso de um caixa, por exemplo, chega a R$ 2.393,33 para jornada de 6 horas.

A Participação nos Lucros e Resultados (PLR) também teve seus valores corrigidos em 7%, aumentando ainda mais a remuneração dos bancários.

“Observamos neste processo um debate maduro e a proposta apresentada viabiliza uma negociação célere para o fechamento de um acordo. A proposta dos bancos está na mesa de negociações para ser debatida com o movimentosindical. Confiamos no diálogo, que tem sido presente nas negociações, para alcançar os entendimentos necessários ao fechamento do acordo e renovação da convenção coletiva de trabalho entre bancos e bancários”, afirmou o diretor de relações do trabalho da FENABAN, Magnus Ribas Apostólico.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Baianos estão entre indicados para ao Grammy Latino; veja lista

Publicado em 24/09/2014 às 13h56
Baianos estão entre indicados para o Grammy Latino; veja a lista
Foto: Divulgação
 
O 15º Grammy Awards Latino divulgou a lista completa dos indicados para a premiação. 
 
Caetano Veloso concorre em uma das categorias principais, Canção do Ano, com a música “A Bossa Nova É Foda”. Seu filho, Moreno Veloso, também aparece como indicado em uma categoria principal, como "produtor do ano", pelos trabalhos nos discos "Gilbertos Samba", de Gilberto Gil e "Multishow Ao Vivo Caetano Veloso Abraçaço", de seu pai. Ivete Sangalo também foi indicada, na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo brasileiro com “Multishow Ao Vivo – Ivete Sangalo 20 Anos”. Na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira concorrem os filhos de Dorival Caymmi, Nana, Dori e Danilo, com o álbum “Caymmi”.  Já em “Melhor Música Brasileira”, além da segunda indicação de Caetano Veloso com “A Bossa Nova É Foda”, também  foram indicadas “Alguma voz”, de Dori Caymmi & Paulo Cesar Pinheiro e “Carta De Amor”, composta por Maria Bethânia & Paulo César Pinheiro.
 
A lista completa de categorias e indicados foi divulgada no site oficial da premiação. O evento acontece dia 20 de novembro, em Las Vegas.
 
Compartilhar

Caminhada da Primavera movimenta Irecê no próximo dia 27

Publicado em 23/09/2014 às 13h07

Caminhada-da-Primavera-movimenta-Irec-no-prximo-dia-27

Com o objetivo de despertar na sociedade a conscientização sobre a importância da preservação da natureza e a valorização do Bioma Catinga, o comunicador Miqueias Nunes, diretor de um site de notícias que leva seu nome, realizará a 1ª Caminhada da Primavera, em parceria com empresas locais.

O evento ocorrerá no próximo sábado, dia 27. A concentração será no Terminal Rodoviário, de onde os participantes sairão em direção à Praça da Prefeitura, animados pelo cantor Murilo Lima em um trio elétrico.  No encerramento, haverá um desfile para escolha da Garota Miss Primavera 2014. A agitação musical ficará por conta do cantor Thiaguinho Brasil.

“Além de proporcionar momentos de descontração, o evento também tem um cunho social, pois vamos ajudar instituições beneficentes da cidade com mantimentos e produtos de limpeza que serão arrecadados”, explica Miqueias Nunes, deixando o convite: “Vamos curtir e celebrar o início da Primavera com muita música e alegria”.

A camisa personalizada do evento está sendo vendida no valor de R$ 15,00 e pode ser adquirida nos seguintes pontos de vendas: Utillar Center, Óticas Vitórias, A Realeza, Companhia do Sono, A Mobília, Hiper Lojão Irecê e no Shopping Fiesta.

Fonte: Irecê Reporter

Compartilhar

Hospital baiano é referência no país em colocação de marcapasso

Publicado em 23/09/2014 às 10h55

Hoje, 23 de setembro, é comemorado Dia do Portador de Marcapasso. A data foi escolhida em homenagem ao Dr. Décio Kormann, pioneiro da estimulação cardíaca no Brasil. Na Bahia, o Hospital referência na implantação do dispositivo é o Ana Nery, unidade pública que faz em média cerca de 70 cirurgias desse tipo por mês.  

