Notícias

PRF pune 1,5 mil motoristas no 1º fim de semana com multas alta

Publicado em 04/11/2014 às 08h24

Aproximadamente 1,5 mil motoristas foram punidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no primeiro fim de semana de vigência dos novos valores de multas de trânsito. Desde sábado (1º), as multas para condutores flagrados em ultrapassagens forçadas, em local proibido, ou disputando “racha” e exibindo manobras perigosas estão até dez vezes mais altas.

A maior parte – 1,39 mil – foi aplicada a motoristas ultrapassando em situações perigosas ou em locais proibidos. Nesses casos, como faixas contínuas, curvas, trevos, túneis, pontes e acostamentos, a multa aumentou de R$ 127,69 para R$ 957,70. Em caso de reincidência no período de um ano, o valor da punição dobrará.

Conforme a PRF, a infração mais comum é a ultrapassagem pela contramão, com pista de faixa contínua. O chefe da Divisão de Planejamento Operacional da PRF, Edson Nunes Souza, explicou que as ações de fiscalização são planejadas de acordo com o número de acidentes registrados nas vias.

“Temos um banco de dados com os locais onde ocorrem mais acidentes. Então, direcionamos as fiscalizações para esses lugares. Dessa forma, conseguimos reduzir infrações e evitar acidentes.”

No sábado e domingo (2), 43 motoristas foram flarados pela PRF forçando passagem em pistas simples. Esta é infração cuja multa sofreu maior reajuste, passando de R$ 191,54 para R$ 1.915,40. O valor será dobrado em caso de reincidência em 12 meses.

Seis motoristas foram multados pela PRF por praticar "racha" ou exibir manobras perigosas, infrações que também ficaram mais duras. “O número baixo deve-se, principalmente, ao fato de a maioria dos ‘rachas’ ocorrer dentro das cidades e não nas rodovias federais”, explicou Edson Nunes.

Segundo ele, o aumento no valor das multas faz parte de um pacote de alterações nas leis. "A proposta é diminuir as mortes no trânsito em 50% até 2020", salientou Nunes. Acrescentou que as colisões frontais, a maioria causada por ultrapassagens indevidas, são responsáveis por cerca de 34% das mortes em rodovias federais.

Fonte Correio

Compartilhar

Gestantes terão acesso à vacina DTPa a partir desta segunda

Publicado em 03/11/2014 às 09h33

A partir desta segunda-feira, 3, os postos de saúde da rede municipal da capital passarão a disponibilizar a vacina tríplice acelular contra difteria, tétano e coqueluche (DTPa) gratuitamente para as gestantes.

Já no próximo dia 15, os profissionais de saúde que atuam em maternidades ou em unidades de terapia intensiva neonatais também serão contemplados.

A difteria e a coqueluche podem ser transmitidas através do contato com pessoas doentes. O tétano é transmitido através de cortes em objetos contaminados. Todas são doenças provocadas por bactérias e, se não tratadas, podem levar à morte.

Fonte: A Tarde

Compartilhar

Reajuste do preço da gasolina pode sair nesta terça-feira

Publicado em 03/11/2014 às 09h26

A definição sobre o reajuste dos combustíveis foi adiada para a próxima terça-feira, dia 4. Neste dia, o conselho de administração da Petrobras voltará a se encontrar para dar continuidade à reunião realizada na sexta-feira pela manhã, mas interrompida ainda no primeiro ponto da pauta, sem que o aumento dos preços da gasolina e do óleo diesel fosse debatido. 

A pauta foi interrompida em meio a discussões sobre a exigência da PwC, auditora das finanças da empresa, de que a estatal contrate duas auditorias externas independentes para investigar denúncias de corrupção envolvendo a petroleira. 

A PwC se negou a validar os números do terceiro trimestre, enquanto a Petrobras não contratasse as empresas.  
Na última segunda-feira, a Petrobras anunciou a contratação de dois escritórios de advocacia para investigar o esquema de corrupção denunciados pelo ex-diretor da empresa Paulo Roberto Costa. São eles o americano Gibson, Dunn & Crutcher LLP e o brasileiro Trench, Rossi e Watanabe Advogados.

Fonte ouvida pelo Broadcast - serviço de informações em tempo real da Agência Estado - contou que a expectativa dos conselheiros é decidir sobre o reajuste na terça. Já o resultado financeiro da empresa relativo ao terceiro trimestre deste ano não chegou a entrar na pauta da reunião desta sexta-feira e também não entrará no próximo encontro.

 Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Wagner será interlocutor de Dilma junto ao PT

Publicado em 03/11/2014 às 08h36

Desgastada com o próprio partido, dentro e fora do Congresso Nacional, a presidente Dilma Rousseff (PT) articula a montagem de uma equipe para facilitar o trânsito dela no PT que inclui o atual governador da Bahia, Jaques Wagner.

Segundo a Folha de S. Paulo, Wagner e os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil), Ricardo Berzoini (Relações Institucionais) e Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário) serão escalados por Dilma para melhorar a interlocução dela com petistas e com o PT.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu, antes do primeiro turno, que a presidente precisava construir mais diálogo com o PT no seu segundo mandato e que o partido deveria se aproximar dos ideais da esquerda.

De acordo com o jornal, um dos motivos para essa nova tendência é parte da estratégia de Lula para uma eventual candidatura à presidência da República em 2018: a ideia de “um novo PT” e uma boa relação de Dilma com o “velho PT”.

Fonte: Bahia Notícias

Compartilhar

Uso do Enem cresce entre instituições públicas e particulares

Publicado em 03/11/2014 às 08h31

Foto: EBC

O uso do Enem cresce entre instituições públicas e particulares O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) consolida-se cada vez como forma de ingresso em instituições públicas e privadas de ensino superior e de ensino técnico, seja por meio dos programas nacionais, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que utilizam as notas do exame como critério, seja por iniciativa das próprias instituições de ensino em usar o Enem como processo seletivo.

Entre as universidades federais, segundo o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Targino de Araújo, todas utilizam o Enem total ou parcialmente como processo seletivo. "O Enem é fundamental porque permite que os alunos possam se inscrever para qualquer universidade do país. Possibilita o acesso de estudantes que não poderiam viajar para fazer vários vestibulares. É um mecanismo de inclusão", disse.

Araújo ressalta que a adesão ao exame continua crescendo, inclusive na porcentagem de vagas. Como reitor da  Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), ele disse que na sua instituição a utilização do Enem começou para 50% das vagas e,atualmente,100%.  "Os resultados têm sido positivos, sendo que as universidades que fizeram a adesão não têm se arrependido. Não houve quem desistiu de usar o Enem, pelo contrário, a adesão é crescente", disse.

Entre as particulares o cenário é semelhante. "O Enem é uma importante porta de entrada. Para ingressar no ProUni, tem que passar pelo Enem. O exame tem uma proporção muito grande no ensino superior", ressaltou o assessor do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular Sólon Caldas.

Em 2014, foram ofertadas 191,6 mil bolsas integrais e parciais pelo ProUni no primeiro semestre e 115,1 mil, na segunda edição do programa.  Foram cerca de mil instituições privadas participantes em cada um dos processos. Já o Sisu ofertou 171,4 mil vagas em 115 instituições públicas de educação superior, no primeiro semestre, e 51,4 mil vagas em 67 instituições, no segundo.

A adesão ao exame também é grande entre os institutos federais. De acordo com o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), todos os institutos federais adotam o Enem como sistema de ingresso total ou parcialmente. "Ao longo desse tempo tem havido uma evolução dos institutos, eles têm se colocado de maneira muito efetiva e reconhecido o valor do Enem como critério de acesso ao ensino superior", disse o presidente do Conif, Luiz Augusto Caldas, que é reitor do Instituto Federal Fluminense.

Caldas explicou que os institutos usam também o modelo de avaliação do Enem nos processos seletivos próprios, modificando a metodologia de acesso, além de inspirar mudanças nas salas de aula. "Essa relação que o Enem traz nas suas questões, de diálogo mais específico com a realidade, inspira o professor em sala para abordagem intersetorial das disciplinas".

Os institutos federais oferecem vagas no Sisu e também no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), que oferece vagas no ensino técnico. No primeiro semestre, o programa ofereceu 293,7 mil vagas, no segundo, foram 289,3 mil, em instituições públicas e privadas e do Sistema S.

O Enem está marcado para os dias 8 e 9 de novembro. O exame tem 8,7 milhões de inscritos e será feito em 1,7 mil cidades.

Fonte: Correio

Compartilhar

Multas de trânsito ficarão até 900% mais caras a partir 01/11

Publicado em 30/10/2014 às 09h59

A partir deste sábado (1°), os motoristas que forem flagrados fazendo ultrapassagens perigosas terão que pagar mais caro pela infração. A nova lei federal que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) entra em vigor no primeiro dia de novembro e fará um total de 11 mudanças no código que penalizará ultrapassagens irregulares com multas de valor até dez vezes maior do que é atualmente. 


