Notícias

iOS e Windows Phone: saiba como silenciar grupos no WhatsApp

Publicado em 24/04/2015 às 09h12

Processo é similar tanto no Android como no iOS e no Windows Phone
Processo é similar tanto no Android como no iOS e no Windows Phone

Muitas pessoas se sentem incomodadas com o grande número de mensagens que chegam por grupos no WhatsApp. É aí que o silenciador do aplicativo se mostra extremamente útil.

Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, envie um e-mail parauoltecnologia@uol.com.br, que ela pode ser respondida.

UOL Tecnologia já ensinou o processo de como silenciar grupos em smartphones Android (http://zip.net/bsq40L). Os passos para ativar a função em outros sistemas operacionais são bem parecidos.

A configuração permite que as notificações não apareçam por um determinado período de tempo (oito horas, uma semana, um ano). Apesar disso, elas podem ser lidas normalmente quando o usuário acessa o aplicativo.

Para silenciar as notificações de um grupo no WhatsApp, siga os passos abaixo. O tutorial foi realizado em um smartphone com sistema iOS 8.3, mas é idêntico em dispositivos Windows Phone.

 

Silenciar grupos no WhatsApp

 

 

 
Compartilhar

Dupla apontada como especialista em explosão de bancos é presa

Publicado em 24/04/2015 às 09h10
Dupla foi presa suspeita de violar bancos na Bahia (Foto: Divulgação / Polícia Civil )
Dupla foi presa suspeita de violar bancos na Bahia (Foto: Divulgação / Polícia Civil )
 

Dois homens apontados como especialistas em explosões de terminais bancários foram presos na localidade de Manguinhos, na Ilha de Itaparica, na Bahia. De acordo com a polícia, com a prisão dos suspeitos, que têm 28 e 31 anos, foram identificados 26 integrantes de uma quadrilha responsável por 14 arrombamentos em unidades bancárias de Salvador, região metropolitana e interior do estado.

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) afirma que os homens presos eram foragidos do município deMonte Santo e realizavam o preparo do explosivo para detonação sem destruir o dinheiro. Eles foram detidos no dia 27 de março, mas somente apresentados pela polícia nesta quinta-feira (23).

Com os suspeitos foram apreendidos três artefatos explosivos prontos para uso, quatro coletes antibalísticos, munições de calibres 38 e 44 e uma máscara. De acordo com a polícia, dos 26 criminosos identificados com a prisão da dupla, sete são naturais de São Paulo e se responsabilizam pela aquisição e manuseio de armas longas. O restante se divide em grupos que cuidam da locação ou roubo e condução dos veículos, do levantamento dos alvos e rotas de fuga, entre outras ações.

Outros três homens suspeitos de integrarem a quadrilha foram presos entre fevereiro e março deste ano. Segundo o delegado Jorge Figueiredo, diretor do Draco, as ordens para executar os arrombamentos vêm do Presídio Salvador.

A polícia afirma que o grupo já agiu nas cidades de Santa Terezinha, Governador Mangabeira,Feira de Santana, Lauro de Freitas,Presidente Tancredo Neves, Crisópolis, Acajutiba, Sátiro Dias, Itatim e São Gonçalo dos Campos, além do Litoral Norte, nas localidades de Imbassaí e Porto de Sauípe, e nos bairros de Caminho de Areia e Stella Maris, em Salvador.

Fonte: G1 Bahia

Compartilhar

Salvador: Caminhão dos bombeiros cai em córrego e deixa feridos

Publicado em 24/04/2015 às 09h08
  • Caminhão do Corpo de Bombeiros cai em córrego na avenida Paralela

Um caminhão do Corpo de Bombeiros caiu em um córrego da avenida Paralela, na madrugada desta sexta-feira, 24, por volta de 4 horas.

De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), a viatura seguia na Paralela, sentido Pituaçu, para atender uma ocorrência, quando o motorista perdeu o controle do veículo e tombou no córrego próximo à entrada do Imbuí. De acordo com os bombeiros, o condutor da viatura disse que foi fechado por outro carro.

O acidente deixou feridos com lesões leves, mas não há informações sobre o número exato de vítimas.

Fonte: A Tarde Bahia

Compartilhar

Aumento nas contas de energia já está valendo na Bahia

Publicado em 24/04/2015 às 09h06

Começou a valer dia 22/04, o aumento médio de 11,43% nas contas de luz que foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para clientes da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). A decisão da Aneel foi divulgada na terça-feira (14). A distribuidora atende a 5,5 milhões de unidades consumidoras na Bahia.

Para a baixa tensão (residências e comércio), a alta média será de 10,45%. Para a alta tensão (indústria), será de 13,34%, também na média. Os índices aprovados pela Aneel funcionam como um teto, ou seja, o limite para o reajuste que a distribuidora pode aplicar. A empresa tem autonomia para repassar aos consumidores um percentual menor.