De acordo com o médico cardiologista, Alexandro Fagundes, coordenador do Ambulatório de Arritmia e Marcapasso do Hospital Ana Nery, a unidade hospitalar atende uma média de 80 consultas por semana. Dessas 80, 6 a 8 são indicados para colocar o dispositivo.

“Implantamos uma média de 70 dispositivos por mês pelo Sistema Único de Saúde. Existe uma fila de espera, porém é uma fila rápida. Dura em média, no máximo uma semana para fazermos o procedimento cirúrgico. Vale ressaltar que quando é um caso de emergência, o processo é feito de imediato”. Ainda conforme o médico, é possível realizar 3 ou 4 implantes por dia, já que é um procedimento cirúrgico considerado rápido.

“É uma realidade bem mais fácil se compararmos a outras cirurgias, onde as filas podem demorar meses. Felizmente a implantação do Marcapasso é um procedimento rápido que dura uma hora, e por isso temos uma agilidade grande. O paciente fica 24 horas no hospital”, pontuou.

De acordo com o Registro Brasileiro de Marcapassos, Ressincronizadores Cardíacos e Desfibriladores (RBM), nos últimos 10 anos, foram feitos mais de 260 mil implantações em todo o país.

O procedimento para colocar aparelho, segundo Fagundes, ocorre a depender da necessidade de urgência da implantação. Em casos de emergência, onde o indivíduo está passando mal deve ser encaminhado a qualquer Pronto Atendimento do Estado, tais como o Hospital Ernesto Simões, Roberto Santos ou Hospital do Subúrbio. A cirurgia, no entanto, na rede pública, só é feita no Ana Nery e Hospital das Clínicas.

Três hospitais privados também têm cotas do SUS, é o caso do Santa Isabel, Hospital Português e São Rafael. “Nos casos de emergência a cirurgia é feita de imediato, assim que o paciente chega no Ana Nery. Em outros casos, quando o médico, mesmo da rede privada, detecta a necessidade de implantação do Marcapasso, o médico deve solicitar através da Central de Regulação do Estado, e a partir daí, após ser realizado todos os exames, a cirurgia é feita”, explicou.

“A análise deve ser feita com muito cuidado, pois um dispositivo mal indicado pode piorar ou levar ao óbito do paciente. Como tudo no SUS existe uma hierarquia de complexidade, os pacientes são encaminhados para o Ana Nery, pois temos toda uma estrutura para tal, e somos referência nesse procedimento”, completou. 

O marcapasso é um dispositivo projetado para tratar um ritmo cardíaco lento,  indicado quando o número de batimentos cardíacos está muito baixo. “O Marca Passo são vários aparelhos diferentes com funções distintas, conectados no coração através de fios”.

Existem quatro tipos: o Simples, de Dupla Câmara (especialcom três saídas diferentes para quem sofre de insuficiência cardíaca), Multicítio, e o desfibrilador, mais conhecido como CDI (cardioversor -desfibrilador implantável, que é um mais potente para quem sofre de arritmia maligna, doença que pode levar a morte súbita.

Conforme Fagundes, a maioria dos pacientes são idosos e após a implantação, o portador fica sendo atendido durante toda a vida, com consultas a cada seis meses.”Todos os pacientes são avaliados anteriormente para saber qual o tipo de aparelho adequado, e se é necessário implantar, porque alguns casos podem ser resolvidos com remédios ou ablação por cateter”, (procedimento, no qual o médico passa um fino tubo flexível (cateter) através dos vasos sanguíneos até o seu coração para eliminar rotas elétricas (sinais) anormais no tecido cardíaco, visando impedir que correntes elétricas não desejadas se desloquem das veias pulmonares).

Dispositivo custa em média R$ 6 mil

O custo de um procedimento cirúrgico como este para o Estado, através do Sistema Único de Saúde, gira em torno de 600 mil por mês, o equivalente a mais de 7 milhões e 200 mil anualmente.  Um Marcapasso simples custa em média 5 a 6 mil reais. O mais complexo, como é o caso do CDI, é mais caro, chegando a custar até 50 mil reais.

Conforme o coordenador do Ana Nery, o SUS faz em torno de 4 procedimentos com o aparelho mais complexo. “Não é por falta de aparelho, pois não temos limitação para colocar em quem precisa, mas é que não chega pacientes com as características clinicas para colocar esse dispositivo”, disse.  