Em caso de ultrapassagens em que se força uma manobra perigosa com veículo vindo em sentido contrário, o valor da multa aumenta em mil por cento, de R$ 191,54 para R$ 1.915,40. Já quem se arriscar em ultrapassar pelo acostamento, não pagará mais o valor de R$ 127,69, e sim de R$ 957,70, uma alta de 650%. As ultrapassagens em locais proibidos sofrerão reajuste de 500%, de R$ 191,54 para R$ 957,70. O mesmo valerá para infrações como ultrapassagem em subidas, curvas e locais sem visibilidade.

Quem pratica o famoso "pega" poderá pegar até três anos de prisão e a multa sairá dos R$ 574,62 atuais para R$ 1.915,40. Caso o motorista se envolva em acidente com morte, o culpado poderá passar de cinco a dez anos na prisão. Caso haja vítimas não fatais, a pena prevista no código modificado é de seis anos de prisão.

De acordo com o Denatran, as infrações passaram a ser consideradas gravíssimas e valem a retirada de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação. A nova lei prevê ainda que ultrapassagens perigosas e rachas custem aos motoristas envolvidos 12 meses sem o direito de dirigir. Já se o culpado for reincidente, o valor da multa dobra. O órgão afirmou que “o objetivo das mudanças é aumentar a segurança de motoristas e pedestres e das infraestruturas urbanas numa combinação de medidas que inclui a cooperação nacional, a partilha de boas práticas, a realização de estudos de investigação, a organização de campanhas de sensibilização e a adoção de regulamentação”. 

Fonte iBahia

Compartilhar

FT:alta da Selic contradiz o que Dilma disse em campanha

Publicado em 30/10/2014 às 09h56

O site do jornal britânico Financial Times publica nesta quinta-feira, 30, reportagem sobre o aumento do juro no Brasil e destaca que a campanha eleitoral de Dilma Rousseff acusou o oponente de que eventual governo Aécio Neves (PSDB) teria aumento de juros, o que geraria recessão e desemprego.

Três dias após a reeleição e horas após o fim do programa de relaxamento quantitativo nos Estados Unidos, o Banco Central do Brasil aumentou o juro para 11,25%, o maior patamar em três anos, destaca a reportagem do FT. O jornal destaca que a decisão pegou o mercado de surpresa.

Sem entrar muito no mérito econômico da decisão, o FT analisa o aspecto político da decisão e lembra que o BC e os juros foram um dos campos de batalha da eleição. "Dilma e o PT argumentaram que, se Aécio Neves ganhasse as eleições, ele iria aumentar as taxas a um patamar tão alto para acabar com a inflação que iria causar recessão e alto desemprego", cita o texto.

A reportagem lembra que esses comentários "provocaram preocupação após a vitória de Dilma Rousseff de que o BC estaria sob pressão para ser 'dovish' (suave) com a inflação".

Fonte A Tarde Bahia

Compartilhar

Bahia: Sobe para 1.481 número de casos suspeitos de chikungunya

Publicado em 30/10/2014 às 09h51

Vírus chikungunya é transmitido por mosquitos Aedes aegypty (no alto) e Aedes albopictus (Foto: Douglas Aby Saber/Fotoarena-AFP Photo/EID Mediterranee)

Vírus chikungunya é transmitido por mosquitos
Aedes aegypty (no alto) e Aedes albopictus
(Foto: Douglas Aby Saber/Fotoarena-AFP Photo/EID
Mediterranee)

Sobe para 1.481 o número de casos suspeitos de chikungunya na Bahia, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Até esta quarta-feira (29), as notificações foram confirmadas em 49 municípios. No último boletim, divulgado no dia 23 de outubro, 1.267 notificações em 35 cidades foram registradas.

Apesar do aumento dos casos suspeitos, o número de confirmações da doença permanece o mesmo: 458. As cidades com casos confirmados são Feira de Santana (371), Riachão do Jacuípe (82), Salvador (2), Alagoinhas (1), Cachoeira (1) e Amélia Rodrigues (1).

O número de casos suspeitos notificados de chikungunya na cidade de Feira de Santana, localizada a 100 quilômetros de Salvador, saltou de 1.015 para 1.161, segundo balçanço divulgado na terça-feira (28) pela Secretaria de Saúde do município.

De acordo com a Sesab, todos os casos possuem vínculo epidemiológico com Feira de Santana, sendo a cidade o local provável de infecção. Não há registro de óbito até o momento.

Entenda o vírus
A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa "aqueles que se dobram", em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa.

Em compensação, comparado com a dengue, o novo vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O vírus chikungunya pode ser transmitido pelo mesmo vetor da dengue, o mosquito Aedes aegypti, e também pelo mosquito Aedes albopictus, e a infecção pelo chikungunya segue os mesmos padrões sazonais da dengue, de acordo com o infectologista Pedro Tauil, do Comitê de Doenças Emergentes da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI). O risco aumenta em épocas de calor e chuva, mais propícias à reprodução dos insetos. Eles picam principalmente durante o dia. A principal diferença de transmissão em relação à dengue é que o Aedes albopictus também pode ser encontrado em áreas rurais, não apenas em cidades.

