Notícias

Ivete vai se apresentar no show de encerramento da Copa

Publicado em 04/07/2014 às 10h24

Cantora publicou mensagem de agradecimento em rede social.
Shakira, Carlinhos Brown e Alexandre Pires também se apresentam.

Ivete comenta convite para se apresentar em encerramento da Copa (Foto: Reprodução / Facebook)
Ivete comenta convite para se apresentar em encerramento da Copa (Foto: Reprodução / Facebook)

 

A cantora Ivete Sangalo, publicou nesta quinta-feira (3), em sua página no Facebook, uma foto seguida de uma mensagem de agradecimento à Fifa pelo convite para se apresentar na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo 2014, que será realizada no dia 13 de julho no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. A Fifa confirmou as atrações da festa na última quarta-feira (2), através de sua conta no instagram.

Ivete diz estar honrada com o convite e por representar o seu país em um momento tão especial. A cantora será uma das atrações principais do dia, junto com a colombiana Shakira e o baiano Carlinhos Brown, que se juntam à Ivete para a grande festa do mundial. Também se apresnetam na ocasião Alexandre Pires, Wyclef Jean, Santana e a escola de samba Grande Rio.

O espetáculo será realizado às 15h20, antes da partida final. No repertório de Ivete estarão canções nacionais famosas. Também é esperado um dueto da cantora com Alexandre Pires.

Nas redes sociais, fãs e admiradores da cantora comemoraram a notícia e demonstraram seu afeto com mensagens de apoio, afirmando que o Mundial terá um encerramento à altura.

Essa será a segunda vez que a cantora se apresenta para a Fifa. Ivete foi uma das atrações da festa de encerramento da Copa das Confederações, realizada também no Maracanã, em 2013.

Fifa Instagram;bahia (Foto: Reprodução/Instagram)
Postagem da Fifa confirma show de Ivete no encerramento da Copa (Foto: Reprodução/Instagram)

 

Fonte: G1 Bahia

Compartilhar

'LISTA SUJA' do trabalho escravo no Brasil é atualizada

Publicado em 04/07/2014 às 10h15

Doze empresas baianas estão na lista; a maioria atua na área rural do interior do estado

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) atualizou nesta terça-feira (1), o cadastro de empregadores flagrados explorando mão de obra análoga à escrava no país.

No cadastro, foram incluídos 91 nomes de empregadores flagrados mantendo trabalhadores em condições análogas às de escravo. Além disso, 48 empregadores foram excluídos do cadastro conhecido como “Lista Suja”, em cumprimento a requisitos administrativos.

Doze empresas baianas estão na lista, a maioria delas atua na área rural do interior do estado. O Pará apresenta o maior número de empregadores inscritos na lista, totalizando cerca de 27%, seguido por Minas Gerais com 11%, Mato Grosso com 9% e Goiás com 8%. A pecuária constitui a atividade econômica desenvolvida pela maioria dos empregadores (40%), seguida da produção florestal (25%), agricultura (16%) e indústria da construção (7%).

Com a atualização, o documento passa a conter 609 infratores, entre pessoas físicas e jurídicas com atuação no meio rural e urbano.  

As exclusões derivam do monitoramento, direto ou indireto, pelo período de dois anos da data da inclusão do nome do infrator no Cadastro, a fim de verificar a não reincidência na prática do “trabalho escravo”, bem como do pagamento das multas decorrentes dos autos de infração lavrados na ação fiscal. A lista passa por atualizações maiores a cada seis meses.
 
O MTE não emite qualquer tipo de certidão relativa ao Cadastro, a verificação do nome do empregador na lista se dá por intermédio da simples consulta à lista, que elenca os nomes em ordem alfabética.

Fonte: iBahia

Compartilhar

Especialistas avaliam os impactos da Copa sobre a economia

Publicado em 04/07/2014 às 10h09
Foto: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
Fred, atacante da Seleção Brasileira de Futebol
Fred, atacante da Seleção Brasileira de Futebol

A Copa do Mundo está em sua metade e, apesar das polêmicas que envolveram sua realização no Brasil, observa-se que alguns aspectos continuam não sendo tão claros.

A análise é do professor da FGV Pedro Trengrouse, coordenador do curso promovido pela Fundação e pela FIFA em Gestão, Marketing e Direito no Esporte . “Alguns ufanistas acreditam que a Copa irá transformar o país para melhor, enquanto outros a tratam como a principal fonte dos problemas que o Brasil possui há décadas. Existem extremismos de ambos os lados”, afirma.

Trengrouse explica que para se falar dos impactos do mundial de futebol, é necessário compreender que a matrizde investimento do país não cumpriu as expectativas. “Digo isso porque todos os estudos levaram em conta a matriz de investimento apresentada em 2010 pelo governo”, justifica.

Entretanto, para o professor, até o momento presente diversas obras de infraestrutura e mobilidade urbana saíram e entraram na matriz, com orçamentos que variam muito. “Sendo assim, essa matriz não se concretizou como estava prevista e, consequentemente, a estimativa dos impactos que foram feitas acabam não sendo confiáveis”, ressalta.

Sobre o legado que o mundial deixará, Trengrouse diz que só se pode considerar como herança aquilo que a Copa realmente trouxer e não o que já tínhamos. Segundo ele, a exposição do país perante o mundo e o aumento nas reservas aéreas internacionais no período dos jogos — que aumentou 60% se comparado ao mesmo período do ano passado — pode ser considerado um efeito direto da Copa.

O outro lado da moeda fica por conta do comércio. De acordo com Clube de Dirigentes Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-RJ), haverá um prejuízo de cerca de R$ 2 bilhões. “Tanto por conta dos feriados como pelo perfil do turista que vem às cidades para ver os jogos. Esse turista faz o perfil mochileiro, não consome tanto quanto o turista que vem em outras épocas do ano”, conclui.

Preços

Para o economista do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE) André Braz, o efeito que a Copa do Mundo terá sobre os preços é relevante agora, mas tem prazo de validade.