Ele ressalta ainda, como a realização do procedimento aumenta a longevidade.  “O Marcapasso tem uma importância fundamental, como uma das ferramentas de alta complexidade da cardiologia, o que representa cerca de 20 ou 30% de pacientes com cardiopatia grave. O papel do SUS como provedor de tratamento de alta complexidade é fundamental na garantia, sobretudo, de uma expectativa de vida maior”, destacou.  

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Consumidor prevê inflação de 7,3% nos próximos 12 meses

Publicado em 23/09/2014 às 10h51

O consumidor brasileiro prevê uma inflação de 7,3% nos próximos 12 meses, segundo pesquisa Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores, feita em setembro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa é superior aos 7,2% apurados na pesquisa de agosto.

Para a FGV, embora a atividade  econômica tenha “arrefecido”, a opinião do consumidor tem sido influenciada pelo aumento do acumulado da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e pelos reajustes previstos para o próximo ano.

Apesar disso, na média móvel trimestral (resultadosacumulados nos últimos três meses), a expectativa de inflação para os próximos 12 meses caiu de 7,3% para 7,2%.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Ibama concede licença para o Porto Sul

Publicado em 23/09/2014 às 09h26

O governo do estado conseguiu avanços para a continuação do processo de instalação do Porto Sul. Com a Licença de Instalação (LI), a gestão agora dá início ao processo de construção do Porto Sul, empreendimento cujo investimento ao longo prazo é previsto em R$ 5,6 bilhões, localizado no município de Ilhéus, cidade distante 446 km de Salvador. A LI foi publicada pelo Ibama ontem e foi comemorada por diversos setores do governo.

Em associação à Ferrovia Oeste-Leste (Fiol), o Porto Sul formará um moderno complexo logístico. A previsão é que a construção completa dure até cinco anos, iniciando, em primeira fase, com o processo de desapropriação, reassentamento e instalação de canteiros em terra.

O coordenador executivo de Infraestrutura e Logística da Casa Civil estadual, Eracy Lafuente, explica que “a partir de agora ocorrerão os trabalhos de execução ambiental, fruto dos 38 programas básicos entregues ao Ibama”. “São etapas importantes de resgate de fauna e flora, antes da supressão de vegetação, que reforçam o rigor técnico para dar viabilidade ambiental, além de condução transparente do projeto do Porto Sul”, disse. Eraci ainda informou que as ações dos programas básicos terão um investimento de R$ 326 milhões.

O governador Jaques Wagner (PT) diz ver com naturalidade o anúncio da Licença de Implantação do Porto Sul. “Uma obra de tal magnitude enseja grandes análises e discussões que não podem ser concluídas do dia para a noite. O Porto Sul, juntamente com a ferrovia Oeste-Leste, é a materialização do pensamento estratégico que prepara a Bahia para as próximas décadas, e será construído sob as mais modernas diretrizes de sustentabilidade social e ambiental”, afirmou Wagner.

No programa também estão incluídos a melhoria na infraestrutura das comunidades no entorno, reorientação das atividades do turismo na região e capacitação de mão de obra, que será absorvida pelo empreendimento.  Na sua construção, o Porto Sul vai gerar 2 mil empregos diretos. 

O complexo do Porto Sul terá uma área 1.865 hectares, em Aritaguá, distante a 15 quilômetros de distância do atual Porto de Ilhéus. Segundo informações do governo do estado, a área será formada pelo Terminal de Utilização Privada (TUP) da Bahia e pelo TUP da Bahia Mineração (Bamin). A estimativa é operar 100 milhões de toneladas anuais até o 25º ano de funcionamento.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Planejamento reduz previsão de alta do PIB para 0,9%

Publicado em 23/09/2014 às 09h23
Planejamento reduz previsão de alta do PIB para 0,9%
Foto: Divulgação
 
Diante do fraco desempenho da atividade econômica no primeiro semestre, a equipe econômica reduziu para a metade a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014.
 
A estimativa caiu de 1,80% para 0,9%. Apesar do recuo, a nova estimativa ainda é considerada otimista. Os analistas do mercado financeiro projetam, segundo a última pesquisa semanal Focus do Banco Central, uma alta de apenas 0,3% para o PIB deste ano. 
 