Fonte G1 Bahia

Compartilhar

Copom eleva juros básicos da economia pela 1ª vez em seis meses

Publicado em 30/10/2014 às 09h49

Pela primeira vez em seis meses, o Banco Central (BC) alterou os juros básicos da economia. Por 5 votos a 3, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 11,25% ao ano. A taxa está no maior nível desde novembro de 2011, quando estava em 11,5% ao ano.

Votaram para a elevação da taxa Selic o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, e os diretores Aldo Luiz Mendes (Política Monetária), Anthero Meirelles (Fiscalização), Carlos Hamilton Vasconcelos (Política Econômica) e Sidnei Corrêa Marques (Organização do Sistema Financeiro). Os diretores Altamir Lopes (Administração), Luiz Awazu (Relações Internacionais) e Luiz Edson Feltrim (Relação Institucional e Cidadania) votaram pela manutenção dos juros básicos.

Em comunicado, o Banco Central informou que a elevação foi necessária para garantir um cenário “mais benigno” para a inflação em 2015 e 2016. “Para o comitê, desde a última reunião, entre outros fatores, a intensificação dos ajustes de preços relativos na economia tornou o balanço de ruscos para a inflação menos favorável”, destacou a nota.

Desde dezembro de 2011, a taxa passou a ser reduzida sucessivamente pelo Copom até atingir 7,25% ao ano em outubro de 2012, o menor patamar da história. A Selic foi mantida nesse nível até abril do ano passado, quando o Copom iniciou um novo ciclo de alta nos juros básicos para conter a inflação. Desde abril de 2014, a taxa está em 11% ao ano.

A taxa Selic é o principal instrumento do BC para manter a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), dentro da meta estabelecida pela equipe econômica. De acordo com o Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta de inflação corresponde a 4,5% (centro da meta), com margem de tolerância de 2 pontos percentuais, podendo variar entre 2,5% (piso da meta) e 6,5% (teto da meta).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumulado em 12 meses estava em 6,75% até setembro, acima do teto da meta. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, o IPCA deverá desacelerar nos próximos meses e encerrar 2014 em 6,45%.

Por outro lado, o aumento da taxa Selic prejudica o reaquecimento da economia, que cresceu 2,5% no ano passado e ainda está sob o efeito de estímulos do governo, como desonerações e crédito barato. De acordo com o Focus, os analistas econômicos projetam crescimento de apenas 0,27% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014. Oficialmente, o governo prevê expansão de 0,9%.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la, o Banco Central contém o excesso de demanda, que se reflete no aumento de preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Ao reduzir os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas alivia o controle sobre a inflação.

Fonte Tribuna Da Bahia

Compartilhar

Anac vai autorizar uso de aparelhos eletrônicos durante voo

Publicado em 30/10/2014 às 09h47
Anac vai autorizar uso de aparelhos eletrônicos durante todo o voo
Foto: Lucas Jackson / Reuters
 
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vai autorizar até o final do ano o uso de equipamentos eletrônicos a bordo, desde que em "modo avião", em todas as fases do voo.
 
O modo limita a transmissão de sinal e a conexão à internet. A nova norma será publicada nesta quinta-feira (30) no Diário Oficial da União. Os passageiros atualmente precisam desligar os aparelhos durante a decolagem e pouso. Os equipamentos são liberados para ser reativados assim que a aeronave atinge 3.048 metros ou 10 mil pés. Outra novidade é a autorização para que os passageiros possam usar o celular logo após o pouso.
 
De acordo com a regra vigente, o telefone tem de ser mantido desligado até o avião parar. Informações da Folha.
 
Fonte Bahia Notícias
Compartilhar

Estudo aponta queda na taxa de desemprego em Salvador e RMS

Publicado em 30/10/2014 às 09h45

A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) - realizada na Bahia pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) - mostra que em setembro a taxa de desemprego total da Região Metropolitana de Salvador (RMS) diminuiu, ao passar de 18,1% para 17,5% da População Economicamente Ativa (PEA).

Registrou-se o mesmo movimento para a taxa de desemprego aberto, que passou de 13,2% para 12,8%, e a de desemprego oculto, que passou de 4,9% para 4,7%. Em setembro, o contingente de desempregados foi estimado em 325 mil pessoas, 10 mil a menos que no mês anterior.