Segundo ele, da mesma forma que os preços avançaram com o início do evento, tendem a recuar após o seu final. “A demanda por serviços irá cair com o retorno dos torcedores para suas regiões ou países de origem. Não há como a Copa depositar efeito relevante e permanente na inflação”.

Braz ainda aponta que, em comparação com o mesmo período de 2013, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve aumento de 0,29% na primeira semana de junho, 0,33% na segunda e manteve o mesmo resultado na terceira.

A alimentação fora de casa foi um dos itens que tiveram maior aumento: 0,48% na primeira semana, 0,63% na segunda e 1,20% na terceira. Hotéis ficaram com 3,39% na primeira semana, 6,06% na segunda e apresentaram queda na terceira com 5,59%.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Conheça o samba de roda baiano

Publicado em 04/07/2014 às 10h06

O samba de roda do recôncavo baiano foi registrado como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2004 e proclamado Obra-Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela Unesco em 2005.

É uma expressão musical, coreográfica, poética e festiva das mais importantes e significativas da cultura brasileira. Seus primeiros registros, já com esse nome e com muitas das características que ainda hoje o identificam, datam dos anos 1860. 

O Samba de Roda pode ser realizado em associação com o calendário festivo – caso das festas da Boa Morte, em Cachoeira, em agosto, de São Cosme e Damião, em setembro, e de sambas ao final de rituais para caboclos em terreiros de candomblé. Mas ele pode também ser realizado em qualquer momento, como uma diversão coletiva, pelo prazer de sambar.

Historiadores da música popular consideram o Samba de Roda baiano como uma das fontes do samba carioca que, como se sabe, veio a tornar-se, no decorrer do século XX, um símbolo indiscutível de brasilidade.

A narrativa de origem do samba carioca remete à migração de negros baianos para o Rio de Janeiro ao final do século XIX, que teriam buscado reproduzir, nos bairros situados entre o canal do Mangue e o cais do porto, seu ambiente cultural de origem, onde a religião, a culinária, as festas e o samba eram partes destacadas.

Parece indiscutível que as famosas tias baianas – como tia Amélia, tia Perciliana e sobretudo tia Ciata – e seus filhos – como Donga e João da Baiana – tiveram papel de relevo na fase pioneira do samba no Rio de Janeiro, sobretudo até meados dos anos 1920.

Depois disso, o Samba de Roda baiano continuou sendo uma das referências do samba nacional, presente nas obras de baianos nacionais como Dorival Caymmi, João Gilberto e Caetano Veloso, assim como na ala das baianas das escolas de samba e nas letras de inúmeros compositores de todo o País.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Dos 9,5 milhões inscritos no Enem, 707 mil estão na Bahia

Publicado em 04/07/2014 às 10h03

A 17ª edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a ser realizada nos dias 8 e 9 de novembro deste ano, teve o número recorde de mais de 9,5 milhões de inscritos em todo o Brasil, segundo o Ministério da Educação (MEC). Somente na Bahia, estão 707 mil candidatos. 

O estudante precisa responder a um total de 180 questões, além da redação, e são cobradas habilidades em História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Química, Física, Biologia, Língua Portuguesa, Literatura, Artes, Língua Estrangeira, Educação Física, Tecnologias da Informação e Comunicação e Matemática.

CLIQUE AQUI E CONFIRA NOTÍCIAS E SIMULADOS NO ESPECIAL ENEM 2014

Este ano, as provas serão aplicadas em 1.661 municípios brasileiros, sendo 162 deles na Bahia. Hoje, 115 instituições públicas de ensino adotam a nota do Enem como critério de seleção para ingresso no ensino superior. Mais de mil instituições privadas também utilizam a nota do Enem para distribuições de bolsas de estudos integral e parcial, no primeiro e no segundo semestres de cada ano.

Fonte: Correio

Compartilhar

Brasil tenta controlar nervos para encarar a Colômbia

Publicado em 04/07/2014 às 09h57
Brasil tenta controlar nervos para encarar a Colômbia
Foto: Reprodução
 
Em busca de uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo, a seleção brasileira tentará superar dois adversários nesta sexta-feira (4), às 17h, no Castelão, em Fortaleza.
 
A equipe dirigida por Luiz Felipe Scolari terá que vencer a talentosa seleção da Colômbia e a sua própria tensão, controlando os nervos para manter vivo o sonho de conquistar o hexacampeonato mundial. Afinal, mais do que as duas defesas do goleiro Julio Cesar na disputa de pênaltis contra o Chile, que assegurou a passagem da seleção para as quartas de final, o que mais repercutiu nos últimos dias foi mesmo o abalo emocional exibido por jogadores, e até por membros da CBF, na primeira decisão do Brasil na Copa. Lágrimas escorreram pelos rostos de vários jogadores antes mesmo da definição do confronto, incluindo o zagueiro e capitão Thiago Silva, colocando em dúvida se esse grupo da seleção tem condições de suportar a pressão de conduzir o Brasil a mais um título mundial, dessa vez atuando em casa.
 
E isso estará em jogo no Castelão nesta sexta-feira. Os jogadores, porém, tentam minimizar o que foi visto como um descontrole no Mineirão. "Foi a emoção pela partida. Jogar 90 minutos, depois prorrogação e pênaltis, com muito calor e mais de 200 milhões de brasileiros na torcida. O time está preparado para lidar com essa questão emocional dentro e fora do campo", disse o volante Ramires.
 
Compartilhar

Papel-moeda perde 78% de seu valor nos 20 anos de Plano Real

Publicado em 01/07/2014 às 10h21

Uma nota de R$ 100 lançada em 1994, se descontada a inflação, estaria com um valor de R$ 22 atualmente

Papel-moeda perde 78% de seu valor nos 20 anos de Plano Real (© Estadão Conteúdo)

Em 20 anos do Plano Real, o papel-moeda no Brasil perdeu 4/5 de seu valor. Segundo um estudo do Instituto Assaf, o valor da moeda caiu 78% no período. Assim, uma nota de R$ 100 lançada em 1994, se descontada a inflação, estaria com um valor de R$ 22 atualmente. Uma nota de R$ 50, valeria apenas R$ 11; a de R$ 20, R$ 4,40; a de R$ 10, só R$ 2,20; a nota de R$ 2, valeria 0,44 centavos; e a de R$ 1, apenas 22 centavos. Neste dia 1º de julho, o plano completa seu 20º aniversário.