A nova projeção de PIB do governo foi incluída no quarto relatório bimestral de reprogramação do Orçamento, divulgado nesta segunda-feira (22) pelo Ministério do Planejamento. A estimativa de PIB é usada como parâmetro para as projeções de receitas e despesas. A primeira previsão do governo era de que o PIB cresceria 2,50% este ano. 
 
No relatório, o governo manteve a projeção de IPCA para o ano em 6,2%. O mercado, na pesquisa Focus, projeta que o IPCA terminará o ano em 6,3%. No primeiro relatório de reprogramação orçamentária, divulgado em março, o governo previa o IPCA em 5,30%. A estimativa de IGP-DI em 2014 caiu de 7,25% para 4,60%.
 
Compartilhar

Saneamento básico na Bahia seria resolvido com R$ 18 bilhões

Publicado em 23/09/2014 às 09h17

A vista da janela da residência da dona de casa Vera Lúcia Santana, 59 anos, moradora da cidade de Jequié, a 365 quilômetros de Salvador, era - até o início deste ano - composta por árvores, alguns animais e pela rede de esgoto que escorria pela estrada na frente da casa. 

A rua dela passou por uma transformação e a rede de coleta de esgoto foi instalada, retirando Vera de uma estatística difícil de ser resolvida na Bahia e no Brasil: apenas quatro de cada grupo de dez baianos possuem acesso à rede de esgotamento.

“Dois dos meus três filhos já ficaram doentes de tanto pisar no esgoto. Aqui também enchia de mosquito e ratos. O lixo ficava na porta de casa e demorava muito para o caminhão levar para longe. Juntava lixo com esgoto e virava uma dor de cabeça, diarreia e tudo quanto é doença”, conta.

Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado com base nos dados de 2010, indica que 60% dos moradores das cidades baianas não têm seus dejetos lançados - e tratados - em uma rede de esgoto (ver tabela abaixo). 

Para resolver o problema, a solução passa por muitas cifras. Segundo o estudo Benefícios Econômicos do Saneamento Brasileiro, apresentado pelo Instituto Trata Brasil e o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), com base em pesquisa realizada pela Consultoria Econômica Ex Ante, seriam necessários R$ 18 bilhões para universalizar o sistema de saneamento básico na Bahia.

“ Viabilizar esses montantes de dinheiro seria até fácil. O problema - e maior desafio - é fazer com que esses valores cheguem ao destino final. Em alguns casos até há dinheiro para universalizar a rede de água e esgoto. Mas, até ele virar uma obra, vai se perdendo no meio do caminho. Cerca de 5% a 10% apenas chega ao destino final ”, informa Fernando Malta, assessor de relações institucionais do CEBDS.

O presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), Abelardo de Oliveira Filho, rebate esses números. Segundo ele, no estado da Bahia, nos últimos sete anos, 2,5 milhões de pessoas foram beneficiadas com novas ligações de esgoto instaladas.

Desde 2007, como principal executora do Programa Água para Todos (PAT), do governo do estado, a Embasa assegurou recursos para investimentos da ordem de R$ 7,1 bilhões, podendo chegar, em 2014, a R$ 8,7 bilhões.

“Com isso, hoje, o número de baianos atendidos com coleta, tratamento e disposição final de esgoto já chega a 4,5 milhões”, pontua. A Embasa, atualmente, tem abrangência em 364 dos 417 municípios baianos. O restante tem a gestão de águas e esgoto sob a responsabilidade das prefeituras. Abelardo indica que há dificuldade em instalação e ampliação da rede em algumas cidades.

“Para universalizar o esgoto é necessário também cuidar de outros aspectos como mobilidade urbana, limpeza pública, coleta, drenagem, dentre outros fatores. Há cidades também que, além desses fatores, existe uma dificuldade na instalação das redes de esgoto em função do tipo de solo”, argumenta Oliveira.

Em Salvador, a Embasa está investindo R$ 1,2 bilhão, sendo R$ 354 milhões em abastecimento de água e R$ 857,6 em esgotamento sanitário. De janeiro de 2007 a maio de 2014, a empresa implantou cerca de 200 mil ligações intradomiciliares de esgoto, mantendo uma média de 2.300 ligações executadas por mês.