Esse resultado deveu-se ao aumento na ocupação (19 mil pessoas) superior ao crescimento na PEA (9 mil). O contingente de ocupados aumentou em setembro (1,3%), passando de 1.513 mil para 1.532 mil pessoas.

Segundo os principais setores de atividade econômica analisados, houve crescimento no setor de Serviços (27 mil ou 2,9%), de Construção (3 mil ou 2,0%) e no Comércio e Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas (3 mil ou 1,1%) e reduziu o número de ocupados na Indústria de Transformação (11 mil ou 8,3%).

Desde julho, Seade e Dieese deixaram de divulgar indicadores e análises para o conjunto dos mercados de trabalho na região metropolitana. Segundo as entidades, a situação decorre da interrupção momentânea das operações de coleta e tratamento de informações domiciliares no Distrito Federal e na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Fonte: Correio

Compartilhar

Prefeito participa de inauguração da Clínica de Hemodiálise

Publicado em 28/10/2014 às 15h52

Nesta terça-feira (28), o prefeito Luizinho Sobral participou da inauguração da Clínica de Hemodiálise de Irecê. O gestor percorreu as instalações junto com colaboradores da Administração Municipal e com os sócios da nova unidade de saúde. Na oportunidade, o nefrologista Indalécio Magalhães, coordenador médico da clínica, falou sobre questões técnicas do tratamento e disse que a Clínica de Hemodiálise de Irecê é uma das quatro do Brasil com capacidade de realizar a chamada hemodiafiltração, que consegue eliminar mais toxinas na corrente sanguínea do paciente do que o tratamento convencional e que o atendimento à população deve começar a funcionar no início de dezembro e fará atendimento exclusivamente pelo SUS.

“Isso aqui caiu do céu! Pra mim, que faço tratamento em Aracaju, vai representar economia, comodidade e mais segurança, já que não vou mais percorrer quase 1.400 quilômetros para ir e voltar à capital sergipana”, observou Gileno Balduino dos Santos, 70 anos, morador da Irecê que realiza diálise há mais de dois anos. O prefeito Luizinho Sobral elogiou a infraestrutura e, mais uma vez, parabenizou os investidores pela iniciativa e disse que o município de Irecê estará sempre de “braços abertos para acolher empreendimentos que representem avanços na qualidade de vida da população”.

A unidade tem potencial para atender 240 pacientes, capacidade superior ao número de pessoas da região cadastradas na Central de Regulação, que, hoje, são acompanhadas por especialistas em Itaberaba, Feira de Santana, Salvador e até mesmo em Barreiras e Aracaju. Também estiveram presentes no evento familiares e pacientes com problemas renais, secretários municipais e vereadores. 

Fonte: Prefeitura de Irecê

Compartilhar

Prefeitura demite 200 funcionários e alunos ficam sem merenda

Publicado em 28/10/2014 às 15h48

Prefeito de Itacaré diz que demissões não causam prejuízos aos serviços. De acordo com diretora de escola, tem crianças que passam 7h sem comer.

Cerca de 200 funcionários foram demitidos da prefeitura de Itacaré, no sul da Bahia. Por causa dessa situação, alunos da rede municipal de ensino têm sido prejudicados. Segundo o sindicato da categoria, zeladores, merendeiras e auxiliares administrativos tiveram os contratos suspensos sem aviso prévio. A merenda oferecida pelas escolas foi suspensa e crianças que se alimentavam apenas na instituição de ensino, ficam sem comer durante toda a manhã. Em nota, a prefeitura afirmou que as demissões ocorreram devido à queda nas arrecadações do município e os serviços prestados não causaram prejuízos a nenhum setor, inclusive o da educação.

Na Escola Municipal Maria Benjamina da Cruz, há uma semana o lanche não é servido. Despensa e geladeira cheias de alimentos e a cozinha parada por causa da demissão das merendeiras. “Nós recebemos alunos da zona rural e, essas crianças, têm umas até que saem da zona rural cinco horas da manhã e, infelizmente, por falta das merendeiras, esses alunos ficam das 5h até as 11h45 sem se alimentar”, conta a diretora da instituição, Marileuza Palafoz.

A escola é uma das maiores da rede municipal da cidade, onde estudam cerca de 850 alunos no ensino fundamental e à noite tem educação de jovens e adultos. Uma outra escola da cidade também sofre as consequências das demissões dos servidores contratados, que trabalhavam na educação. Apenas uma cozinheira é responsável pela merenda da manhã e da tarde. Ao todo foram demitidos, sem aviso prévio, cerca de 200 zeladores, merendeiras e auxiliares administrativos que tinham sido contratados no início do ano.