No período do estudo, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulou alta de 354,74% (até março de 2014), corroendo parte do valor do papel-moeda. Habitação foi o grupo que mais puxou a inflação, tendo subido 655%.

A moeda perdeu valor neste tempo, mas em teoria. Na prática, quem ainda possui uma nota de R$ 1 na carteira - artigo raro de ser encontrado - consegue vendê-la por uma quantia até 100 vezes maior, por ser considerada um item de colecionador.

Coleções, aliás, é o que não faltaram nesses 20 anos de plano. No total, o Banco Central lançou 42 moedas comemorativas. Este foi o caso do Pentacampeonato da Seleção brasileira na Copa do Mundo. Na ocasião, foi lançada uma moeda com valor de R$ 5, com 2.500 tiragens.

Neste ano, foram lançadas algumas moedas para a Copa do Mundo no Brasil. A que tem o Fuleco estampado, mascote oficial do evento, tem valor de R$ 5 e tiragem de 12 mil unidades. O preço de cada moeda é de R$ 190. Entre as notas, houve um lançamento comemorativo: a cédula de R$ 10 que celebrava os 500 anos do descobrimento do Brasil.

Em 20 anos, foram duas famílias de real, sendo que as duas ainda são válidas no mercado. A primeira foi lançada em 1994 e passou a ser substituída por uma segunda família a partir de 2010.

Produção. Atualmente, o meio circulante soma R$ 174,3 bilhões, sendo que a nota em maior quantidade no mercado é a de R$ 50, da 2ª família. No total, são 1,3 bilhão de notas de R$ 50 em circulação. A nota de R$ 1, atualmente não mais produzida, ainda tem 150 milhões unidades no mercado.

Fonte: Estadão

 

Compartilhar

Bahia é lider em empréstimos consignados

Publicado em 01/07/2014 às 10h10
Foto: Reginaldo Ipê / Tribuna da Bahia
 
Entre aposentados e pensionistas, principais tomadores de empréstimo estão na faixa etária de 60 a 69 anos

O crédito fácil e a necessidade de dinheiro rápido podem ser dois vilões disfarçados de solução para aposentados e pensionistas. De acordo com dados do Ministério da Previdência Social, a Bahia foi o estado do nordeste que mais realizou empréstimos consignados para beneficiários do INSS em março deste ano, com 67.074 operações que movimentaram um montante de R$ 202,2 milhões. Dos 1.740.935 beneficiários permanentes ativos na Bahia em junho, quase metade mantinha pagamento de empréstimo consignado.

Entre aposentados e pensionistas, os principais tomadores de empréstimo no Brasil estão na faixa etária de 60 a 69 anos.

Oferecido sem consulta ao SPC e Serasa, o empréstimo consignado não deve ser recorrido em qualquer necessidade financeira, apenas nas situações mais emergenciais, conforme alertam economistas. No Brasil, embora o número de contratações do serviço seja alto, chegando a mais de um milhão por mês em comparação com o mesmo período de 2013, a demanda diminuiu.

Nas ruas da capital baiana, financeiras oferecem o crédito até 10 vezes o valor da renda do beneficiário, prometendo juros baixíssimos, mas, na ponta do lápis, o valor da dívida muitas vezes dobra a depender da taxa de juros praticada pela instituição bancária. Embora ao mês as taxas praticadas pareçam insignificantes, quando somadas, representam muito no bolso do consumidor.

Este foi o caso da cobradora aposentada Marivalva Ferreira Santos que solicitou R$ 500 para a reforma de casa e já está no final das seis prestações de R$ 153, cobradas pelafinanceira. “Consegui a mão de obra de graça, então não podia perder a oportunidade de comprar logo o material”, conta. Mesmo pagando R$ 418 de juros, quase o mesmo valor tomado no empréstimo, ele diz que valeu a pena. “Se eu não tomasse emprestado teria que fazer o serviço depois, pagando inclusive a mão de obra. Ia sair muito mais caro”, explicou.

 O problema, segundo os especialistas é que, para quem ganha pouco, comprometer 30% (o máximo permitido por mês da parcela) do salário todos os meses para a quitação de dívida de empréstimos, ao invés de ajudar, pode complicar ainda mais as contas. “Para quem ganha um salário mínimo, retirar todos os meses R$ 217,20 para a quitação de uma dívida que poderia ser evitada é muito”, afirma o economista Antônio Britto.

 Ele afirma que o empréstimo consignado é um ótimo negócio para os bancos que oferecem o serviço, por se tratar de negócio de baixo risco. Já para o contratante, ele alerta que os bancos federais, geralmente, oferecem as menores taxas do mercado. 

“Apesar da prática ser comum e bem diversa no mercado, os beneficiários que pensam em tomar empréstimos consignados devem consultar a tabela de juros praticada no mercado e que está disponível no site da previdência social”, orienta o chefe do Serviço de Reconhecimento de direitos do INSS/ Salvador, Gabriel Cerqueira. Ainda segundo ele, caso o beneficiário constate algum cobrança indevida, deve entrar em contato com a ouvidoria do órgão através do número 135 para relatar o caso.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Turistas estrangeiros ficam impressionados com cultura da Bahia

Publicado em 01/07/2014 às 10h08

Para os soteropolitanos – e também para quem reside na cidade há muito tempo  – as várias celebrações que ocorrem por estas bandas já não são uma novidade, e fazem parte do calendário baiano, provocando a empolgação pelos batuques, e ritmos diversos, mas não se tem o fator surpresa, como parte da alegria. Mesmo assim, é justamente a arte de festejar, que mais fará falta para os estrangeiros que estiveram na primeira capital do Brasil, durante este Mundial.