Todos os anos, as distribuidoras passam por um processo de reajuste de suas tarifas, que pode levar a aumento ou queda dependendo do que for apurado pela Aneel. Em 2015, porém, a agência vem autorizando reajustes altos devido ao encarecimento da energia no país nos últimos meses, provocado pela queda no nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país e o uso mais intenso de termelétricas (usinas que geram eletricidade pela queima de combustíveis como óleo e gás).

O ajuste fiscal feito pelo governo Dilma Rousseff com o objetivo de reequilibrar suas contas também contribui para os aumentos mais fortes nas contas de luz em 2015. Isso porque o governo decidiu repassar aos consumidores todos os custos com os programas e ações no setor elétrico, entre eles o subsídio à conta de luz de famílias de baixa renda e o pagamento de indenizações a empresas. Em anos anteriores, o Tesouro assumiu parte dessa fatura, o que contribuiu para alivias as altas nas tarifas.

Mesmo assim, para os consumidores do Nordeste e do Norte do país a conta de luz vai subir menos em 2015. Isso porque a lei prevê que a maior parte dos custos seja bancado pelos consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. As distribuidoras não lucram com a revenda de energia fornecida pelos geradores (usinas), mas sim com o serviço de levá-la até os consumidores.

Fonte: Tribuna da Baha

Compartilhar

Preço deve ser arredondado para baixo em caso de falta de troco

Publicado em 24/04/2015 às 09h03

 Preço deve ser arredondado para baixo em caso de falta de troco, diz Proteste

Se o comerciante não tiver troco para devolver ao cliente, o valor da compra deve ser arredondado para baixo. A informação é da Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), que afirmou ainda ser direito do cliente exigir o troco e é obrigação do vendedor fornecê-lo. "Vemos muito preços quebrados que são na verdade um apelo de marketing. Mas é responsabilidade do comerciante providenciar dinheiro em quantias pequenas para suprir essa necessidade", explica a coordenadora institucional da Proteste, Maria Inês Dolci. De acordo com Maria Inês, oferecer balas como troco é proibido e pode até ser considerado venda casada, que é uma prática ilegal. Caso tiver o troco negado, o comprador pode anotar o nome da loja, a data, explicar que o vendedor não devolveu o dinheiro e, depois, procurar um órgão de Defesa do Consumidor.

Fonte: Bahia Notícas

Compartilhar

Fraude: 502 pessoas declararam a mesma empregada no IR

Publicado em 17/04/2015 às 17h29

A Receita Federal espera recuperar até R$ 7 bilhões de pessoas físicas que fraudaram o Imposto de Renda em declarações feitas principalmente no ano passado.

Entre os “casos pitorescos” de despesas inexistentes destacados pela Receita, está o de 502 pessoas que declararam pagar contribuição patronal para uma mesma empregada doméstica.

O Fisco já intimou 80 mil contribuintes entre março e abril e até o fim deste ano espera autuar 280 mil pessoas que sonegaram imposto.

No ano passado, a Receita autuou 350 mil contribuintes, recuperando R$ 6,7 bilhões em tributos devidos.

De acordo com o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung, o perfil mais visado pela fiscalização da Receita é de profissionais liberais –médicos, advogados, entre outros–, que omitiram rendimentos, além de empresários.

A maior parte dos investigados não caiu na malha fina em anos anteriores. Por meio de um cruzamento posterior e mais refinado de dados, o Fisco detectou inconsistências, como dinheiro no exterior, venda de imóveis, operações relevantes na Bolsa – todas essas ações não declaradas.

Operações

Segundo Jung, declaração de pensões alimentícias falsas para abatimento na declaração foi uma das fraudes mais comuns detectadas pela Receita neste ano.

Há indícios de que cerca de 25 mil declarações forjaram pensões, uma sonegação total de R$ 375,4 milhões. O combate a esse tipo de fraude suscitou até uma operação especial, batizada de “Filhos do Vento”, concentrada principalmente no Distrito Federal.

Houve casos de escritórios de contabilidade em que 100% dos seus clientes deduziram do imposto a pensão alimentícia, sendo que a fatia dos contribuintes que declaram à Receita pagar pensão é de 6,5%.

Rigor

Jung frisou que a Receita conta com métodos cada vez mais modernos de fiscalização e cruzamento de dados, o que tem ampliado a capacidade de identificar fraudes.

Por meio do laboratório de lavagem de dinheiro, em parceria com a Polícia Federal, é possível identificar de que computador a declaração está sendo transmitida, o que facilita a fiscalização de escritórios de contabilidade.

A multa aplicada ao contribuinte que tiver a fraude comprovada é de 150% sobre o imposto devido. Quando o contribuinte tenta atrapalhar a fiscalização, a multa pode chegar a 225%, e ele ainda pode ser responsabilizado criminalmente.

Quem for autuado pela Receita pode recorrer da decisão nas delegacias da Receita. Se a decisão for mantida, pode apelar ao Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) e, depois, ainda recorrer judicialmente.

Por isso, não há previsão de quando os créditos gerados a partir das autuações entram nos cofres do governo.