Internações

A falta de rede de esgoto universalizada tem reflexos nos mais variados setores da sociedade. O assessor de relações institucionais do CEBDS indica que a falta de investimentos tem impactos diretos na economia e na saúde pública.

De acordo com levantamento da entidade, as internações por doenças infecciosas crescem na medida que a rede de esgotamento falha, inclusive, provocando óbitos e danos aos cofres públicos.

Em 2013, segundo dados do Datasus, o custo nacional com internações provocadas por infecções gastrointestinais chegou a R$ 121 milhões. O Nordeste respondeu, em 2013, por 52.1% dessas despesas e a região Norte por 16.3%

Com a universalização da rede de esgoto, segundo estimativa do CBEDS, das 45 mil internações ocorridas na Bahia, no ano passado, 8 mil poderiam ter sido evitadas - o que significaria uma economia de R$ 2,9 milhões. Em todo o país, a economia seria de R$ 27 milhões.

O coordenador estadual de emergência em saúde pública da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Juarez Dias, ressalta que o número de atendimentos é diretamente proporcional à falta de rede de esgotamento sanitário com tratamento adequado.

Os efeitos da falta de saneamento básico são integrados. “São cinco elementos que estão diretamente ligados ao esgotamento sanitário que têm efeitos diretos na necessidade de assistência à saúde da população: falta de água de qualidade e abundante; drenagem do esgotamento existente; controle de detritos; coleta de lixo e drenagem pluvial”.

O coordenador estadual de emergência em saúde pública da Sesab ressalta que esses cinco fatores, geralmente, se concentram em áreas de difícil acesso ou mais carentes das médias e grandes cidades. “Mas os danos podem acontecer em qualquer cidade de qualquer tamanho”.

Problemas

Representante do CEBDS ressalta que os dados da falta de investimento em saneamento vão além da saúde pública. “Há impacto no turismo, na produtividade, na competitividade, dentre outros fatores do desenvolvimento humano e econômico. No caso de turismo, nenhum visitante vai recomendar, por exemplo, uma cidade que passeou e que tinha problemas de saneamento básico. Um problema desse nível impacta do dono do hotel ao pequeno comerciante”, destaca.

Presidente Executivo do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos indica que o Brasil precisa aumentar os investimentos. “O governo federal, por meio do Ministério das Cidades, estimou no Plano Nacional de Saneamento Básico - R$ 313 bilhões em investimentos para que o saneamento (água e esgotos) esteja universalizado em 2033; baseado neste dado, é acordado que o Brasil necessita investir o dobro do que investe hoje, que é R$ 9 bilhões por ano”.

Fonte: Correio 24hs

Compartilhar

Grupo invade agência bancária na BA e quebra cofre

Publicado em 18/09/2014 às 11h05

Ação de criminosos durou cerca de 1h no Banco do Brasil de Jeremoabo. 
Crime ocorreu na madrugada desta quarta-feira (17), a 370 km de Salvador.

Banco em Jeremoabo (Foto: Site Chicosabetudo.com.br)

Banco em Jeremoabo foi alvo de criminosos
(Foto: Site Chicosabetudo.com.br)

 

Cerca de cinco homens arrombaram uma janela e danificaram duas grades de uma agência do Banco do Brasil em tentativa frustada de quebrar os cofres da unidade na madrugada desta quarta-feira (17), na cidade de Jeremoabo, a cerca de 370 km deSalvador.

De acordo com informações da polícia, os criminosos usaram um maçarico para arrombar um cofre antigo, mas não conseguiram levar nenhuma quantia. A ocorrência foi registrada por volta das 3h15 desta madrugada.

Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos chegaram à cidade em uma caminhonete e seguiram direto para a agência. Durante a ação, que durou cerca de uma hora, o alarme foi acionado. As policias Civil e Militar foram para o local mas os suspeitos já tinham fugido. Até por volta das 10h desta quarta-feira, ninguém tinha sido preso.

Fonte: G1 Bahia

Compartilhar

Anatel aponta OI como líder na RMS, com 2,26 milhões de cliente

Publicado em 18/09/2014 às 10h57

A empresa também é considerada a que mais cresceu no mês de julho, segundo último relatório da Anatel

A operadora de telefonia móvel Oi assumiu a liderança do mercado na região metropolitana de Salvador (RMS) ao chegar ser responsável pelos 2,26 milhões de clientes, dos 4,2 milhões do estado. No território com DDD 75 (Feira de Santana e adjacências), o crescimento é observado mensalmente, desde outubro do ano passado.