Tribuna da Bahia ouviu alguns turistas que estão desembarcando no estado, e todos confirmam: as festas no Pelourinho, ao som do Olodum, será o primeiro pensamento dos gringos, quando estiverem relembrando a parada que fizeram em Salvador durante a Copa do Mundo de 2014. 

“É incrível como todos tem a capacidade de estar semprefestejando, e cada um do seu jeito. Você pode ir a diferentes lugares, na mesma cidade, e várias celebrações estão ocorrendo ao mesmo tempo”, explicou o jornalista aposentado norte-americano Robert Masullo. Para Bob (como prefere ser chamado), que veio de Sacramento – capital da Califórnia – o choque cultural é evidente, visto que ele não viu tamanha manifestação cultural, nem em outras cidades brasileiras pelas quais passou, durante esta, que é a sua primeira passagem pelo país. 

“Estivemos em Manaus e São Paulo, agora estamos em Salvador e, estaremos indo para o Rio de Janeiro esta tarde. É fascinante como todas as cidades em que passamos são bem diferentes entre si.  

A mistura de cores e batidas também ficará na mente do consultor de mídia, Chris Gibbons. Ele, que é britânico, veio com seu filho Toby, de 11 anos, para acompanhar o Mundial. A euforia do Pelô chamou a atenção de Chris pela similaridade com a dança de Combeys, manifestação típica das Bermudas, local onde mora atualmente. “Assim como é o grupo cultural das Bermudas, o Olodum é uma forma de valorizar a história deste lugar, e trazê-la para o presente”, explicou ele.   

Enquanto isso, o jovem Toby se impressionou com as rodas de capoeira, que tomavam conta da Praça da Sé. “Eu até tentei fazer aqueles movimentos, mas não levo jeito pra isso”, afirmou o filho de Chris, com timidez, confessando que entrou no ritmo do berimbau, durante uma de suas visitas ao Centro Histórico.

RECEPTIVIDADE
Além da celebração coletiva em suas formas variadas, houve outro aspecto que chamou muito a atenção dos estrangeiros que passam pelo estado, durante o megaevento do futebol: a hospitalidade baiana. 

O técnico em informática, Michael Hallam, se comoveu com a preocupação dos recepcionistas, guias e garçons, em sempre tentar agradar aos visitantes. O turista australiano confessou que tem existido um pouco de dificuldade em se comunicar, já que são poucas as pessoas que dominam o inglês – seu idioma natal –, mas isso é um empecilho pequeno, visto a dedicação dos baianos em tentar mostrar o que há de melhor em sua cultura. 

“Em outras cidades brasileiras há mais facilidades com o idioma. Aqui, os atendentes e guias nem sempre conseguem nos entender, ou vice-versa, mas o que tenho percebido aqui é uma preocupação maior das pessoas, com nosso bem-estar, sempre perguntando se está tudo bem, se queremos algo mais, se estamos satisfeitos. Não é algo tão comum, mesmo em outros países que pude visitar”, explicou Michael. 

A hospitalidade também foi a característica principal apontada pelo turista indiano Ravender Singh. Segundo o visitante, a receptividade tem sido fundamental para que a experiência em solo baiano tivesse dado certo. 

Ravender está na Bahia desde o início do Mundial, e foi por meio de novos amigos, que conseguiu conhecer boa parte das localidades famosas de Salvador, e até do interior do estado. “Na semana passada, alguns amigos que fizemos aqui nos levaram a um passeio pelo Vale do Capão, na Chapada Diamantina, e achei o lugar apaixonante”, explicou o designer indiano, que mora em Londres, na Inglaterra.  

O primeiro contato com a culinária, segundo Ravender, também contou com um detalhe curioso. “A primeira vez que degustei o acarajé, não vi muita graça. Mas dei uma segunda chance, provei novamente, e desde então, virei um admirador. Sobretudo do vatapá”, esclareceu o indiano, bem-humorado, aprovando a inclusão do azeite de dendê em sua dieta. 

Natural de um país que tem similaridades econômicas e sociais com o Brasil, Ravender ainda contou uma impressão geral do que tem visto pela Bahia, e pelo tempo que tem passado fora de casa. “Na Índia também existe um grande contraste social, e é perceptível como os brasileiros, assim como nós indianos, buscam uma forma de relevar as dificuldades do dia a dia com as festas”, analisou. 
“Além das amizades, que têm sido bem sólidas, são justamente os valores humanos de afetividade e persistência para encarar os obstáculos, que quero levar, quando estiver voltando pra casa”, finalizou Ravender. 

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Barbosa participa de última sessão como ministro do STF

Publicado em 01/07/2014 às 10h01
Barbosa participa de última sessão como ministro do STF nesta terça
Foto: Reprodução
 
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, participa nesta terça-feira (1º) de sua última sessão como ministro da Corte. Ele assumiu a função em 2003 e se aposentará aos 59 anos. Pelas regras do STF, se não fosse por decisão pessoal, Barbosa só teria de deixar o Supremo quando completasse 70 anos, idade a partir da qual os ministros são aposentados compulsoriamente. No fim de maio, Joaquim Barbosa anunciou que se aposentaria no fim do primeiro semestre, embora ainda não tenha protocolado oficialmente o pedido – a expectativa é de que isso seja feito nesta terça. Barbosa decidiu participar da última sessão antes do recesso de meio do ano do Judiciário, que só retoma os trabalhos em 1º de agosto, antes de iniciar o procedimento burocrático para sair do cargo. A aposentadoria definitiva só deve sair no fim de julho.
 
Compartilhar

Cerca de 4 mil americanos chegam à Bahia para jogo da Copa

Publicado em 01/07/2014 às 09h57

Em 1944, Zé Carioca mostrava ao Pato Donald o que a Bahia tinha no filme Você Já Foi à Bahia?, da Disney. Nesta terça-feira (1º), 70 anos depois, cerca de quatro mil americanos desembarcam em território soteropolitano. Diferente do filme, a maioria dos gringos não vai ficar apenas para conhecer a cultura local. Vem também para acompanhar EUA x Bélgica, pelas oitavas de final da Copa, na Arena Fonte Nova, às 17h. 