Os problemas enfrentados pelas escolas da cidade também são identificados nos distritos e na zona rural. “Fizemos um relatório sobre a situação e viemos à comissão de educação na Câmara, na quarta-feira (22), juntamente com a comissão de educação na Câmara, fizemos visita a todas as escolas da sede e do distrito e vimos que a situação é a mesma”, relata Joselita Santana, presidente da APLB de Itacaré, sindicato dos trabalhadores em educação.

A auxiliar de serviços gerais, Cristiane Pereira, que também trabalha na escola, está preocupada com o filho, que estuda em uma instituição da rede municipal. Ela também trabalha na unidade e revela a situação. “Tem muitas crianças que vêm principalmente para ter seu almoço. A escola não tem uma merenda, então, eu como funcionária procuro ajudar no que eu posso”, afirma.

O prefeito de Itacaré, Jarbas Barbosa, informou que as demissões foram necessárias por causa de uma queda na arrecadação municipal de mais de 7%. Apesar de muitas escolas terem tido a merenda suspensa por causa da falta de merendeiras, o prefeito afirma que as instituições e os alunos não estão sendo prejudicados porque as demissões só ocorreram para cargos com mais de uma pessoa por turno na função.

Fonte: G1 Bahia

Compartilhar

Contribuinte tem até 6ª-feira para quitar IPVA sem multa

Publicado em 28/10/2014 às 15h45

Os contribuintes do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) que não quitaram o tributo em 2014, dentro do prazo previsto pela terminação numeral das placas, têm até esta sexta-feira, 31,  para efetuar o pagamento sem notificação e pagamento de 60% sobre o valor principal do imposto.

Segundo Aline Lessa, gerente de IPVA da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), são cerca de 270 mil veículos ainda estão em condição irregular quanto ao pagamento do imposto.

Ela lembra que o calendário 2014 do IPVA foi encerrado em setembro, com os pagamentos dos veículos de placas finais 9 e 0.

A partir da primeira quinzena do mês de novembro, a Secretaria da Fazenda, conforme previsão legal, vai organizar edital a ser publicado no Diário Oficial do Estado com a relação dos veículos e determinações sobre a emissão da notificação.

Blitz

Aline Lessa negou que as notificações resultem em "blitzes do IPVA". "Esse foi o nome dado pela imprensa quando fiscais da Sefaz participam de ações regulares da Polícia Militar relacionadas ao trânsito", esclarece.

Ela acrescenta que o que permite o motorista a trafegar com um veículo é o pagamento de licenciamento, DPVAT e IPVA.

Se estes impostos e tributos não forem pagos, o proprietário do veículo não recebe a documentação que é solicitada nas blitzes, diz.

Pagamento

A vantagem de pagar o imposto em outubro é pagar apenas s incidência de acréscimo moratório (juros). Quem fizer esta opção deve procurar uma agência ou caixa eletrônico do Bradesco, Banco do Brasil (BB) ou Bancoob, com o número do Renavam.

É possível obter informações sobre o IPVA no site da www.sefaz.ba.gov.br ou através do telefone0800 071 0071.

Para consultar se o veículo está nesta relação, o contribuinte deve acessar o site da Sefaz-BA, canal Inspetoria Eletrônica e usar o número do Renavam.

Em caso de notificação, o pagamento pode ser feito com a impressão do Documento de Arrecadação Estadual (DAE)/Exercícios notificados, canal Inspetoria Eletrônica - IPVA.

Fonte: A Tarde Bahia

 

Compartilhar

Saiba quais são as principais causas de demissões no Brasil

Publicado em 28/10/2014 às 15h31

Especialista revela que problemas pessoais podem acabar comprometendo a produtividade do funcionário

Uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, revelou quais são os principais motivos que levam uma pessoa a ser demitida. De acordo com os recrutadores ouvidos no estudo, a principal razão para para desligar um funcionário é o fraco desempenho no trabalho.

Logo em seguida aparecem problemas relacionados ao comportamento do funcionário e a falta de aderência à cultura da empresa e dificuldades de relacionamento com a equipe. De acordo com Caio Arnaes, gerente sênior da empresa, esses problemas pessoais, mesmo que não estejam associados à capacidade técnica do profissional, acabam comprometendo a produtividade do funcionário. Confira a lista com as razões mais comuns para que empregadores demitam funcionários:

Fonte: iBahia

Compartilhar

Ministério da Educação reconhece 43 cursos superiores

Publicado em 28/10/2014 às 15h27

O Ministério da Educação (MEC) reconheceu, no dia 23/10, 43 cursos superiores de instituições públicas e privadas de vários estados do país. A lista foi publicada no Diário Oficial da União, em portaria da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior, responsável pelo processo de credenciamento. 

Os diplomas emitidos pelas instituições de ensino superior só têm validade se os cursos tiverem o reconhecimento do MEC.