Os dados foram reunidos no último relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), disponível no site da agência.

O último relatório apontou que empresa de telefonia é considerada aquela mais cresceu no mês de julho, com saldo positivo de 31.934 adições líquidas (diferença entre clientes que entraram e os que saíram).

A porcentagem de market share (participação de mercado) na Bahia cresceu 0,62% de novembro de 2013 até julho deste ano. Manoel Campos, diretor de Vendas Varejo da Oi, atribui o bom resultado à consolidação das novas ofertas, como a do pré-pago a R$ 0,10 por dia. A melhoria na produtividades das lojas e as vendas de produtos com a tecnologia 4G também explicariam o crescimento.

Fonte: iBahia

Compartilhar

Brasil tem 22 universidades entre as melhores do mundo

Publicado em 18/09/2014 às 10h48

A Universidade  de São Paulo ficou na 132ª posição no QS World University Ranking 2014, divulgado ontem (15). O resultado representa queda de cinco posições em relação ao ano passado, quando a instituição havia ficado na 127ª posição. Ao todo, 22 universidades brasileiras estão entre as 800 melhores do mundo: 14 são federais, cinco estaduais e três particulares.

Entre as 10 melhores do ranking, seis são americanas e quatro britânicas. O Instituto Tecnológico de Massachussets (MIT), que fica nos Estados Unidos, ocupa a primeira posição, seguido da Universidade de Cambridge e da Imperial College, ambas situadas na Inglaterra.

Quando comparada apenas a instituições da América Latina, a USP ocupa a segunda posição do ranking, com 98,2 pontos, atrás apenas da Universidade Católica do Chile. Outras cinco universidades brasileiras figuram entre as 10 mais bem posicionadas entre as latino-americanas: a Universidade Estadual de Campinas (3ª), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (4ª), a Universidade Estadual Paulista – Unesp (9ª), e a Universidade Federal de Minas Gerais (10ª).

No ranking das 200 melhores instituições localizadas nos países do bloco Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), apenas duas brasileiras estão entre as dez primeiras: a Universidade Federal de São Paulo (7º), e a Universidade Estadual de Campinas (9º). A primeira entre os Brics é a Universidade de Tsinghua, na China.

O QS World University Ranking tem reconhecimento mundial e é realizado anualmente desde 2004. A metodologia de pesquisa considera a reputação da universidade na visão dos estudantes e dos empregados; a estrutura da instituição, incluindo a média de estudantes por professor; as citações em trabalhos de pesquisa e a presença de alunos e colaboradores internacionais.

Confira a lista das instituições brasileiras no ranking QS 2014:

Universidade de São Paulo (USP) – 132 lugar
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – 206 lugar
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – 271 lugar
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - 421-430*
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - 451-460
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) - 471-480
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) - 501-550
Pontificia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) – 551-600
Universidade de Brasília (UnB) – 551-600
Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) - 551-600
Universidade Federal da Bahia (Ufba) – 601 - 650
Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) – 651-700
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – 651-700
Universidade Federal do Paraná (UFPR) – 651-700
Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) – 701-800
Universidade Estadual de Londrina (UEL) – 701-800
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – 701-800
Universidade Federal de Viçosa (UFV) – 701-800
Universidade Federal do Ceará (UFC) – 701-800
Universidade Federal do Pernambuco (UFPE) – 701-800
Universidade Federal Fluminense (UFF) – 701-800

Fonte: Tribuna da Bahia

 

 
Compartilhar

Ação liminar suspende blitz do IPVA em todo o estado da Bahia

Publicado em 18/09/2014 às 10h46

Bahia tem 230 mil carros com o IPVA atrasado e agora a "blitz" está proibida

As intituladas Blitz do IPVA realizadas pelos órgãos de regulamentação de trânsito da Bahia, e suspensas pela juíza de Direito Maria Verônica Moreira Ramiro, da 11ª Vara da Fazenda Pública, em liminar movida pela Ordem dos Advogados da Bahia  (OAB), continuam. Pelo menos é o que informa o assessor técnico do Detran, major Genésio Luide. “Ainda não recebemos nenhum tipo de notificação a respeito da liminar, por isso, as blitzes que estão agendadas para atuar na cidade, continuam,” afirma.