O casal Lenore, 71 anos, e Leon Wandle, 75, que está acompanhando os jogos dos Estados Unidos no Brasil (Foto: Robson Mendes)

Vista como novidade por alguns, o futebol tem encantado os discípulos do Tio Sam, que não têm medido esforços para seguir o USMNT (sigla em inglês que designa o time nacional de ‘soccer’). “Agora que o time está indo bem, mais pessoas estão vindo. Estamos avançando bem, isso vai aumentando”, conta a embaixadora dos EUA no Brasil, Liliana Ayalde.

Segundo ela, cerca de 200 mil ingressos foram comprados pelos americanos para as partidas no Brasil. Agora, estima-se que 90 mil ainda estão no país, em diversas cidades. Mesmo sem saber que o país viria jogar em Salvador, muitos americanos já haviam desembarcado por aqui. Dados da Secretaria estadual do Turismo (Setur) apontam que cerca de 19% dos turistas estrangeiros são dos EUA, liderando o ranking de nacionalidades de fora na capital baiana.

De acordo com embaixadora, os conterrâneos estão fascinados pelo turismo e estão explorando mesmo o Brasil em todas as cidades em que os EUA estão jogando, como Manaus, Natal e Recife. “Estou visitando todas as capitais em que a equipe tem jogado e os turistas americanos têm falado bem da comida, da hospitalidade, de compartilhar essa experiência”, comenta.

Família

Por ser um período de férias, a maioria dos turistas vem em família para curtir a Copa. “Eu tenho visto muitos pais e filhos. É algo que acho muito bonito. Conheci um pai que tem origem alemã e que veio com o filho acompanhar os jogos. Você vê que é algo que passa de pai para filho”, revela a Liliana Ayalde.


Ainda atrás de ingresso, Thomas aproveita para conhecer a cidade
(Foto: Robson Mendes)

Com esse espírito de descoberta, o casal Lenore, 71, e Leon Wandle, 75, está acompanhando a seleção  onde ela vai. Junto com os filhos, o casal de idosos, mesmo com pouca mobilidade – Lenore usa muletas –, veio de Massachusetts a Recife torcer para que os EUA vencessem a Alemanha. Como não deu, espera que a seleção consiga vencer a Bélgica hoje, na Arena Fonte Nova. “Eu acho que vai ser um jogo difícil, mas acredito que nós temos chances de  ganhar e passar de fase”, opina Leon.

Ganhando ou perdendo, eles vão ficar mais quatro dias em Salvador. O casal disse que está gostando muito da cidade. “É muito interessante, principalmente essa mistura de prédios mais antigos e outros que têm uma arquitetura mais moderna”, afirma. 

Experiência

Há também quem tenha vindo sozinho, disposto a conhecer novas pessoas e trocar experiências. É o caso de Thomas Allzn, 40, que é do estado do Texas. Ele pegou um voo direto Miami-Salvador, especialmente para conhecer a capital da Bahia.

Confira todas as notícias da Copa do Mundo 2014

Sozinho, vai passar seis dias aqui e, até ontem à tarde, estava tentando comprar o ingresso para assistir ao jogo de sua seleção na Fonte Nova. “Estou tentando, mas ainda não consegui. Enquanto isso, vou conhecendo a cidade. Se não conseguir, devo ficar aqui mesmo(na Fifa Fan Fest)”, explica  o americano.

Recorde

E quem ficou nos Estados Unidos está quebrando os recordes de audiência das transmissões de ‘soccer’. O esporte já está entre os quatro dos preferidos da nação. “São números recordes de audiência que antes não tínhamos tão alto como agora. No jogo em Natal (quando os EUA venceram Gana), tivemos uma audiência de 20 milhões de telespectadores. Os jovens gostam muito e também as mulheres já estão jogando muito futebol”, relata a embaixadora.

Embaixadora: ‘Futebol está entre os quatro esportes favoritos nos EUA’


A embaixadora Liliana Ayalde
(Foto: Evaristo Sá/AFP)

Os americanos são grande parte dos turistas que chegaram em massa a Salvador desde o início da Copa. Com o jogo de hoje, quatro mil turistas ianques são esperados na capital.

A embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayalde, conta, em entrevista exclusiva ao CORREIO, quem é esse visitante e como o futebol se tornou paixão nacional dos EUA.

O que você acha que contribuiu para essa vinda em massa dos americanos para a Copa?

Eu acho que o fato de a Copa ser no Brasil, onde se tem mais acesso para as pessoas compartilharem experiências. Conheço pessoas que têm vindo com amigos, com colegas de trabalho. Além disso, é muito mais caro ir para uma Copa na Rússia, por exemplo. Aqui é muito mais barato  para vir e permanecer.

De onde vêm esses turistas? Algum estado tem vindo com mais intensidade? 

 Realmente é uma mistura. Vem gente de todo lugar: Chicago, Nova York, Texas, Luisiana, tem sido bem balanceado esse público. Eu acho que muita gente tem feito economia para vir para cá, porque era no Brasil e queriam vir. Alguns podem ter um poder aquisitivo mais alto, mas têm pessoas de todos os níveis, eu vi de tudo. 

E como os americanos despertaram para o futebol nessa Copa? A gente percebe que a torcida ficou muito mais intensa esse ano. 

Nas escolas, o futebol tem crescido bastante. Os jovens estão vendo mais os jogos e é uma coisa nova. Sempre teve o futebol, mas agora está crescendo em número  de torcedores também, porque aumentou o investimento no esporte. O futebol está entre os quatro esportes favoritos nos Estados Unidos e isso vai continuar. Tem gente que está vendo a equipe avançar e está trocando dias no trabalho para tentar ficar mais tempo aqui, para continuar torcendo.