Entre os cursos reconhecidos estão o de engenharia de produção, da Universidade Federal de Goiás; o bacharelado em fisioterapia, da Universidade Federal do Pará; e o de sistemas de internet, da Universidade Federal de Santa Maria (RS).

Também foram reconhecidos cursos de institutos federais de tecnologia (IFTs), como o de enfermagem do IF do Paraná; e o de matemática no IFT do Espírito Santo.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Bahia: Empresa israelense inaugura fábrica de embalagens

Publicado em 28/10/2014 às 15h23
A empresa, criada em 1950 em Israel, emprega atualmente cerca de 800 pessoas em todo o mundo
A empresa, criada em 1950 em Israel, emprega atualmente cerca de 800 pessoas em todo o mundo

A primeira fábrica no Brasil destinada à produção de embalagens plásticas especiais para a colheita de algodão, denominadas Round Module Wrap (RMW), será inaugurada nessa terça-feira (28/10), às 14h, no Centro Industrial do Subaé, em Feira de Santana.

Ela teve um investimento de R$ 40 milhões e vai gerar cerca de 50 empregos diretos. 

A cidade baiana foi escolhida pela empresa israelense Tama Plastic Industry, por sua proximidade com áreas produtoras de algodão e sua localização estratégica, com rodovias federais e estaduais em boas condições, que facilitam a distribuição para outros estados, especialmente Goiás e Mato Grosso.

A Tama Brasil Serviços de Soluções em Embalagens Agrícolas é uma empresa de capital israelense e a nova fábrica contará com tecnologia inovadora, permitindo que o algodão seja enfardado durante a colheita, otimizando o tempo do processo e revolucionando o método tradicional de enfardamento do produto.

A empresa, criada em 1950 em Israel, emprega atualmente cerca de 800 pessoas em todo o mundo. Conta com várias divisões de negócios e fabrica uma grande variedade de produtos, tanto em Israel como no Reino Unido. Possui sete fábricas globalmente localizadas, trabalhando em colaboração com os principais fabricantes de máquinas agrícolas.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Dilma confirma vontade de reforma política na TV Globo

Publicado em 28/10/2014 às 15h07
Dilma confirma vontade de reforma política na TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo
 
A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) defendeu na noite desta segunda-feira (27) a consulta popular como essencial para se implementar a reforma política no País.
 
Em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, Dilma disse ter certeza que essa consulta será possível, pois durante a campanha conversou com diversos setores que contribuíram com formas de se fazer um plebiscito. "O Congresso vai ter sensibilidade para perceber que isso é uma onda que avança", disse sobre a cooperação do Congresso Nacional com essa sua proposta, já que após as manifestações de junho do ano passado não teve apoio maciço dos congressistas para fazer a reforma através de consulta popular. Das medidas para tal reforma, citou a possibilidade de proibir doações de empresas, mantendo apenas doações privadas individuais - proposta que é defendida pelo PT. "Tem várias propostas na mesa, a oposição fala muito em fim da reeleição", afirmou, sobre a pauta que foi defendida por Aécio Neves (PSDB) e por Marina Silva (PSB). 
 
No início da entrevista, Dilma reforçou a mensagem de união que havia colocado no discurso de vitória de ontem. "Nessa eleição, mesmo com visões e posições contraditórias, os brasileiros apresentaram uma visão comum: a busca de um futuro melhor para o Brasil. Essa busca é a grande base para que tenhamos união". Como na entrevista que tinha dado poucos minutos antes à TV Record, Dilma disse que seu segundo mandato será da construção de pontes e do diálogo. Citou também a palavra "mudança" que pautou tanto o discurso da oposição como o dela própria, que usou o slogan "muda mais" durante a campanha. "Temos de ser capazes de garantir as mudanças que o Brasil precisa e exige. Isso fica claro nessas eleições", afirmou. 
 
A presidente disse estar comprometida em assegurar um País mais moderno, inclusivo e produtivo, mensagem que foi repetida por ela no fim da entrevista. Ela voltou também ao discurso de unir os brasileiros após o processo eleitoral, chamando ao "Brasil da solidariedade". "Acredito que, depois de eleição, temos que respeitar todos os brasileiros, os que votaram em mim e os que não votaram em mim; abrir e construir, através do diálogo, as pontes para que possamos juntos fazer com que Brasil tenha um caminho de crescimento, de futuro". Ela também afirmou que o seu governo focará na educação, na cultura, ciência e inovação.
 