Segundo Luide, as ações que atuam em conjunto com a Transalvador, são legais. “A blitz que foi intitulada como do IPVA , faz fiscalização do trânsito e dentro disso, ela verifica se o veículo está com o  CRLV em dias, que é o documento que informa se o seguro DPVAT, licenciamento e o  IPVA do automóvel estão regulares. A falta desse documento pelo artigo 269 do código de trânsito é motivo de apreensão do porte do veiculo, “ explica o major.

Ainda segundo o assessor técnico do Detran, os fotossensores instalados recentemente na cidade, seguem o mesmo padrão. “Os radares vão auxiliar na busca desses veículos que estão irregulares, mas não somente nisso, da mesma forma que funcionam as blitzes. Elas são feitas para verificar muito mais do que um documento vencido, vamos em busca de drogas, de assaltos, sequestros. Claro que ao parar um veículo e notar que ele não está licenciado o policial tem que fazer a apreensão do mesmo, caso o contrário, seria omissão,” pontua Luide.

Na Bahia, existem hoje 230 mil veículos em inadimplência. Para o assessor técnico do Detran, após a proibição, esse número deve subir consideravelmente. “Isso vai trazer um prejuízo incontável para o governo. Além disso, proibir os órgãos fiscalizadores de fazerem seu trabalho é prejudicar a segurança pública da cidade. Em nenhum momento nenhum veículo foi preso pela falta do pagamento do IPVA, eles são apreendidos por não estarem licenciados para trafegarem pelas vias da cidade,” garante Genésio Luide.

Para a conselheira seccional de Direito Tributario da OAB, uma das responsáveis pela liminar, Daniela Borges, a cobrança fere um direito constitucional do cidadão. “O estado não pode usar da sua força policial como forma de obrigar o contribuinte a fazer o pagamento do tributo, ele deve seguir o processo legal,”  garante borges.

De acordo com a liminar conseguida pela OAB, a partir de agora a cobrança do imposto deve utilizar os meios previstos na legislação, abstendo-se de apreender os automóveis dos contribuintes baianos em razão do não pagamento do IPVA, sob pena de multa de R$ 50 mil por operação de blitz.

Fonte: Tribuna da Bahia

 

 
Compartilhar

Dilma Rousseff é próxima candidata a confirmar vinda a Salvador

Publicado em 18/09/2014 às 10h41
Dilma Rousseff é próxima candidata a confirmar vinda para Salvador
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
 
A candidata Dilma Rousseff (PT) virá novamente a Salvador na próxima semana. A previsão é que o destino da presidenciável na Bahia seja a capital baiana ou Feira de Santana, centro-norte baiano.
 
Além da petista, Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB) estão marcados para fazer palanque no estado. O tucano, por exemplo, fará comício nesta quinta-feira (18) em Ilhéus e Itabuna, municípios do sul baiano. Já Marina virá neste sábado (20) a Salvador. As informações são da coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde.
 
Compartilhar

Sou o único capaz de controlar a inflação no Brasil, diz Aécio

Publicado em 18/09/2014 às 10h39
'Sou o único capaz de controlar a inflação no Brasil', diz Aécio
Foto: Divulgação
 
O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, disse durante entrevista ao Jornal da Record nesta quarta-feira (17) que será "o único capaz de controlar a inflação no Brasil".  “Se o Brasil avançou é porque tivemos estabilidade. Temos a mais qualificada equipe para gerar. A atual presidente não teve a capacidade necessária para combater a inflação”, afirmou o tucano ao relembrar que a estabilidade que o Plano Real trouxe ao País durante o governo de FHC.
 
Segundo o candidato, o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, será seu ministro da Fazenda. Além disso, o presidenciável afirmou ser contra a homofobia, dizendo que “qualquer tipo de discriminação deve ser crime”. Aécio disse defender o que foi decidido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em relação ao casamento gay: “Defendo a união civil de pessoas do mesmo sexo”, declarou. 
 
Compartilhar

Arimo fwB normalcase tsN|bsd left uppercase b03s|Arimo left show fwR bsd b03s normalcase|||image-wrap|login news bsd fwB b01 c05 sbse|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login fwR||b01 c05 bsd|content-inner||