A senhora acha que a seleção americana tem chance de chegar à final?

Eu acho que vai conseguir avançar, sim. Em Recife (contra Gana), eles jogaram muito bem. É uma equipe que joga como equipe  e eu estou torcendo que, na Fonte Nova, eles joguem muito bem, novamente. E a torcida está acompanhando também.

Fonte: Correio

Compartilhar

Com descontos de até 50%, Liquida Bahia começa quinta-feira (3)

Publicado em 01/07/2014 às 09h51

Ato de parceria entre a Rede Bahia e a CDL foi assinado nesta segunda.
Evento é realizado em mais de 60 municípios baianos, incluindo Salvador.

Assinatura de ato de parceria (Foto: Ruan Melo/ G1)
Presidente da Rede Bahia, ACM Júnior, assinou
ato de parceria com a CDL na manhã desta
segunda (Foto: Ruan Melo/ G1)

Com descontos de até 50%, a 3ª edição da Liquida Bahia começa na quinta-feira (3) e segue até o dia 14 de julho em lojas de todo estado.

Na manhã desta segunda-feira (30), o presidente da Rede Bahia, ACM Júnior, assinou o ato de parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), no bairro da Federação, emSalvador.

A Liquida Bahia é realizada em mais de 60 municípios baianos, incluindo Salvador e cidades da Região Metropolitana. Participam da ação lojas no comércio de rua e também shoppings.

"Essa parceria é muito antiga e a Rede Bahia está presente nesse evento, que tem muita importância para a economia da Bahia e o comércio varejista", disse ACM Júnior após a assinatura.

De acordo com a organização, a Liquida Bahia contará com descontos que variam de 10 a 50%, e estará presente em aproximadamente 10 mil pontos de venda no estado.

Sorteio
Além dos descontos, a Liquida Bahia oferece ao consumidos um sorteio com 37 grandes prêmios. São eles: uma picape S10 cabine dupla, quatro caminhões de prêmios, quatro veículos marca Chevrolet Celta zero quilômetro, oito motocicletas zero quilômetro e 20 televisores de 50 polegadas.

Para participar do sorteio, o consumidor ganha um cupom a cada R$ 25 em compras. Se o pagamento for feito com cartão de crédito, os cupons serão em dobro.

Os vendedores dos cupons premiados também ganham um aparelho tablet de última geração. O sorteio acontece no dia 10 de agosto, no Farol da Barra, na capital baiana.

Fonte: G1 Bahia

 

Compartilhar

Empresa despeja dejetos de banheiro químico em rua de Itaquara

Publicado em 01/07/2014 às 09h44

Um morador da cidade de Itaquara, a 304 quilômetros de Salvador, flagrou, na tarde desta segunda-feira (30) funcionários de uma empresa de transporte despejando os dejetos de banheiros químicos, instalados pela prefeitura para as festas de São João, na calçada da Travessa Mauá, no centro da cidade.

Roberto Carlos Lemos, que tem uma loja na travessa, gravou um vídeo do momento em que um funcionário da empresa realiza o despejo. Quando questionado pelo comerciante sobre a ação, o funcionário alegou que apenas é responsável pelo transporte, e que os banheiros químicos são de responsabilidade da prefeitura.

Indignado, o comerciante informou ao G1 que os banheiros estavam instalados há oito dias no local.

"Eu tenho uma loja na travessa onde instalaram esses banheiros para a festa de São João. Eu não aguentei ficar lá depois que despejaram os dejetos na calçada. O mau cheiro foi tão grande, que tive que fechar tudo e liberar todo mundo, porque não dava para ficar lá. Eles despejaram tudo no canto da calçada. Quando argumentei, eles disseram que o erro era da prefeitura, que não mandou esvaziar os banheiros antes deles levarem", disse o comerciante.

A prefeitura de Itaquara informou por meio de nota que já entrou em contato com a empresa responsável pelos sanitários químicos, a Star Ambiental, que tem sede em Salvador. A empresa, por sua vez, informou que as denúncias serão apuradas e os responsáveis pelo manuseio do material serão punidos devidamente. Eles acrescentaram que ninguém está autorizado a descartar dejetos dos sanitários químicos em locais públicos e que, para isso, existe um carro especializado para a limpeza dos equipamentos.

Ainda na nota, a prefeitura de Itaquara disse que uma equipe foi deslocada ao local para realizar a limpeza da travessa e que fará também todo o possível para que os responsáveis sejam punidos, pois, segundo a nota, "é inadmissível tal absurdo".

Dejetos Itaquara;bahia 1 (Foto: Fabiano dos Santos/Site Binho Locutor)
Mau cheiro dos dejetos fizeram comerciante fechar loja  (Foto: Fabiano dos Santos/Site Binho Locutor)

Fonte: G1 Bahia

Compartilhar

Irecê registra oito homicídios no mês de junho

Publicado em 30/06/2014 às 09h59

De acordo com a polícia, maioria dos casos são motivados pelo uso de drogas, principalmente entre jovens.

Irec-registra-oito-homicdios-no-ms-de-junho

Oito homicídios foram registrados no mês de junho em Irecê, segundo informações do repórter policial José Bastos, da Rádio Caraíbas FM. O número é preocupante quando comparado ao mesmo período do ano passado, quando apenas um homicídio foi registrado. Ainda segundo José Bastos, durante todo o ano de 2013, foram contabilizados cerca de 35 crimes de homicídios, enquanto até o mês de junho deste ano, os casos já somam 35.

Para o comunicador, “é preciso mais investimentos em políticas públicas eficientes, principalmente voltadas para a juventude, nas áreas do esporte e da cultura. Além disso, os pais precisam estar sempre atentos às companhias e amizades dos seus filhos”, alertou Zé Bastos, como é popularmente conhecido na cidade.