No aspecto social, destacou o olhar para a população mais pobre, mulheres, jovens e negros. A presidente reeleita afirmou também que vai "colocar de forma muito clara" todas as medidas que pretende tomar na política econômica de seu segundo mandato, mas disse que levará algum tempo para dar sinalizações e fazer anúncios relativos ao novo governo. "Eu pretendo colocar de forma muito clara quais são as medidas que eu vou tomar. Agora, não é hoje", disse, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo. "(vai ser) Antes do final do ano, a partir desse mês que se inicia na próxima semana", completou. Ela ressaltou que ontem já havia externado que não iria esperar a conclusão do seu primeiro mandato para fazer iniciar todas as ações "no sentido de transformar e melhorar o crescimento da economia", disse. Reforçando que a palavra-chave de seu segundo mandato será "diálogo", Dilma disse que quer conversar com todos os segmentos. "Quero dialogar com setores empresariais, financeiros, com o mercado e fora do mercado. Dilma citou algumas ações para empresários e micro e pequenos empreendedores feitas em seu primeiro mandato, como as desonerações, e disse que disse que vai continuar trabalhando para uma reforma tributária. "Eu tenho a convicção que Brasil precisa de uma reforma tributária. É impossível continuar com a sobreposição tributária e a guerra fiscal", disse.
 
Fonte: Bahia Notícias
Compartilhar

Governo prepara reajuste da gasolina

Publicado em 28/10/2014 às 15h02
Governo prepara reajuste da gasolina
Foto: Agência Brasil
 
O governo espera acalmar o mercado financeiro com o anúncio, em breve, do reajuste dos preços dos combustíveis, informou uma fonte no governo.
 
Em uma só tacada, a ideia é aplacar o mau humor do mercado e atender às necessidades de recomposição de caixa da Petrobras. O Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, apurou, porém, que o reajuste deve ser menor do que vem pedindo a presidente da estatal, Graça Foster, nos últimos meses.
 
O Palácio do Planalto ainda não bateu o martelo sobre quando será o aumento de preço, mas o tema está na pauta da reunião do conselho de administração da companhia. Na manhã seguinte ao resultado das eleições, a Petrobras divulgou dois comunicados positivos aos investidores, mas, ainda assim, as ações se mantiveram em queda durante o dia. As ações preferenciais caíram 12,33% e as ordinárias, 11,34%. Antes da abertura das operações financeiras na BM&FBovespa, foi anunciada a descoberta de petróleo na perfuração do primeiro poço do super campo de Libra, pré-sal da Bacia de Santos, que já estava registrada desde sexta-feira, 24, na Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP). 
 
A produção no pré-sal foi um trunfo usado na campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff, que promete transformar o petróleo em R$ 1,3 trilhão para a educação em 35 anos. Em seguida, a Petrobras comunicou a contratação de duas consultorias para investigar casos de corrupção na empresa, outro tema muito debatido nos últimos meses. Mas nada conteve a queda dos papéis. O reajuste dos combustíveis, que, pela perspectiva do governo, vai melhorar o ânimo do mercado, está na pauta da reunião do conselho de administração da próxima sexta-feira (31). O ministro da Fazenda, Guido Mantega, já disse que aumentos de preços ocorrerão ainda em 2014, seguindo a tradição de conceder ao menos um reajuste a cada ano. Dentro do conselho de administração, no entanto, não há um consenso de que este seja o melhor momento.
 
Fonte: Bahia Notícias
Compartilhar

Homem é executado a tiros dentro do próprio carro em Irecê

Publicado em 20/10/2014 às 09h29

De acordo com pessoas que passavam pelo local, homens em outro carro não identificado pela polícia, teriam efetuado os disparos.

Caio César Santos de Jesus, de 22 anos, foi executado com vários tiros dentro de seu próprio carro, na noite deste domingo (19). O crime ocorreu por volta das 21h30, em frente à Clínica Cardiovida, na Praça Clériston Andrade “Praça do São João”, em Irecê.

 Segundo a polícia, Caio César tinha várias passagens por acusação de tráfico de drogas.

 De acordo com pessoas que passavam pelo local, homens em outro carro não identificado pela polícia, teriam efetuado os disparos.

 O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vitima morreu ainda no local. A polícia está no início das investigações e suspeita de execução. Marcas de tiros ficaram estampadas por todo o veículo.

 Peitos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) estiveram no local e conduziram o corpo de Caio César ao Instituto Médico Legal de Irecê. Os autores do assassinato não foram identificados e fugiram tomando destino iginorado. 

Fonte: Rádio Caraíbas

 

Compartilhar

Arimo fwB normalcase tsN|bsd left uppercase b03s|Arimo left show fwR bsd b03s normalcase|||image-wrap|login news bsd fwB b01 c05 sbse|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login fwR||b01 c05 bsd|content-inner||