Fonte: Irecê Reporter

Compartilhar

Com Lula e Dilma, candidatura de Rui Costa é oficializada

Publicado em 30/06/2014 às 09h54

A convenção também oficializou a candidatura de Otto Alencar ao Senado e João Leão, deputado federal do PP, como vice-governador da chapa de Rui Costa

A candidatura de Rui Costa pelo PT ao governo do estado foi oficializada nesta sexta-feira (27) pelo partido, em convenção que contou com as presenças da presidente Dilma Rousseff, do ex-presidente Lula e do governador Jaques Wagner. Correligionários se reuniram no Centro de Convenções pela manhã para a convenção - foram cerca de 10 mil participantes.

A convenção também oficializou a candidatura de Otto Alencar ao Senado e João Leão, deputado federal do PP, como vice-governador da chapa de Rui Costa.

Diante dos militantes, Lula criticou a imprensa e o mercado, ao falar da cobertura sobre a Petrobras. O ex-presidente citou reportagens que falavam da desconfiança do mercado com uma medida do governo, que vai contratar a estatal, sem licitação, para produzir petróleo em quatro campos do pré-sal. "Pelo que eu sei, esse tal de mercado nunca votou em você e nunca votou em mim", afirmou Lula. "Esse tal de mercado nunca ganhou tanto dinheiro como ganha nesse país. Portanto eles deveriam utilizar pelo menos o bom senso para fazer os comentários sobre a atitude da presidente Dilma, ao invés de se colocarem contra".



Militantes ouvem ex-presidente Lula falando em convenção (Foto: Evandro Veiga)

Lula disse a Dilma que a resposta que ela deve dar aos que a vaiaram e xingaram na abertura do evento, no Itaquerão, é mostrar que eles estão tendo "a mais extraordinária (Copa) já realizada pela Fifa". E ironizou: "A imprensa da Inglaterra foi a imprensa que mais criticou a Copa, dizendo que não iria ter Copa. E não teve para a Inglaterra, porque já teve que ir embora".Rui Costa apresentou sua família aos militantes. "Quem vai sentar naquela cadeira, pela primeira vez na história, é um filho da Liberdade", afirmou. O petista entregou o programa de governo elaborado junto com o candidato a vice para Dilma. Ele não entrou em detalhes, mas citou a importância dos programas sociais do governo federal e estadual, dizendo que devem ser melhorados em seu governo - incluindo o "Minha Casa, Minha Vida" e o "Luz para Todos".O governador Wagner brincou. "Me desempregaram e eu vou para casa".


Wagner, Lula, Dilma e Rui Costa durante convenção (Foto: Evandro Veiga)

 

Fonte: iBahia 

Compartilhar

Grupo armado detona 2 bancos na cidade de Itaquara - BA

Publicado em 30/06/2014 às 09h51

Unidades do Bradesco e Banco do Brasil ficaram parcialmente destruídas.
Crime ocorreu na madrugada deste domingo (29), a 300 km de Salvador.

Agência explosão (Foto: Fabiano dos Santos/ site: Binho Locutor)Bandidos fortemente armados explodiram duas agências no município de Itaquara, na madrugada deste domingo (29), a 300 km de Salvador (Foto: Fabiano dos Santos/ site: Binho Locutor)

Um grupo com cerca de 10 homens fortemente armados explodiram duas agências, uma do banco do Bradesco e a outra do Banco do Brasil, na madrugada deste domingo (29), no Centro do município de Itaquara, na região centro sul da Bahia, a cerca de 300 km de Salvador.

De acordo com informações da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar de Jaguaquara(CIPM), que atua na região, após destruir dois caixas eletrônicos, um em cada unidade bancária, os locais ficaram parcialmente destruídos. O registro foi feito por volta das 2h50.

Ainda de acordo com o órgão, os bandidos chegaram em três veículos e se distribuiram pelas duas agências, que ficam localizadas na mesma rua. Após a denúncias, viaturas foram para o local, mas os suspeitos já haviam fugido.

As rondas para captura dos criminosos, segundo a polícia, estão sendo realizadas pelas estradas de Itaquara e por saídas que dão acesso às BR,s. Até a publicação desta reportagem nenhum dos suspeitos havia sido preso. Ninguém ficou ferido durante ação dos bandidos.

Fonte: G1 Bahia

Compartilhar

Bolsa Família convoca beneficiários até o dia 30

Publicado em 30/06/2014 às 09h47


Os beneficiários têm até o dia 30 para fazer o acompanhamento de saúde

Beneficiários do Bolsa Família que tenham entre os seus dependentes crianças com até sete anos, gestantes e mulheres em idade fértil (14 a 44 anos) devem fazer o acompanhamento da saúde até a próxima segunda-feira, 30.  Estes devem se dirigir aos postos de saúde da rede municipal, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. É necessário levar o cartão do Bolsa Família, carteira de identidade, cartão de vacinação das crianças e o cartão da gestante (para quem estiver fazendo o pré natal).

De acordo com a Secretaria Municipal e Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), até essa sexta-feira, 27, das 140.380 famílias cadastradas, apenas 31.901 (22,73%) compareceram aos postos de saúde para realizar o procedimento. Quem não for no prazo deverá ir a um posto da Semps para regularizar a situação.

Fonte: A Tarde

Compartilhar

Coqueluche cresce 25% na Bahia

Publicado em 30/06/2014 às 09h43

Coqueluche,doença que pode levar à morte especialmente entre os recém-nascidos, cresce na Bahia. De acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde, Sesab, de janeiro a maio foram registrados 159 casos, um aumento de 25% em relação ao mesmo período do ano passado, com a confirmação de 127 registros.No final de 2013, segundo informações do órgão, foram totalizados 300 casos.

O município de Feira de  Santana é o mais afetado. Só no primeiro semestre foram registrado 70 casos, a maioria de crianças com até um ano de idade.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), há 50 milhões de casos de coqueluche todos os anos, com cerca de 300 mil mortes. É a quinta maior causa de óbitos em crianças abaixo de cinco anos de idade entre as doenças combatidas por vacinas.

Em relação à faixa etária, assim como em 2013, foram confirmados casos em todas as faixas etárias, mas os menores de 01 ano continuam sendo os mais atingidos,  entretanto, Jacy Andrade, médica infectologista e diretora do Serviço Especializado em Imunização e Infectologia (SEMI), faz um alerta para os  adolescentes e adultos que vem registrando um aumento na incidência, o que sugere que os mesmos sejam transmissores  da bactéria para o grupo infantil a exemplo das gestantes.

“Para evitar o crescimento da doença  a vacinação deve ser estendida também a adolescentes e adultos como forma de evitar o contágio em crianças que ainda não foram completamente imunizadas”,orienta a especialista.  Ela explica que a coqueluche é uma bactéria transmitida pelas vias respiratórias comprometendo  brônquios e pulmões e a depender dos casos pode levar o paciente a doenças mais graves, como a pneumonia, ou até mesmo à morte.  

A bactéria passa por  três fases:   a primeira é a catarral, depois a tosse e a fase final de recuperação.

Segundo Maria do Carmo, técnica responsável pelo grupo da  coqueluche da Sesab, um dos motivos para  o  recente avanço da doença  está no fato da população mais velha não saber direito se está ou não com a bactéria, mas  principalmente pela falta de vacinação  que atinja todas as faixas etárias. “ A vacina é disponibilizada até seis anos e onze meses, a partir dessa idade a rede pública não dispõe de vacinas”, explicou.

Sintomas

A coqueluche ou pertussis é uma doença infecciosa aguda e transmissível, que compromete o aparelho respiratório (traqueia e brônquios). É causada pela bactéria Bordetella pertussis.

A doença evolui em três fases sucessivas. A fase catarral inicia-se com manifestações respiratórias e sintomas leves, que podem ser confundidos com uma gripe: febre, coriza, mal-estar e tosse seca. Em seguida, há acessos de tosse seca contínua.

Na fase aguda, os acessos de tosse são finalizados por inspiração forçada e prolongada, vômitos que provocam dificuldade de beber, comer e respirar.

Na convalescença, os acessos de tosse desaparecem e dão lugar à tosse comum. Bebês menores de seis meses são os mais propensos a apresentar formas graves da doença, que podem causar desidratação, pneumonia, convulsões, lesão cerebral e levar à morte.

Transmissão

Acontece principalmente pelo contato direto da pessoa doente com uma pessoa suscetível, não vacinada, através de gotículas de saliva expelidas por tosse, espirro ou ao falar.

Também pode ser transmitida pelo contato com objetos contaminados com secreções do doente. A coqueluche é especialmente transmissível na fase catarral e em locais com aglomeração de pessoas.

Prevenção

Apenas os indivíduos que já tenham adquirido a doença ou recebido a vacina DTP (mínimo de três doses) não correm o risco de adquiri-la. Não existe característica individual que predisponha a doença, a não ser presença ou ausência de imunidade específica.

Graças aos programas de vacinação, a ocorrência de casos de coqueluche no Brasil (que já chegou a cerca de 36 mil casos notificados por ano entre 1981 e 1991) vem sendo reduzida.

Contágio e tratamento

A bactéria responsável por transmitir a doença só afeta humanos e se chama  Bordetella pertussis. Ela produz uma toxina que entra na corrente sanguínea e causa as tosses típicas da doença - intensas, que duram por mais de duas semanas e podem causar vômitos depois. Mesmo após meses, os ataques de tosse ainda podem persistir.

Uma das sequelas da doença são os quadros de  pneumonia que  podem dificultar a respiração das crianças.

Os primeiros sintomas surgem entre 1 até 3 semanas após o contato inicial com a bactéria causadora da doença. O tratamento é feito a base de  antibióticos.

Imunização

A vacina de imunização  prevê três doses da tríplice, aplicadas aos dois, quatro e seis meses de idade.

Doses extras de reforço ao calendário infantil são recomendadas aos 15 meses de idade e no período escolar (entre 4 e 6 anos).

Fonte: Tribuna da Bahia

 

 
Compartilhar

Tayrone Cigano encerra festejos juninos em Irecê

Publicado em 30/06/2014 às 09h40
Tayrone Cigano encerra festejos juninos em Irecê
Foto: Divulgação
 
Neste domingo (29), moradores da Boa Vista e de Irecê se despediram dos festejos de São João e São Pedro ao som  de Tayrone Cigano.O cantor embalou os casais apaixonados com arrocha e música romântica.
 
Além do cantor mais apaixonado do Brasil, a última noite do São Pedro da Boa Vista foi marcada por apresentações de Jurandir Alves, Gil Vasconcelos e Página Virada, atrações que foram prestigiadas por mais de 20 mil pessoas de todo o território. A noite marcou o encerramento da programação junina promovida pela prefeitura de Irecê, que também envolveu o São João na Praça Clériston Andrade e o Arraiá do Mercadão, totalizando um público superior a 550 mil pessoas, em sete dias de “arrasta pé” e sem o registro de nenhuma ocorrência de natureza grave. 
 
Compartilhar

Brasileiros já pagaram R$ 8 bi em impostos em 2014

Publicado em 30/06/2014 às 09h38
Brasileiros já pagaram R$ 8 bi em impostos em 2014
 
A cada segundo, R$ 51 mil foram arrecadados em impostos em média desde o começo do ano até a manhã desta segunda-feira (30), de acordo com o medidor de tributos da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o Impostômetro.
 
O total recolhido no período alcançou a marca de R$ 800 bilhões, valor maior do que o cobrado no mesmo intervalo do ano passado. O montante contribuído de cada habitante foi de aproximadamente R$ 4 mil. O total de impostos pagos pelos brasileiros pode ser acompanhado pela internet, na página do sistema. A ferramenta é mantida em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT).
 
Compartilhar

Arimo fwR bsd b04s uppercase|bsd left uppercase b03s|Arimo left show fwR bsd b03s normalcase|||image-wrap|login news bsd fwB b01 c05 sbse|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login fwR||b01 c05 bsd|||