A Receita reforça o pedido para que os contribuintes tenham cuidado com as informações prestadas em suas declarações e que, caso tomem nota de alguma inconsistência, façam a autorregularização, o que evita o pagamento de multa.

O prazo para a declaração do Imposto de Renda 2015 vai até 30 de abril. São esperadas 27,5 milhões de declarações. Até agora, cerca de 12 milhões apresentaram o documento.

Fonte: Gazeta do Povo

Compartilhar

BC lança 2º lote de moedas comemorativas dos Jogos de 2016

Publicado em 17/04/2015 às 17h26

O Banco Central (BC) lançou nesta sexta-feira (17) o segundo lote de moedas comemorativas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016, que serão disputados no Rio de Janeiro. O primeiro conjunto de moedas foi lançado em novembro do ano passado. Ao todo, 36 moedas serão lançadas até o ano que vem. A série apresentada nesta sexta-feira inclui uma moeda de ouro, quatro de prata e quatro comuns.

Moedas BC

Moeda de ouro homenageia o Cristo Redentor, um dos principais cartões postais do Rio
(Foto: Divulgação/Banco Central)

 

A moeda de ouro homenageia o Cristo Redentor, cartão postal do Rio, e também a modalidade olímpica salto com vara. As moedas de prata trazem paisagens conhecidas, onde os cariocas costumam praticar esportes, como a Lagoa Rodrigo de Freitas e a orla de Copacabana. Nelas, estão representadas as modalidades remo, corrida, ciclismo e vôlei de praia. O verso das moedas traz, ainda, aspectos da cultura e da natureza do Rio de Janeiro e do país.

O valor de face da moeda de ouro é R$ 10, e seu preço para venda, R$ 1.180. As moedas de prata têm valor de face é R$ 5 e de R$ 195 para venda. As moedas poderão ser adquiridas no site do Banco do Brasil, por meio de boleto bancário ou débito em conta. Os exemplares também estarão à venda em algumas agências da instituição, listadas na página do Banco Central na internet.

Quanto às moedas comuns, com valor de face de R$ 1, entrarão em circulação pela rede bancária. Uma parte será vendida em embalagens especiais para coleção, ao valor de R$ 13 por cartela. O lote representa os esportes em modalidades olímpicas e paralímpicas. Os modelos basquetebol e vela fazem alusão a dois dos esportes nos quais o Brasil mais conquistou medalhas. Já os modelos rugby e para canoagem fazem referência a esportes que passarão a fazer parte dos jogos a partir de 2016.

Fonte: Correio

 
Compartilhar

Orgãos públicos municipais não funcionarão no dia 20 de abril

Publicado em 17/04/2015 às 17h22
Orgos-pblicos-municipais-no-funcionaro-no-dia-20-de-abril

De acordo com Decreto 237/2015, assinado pelo prefeito Luiz Pimentel Sobral,  fica suspenso o expediente nas repartições públicas municipais no dia 20 de abril. Ainda segundo o Decreto, os servidores deverão compensar as horas não trabalhadas, à razão de uma hora diária, a partir do dia 27 de abril de 2015, observada a jornada de trabalho a que estiverem sujeitos.
As repartições públicas que prestam serviços essenciais e de interesse público, que tenham funcionamento ininterrupto, terão expediente normal no dia mencionado.

Fonte: Prefeitura de Irecê

Compartilhar

Só este ano, 71 ataques a caixas eletrônicos foram registrados

Publicado em 17/04/2015 às 17h19

Somente este ano, de janeiro até ontem (16), 71 caixas eletrônicos foram atacados na Bahia, de os dados do Sindicato dos Bancários do Estado da Bahia, em explosões, tentativas frustradas, oito arrombamentos e cinco assaltos. Na madrugada desta quinta-feira (16), bandidos fortemente armados explodiram e roubaram os dois bancos da cidade de Tanque Novo, no Sudoeste baiano. As agências do Banco do Brasil e do Bradesco, que ficam próximas, foram completamente explodidas.

Numa outra ação, os caixas de uma agência da Caixa Econômica Federal, localizada na Avenida Luiz Tarquínio, em Lauro de Freitas, também foram explodidos por ladrões que, segundo a Polícia formavam um grupo fortemente armados, que chegaram ao local por volta das 3h10, a bordo de dois veículos, sendo um, Corsa prata, placa não anotada.

Além da falta de segurança, que tem causado estresses e protestos dos funcionários dessas agências, nos municípios do interior do Estado, principalmente, onde  têm ocorrido os assaltos com destruição dos caixas eletrônicos e até mesmo agências bancárias, a população fica prejudicada por vários dias, com a falta de serviços bancários, tendo que se dirigiram a cidades muitas vezes distantes dezenas de quilômetros.

Bancários
“O que percebemos é que não há o menor interesse dos bancos em cuidar da segurança dos seus funcionários e tampouco do seus próprios clientes. Eles lucraram mais de R$ 70 bilhões em 2014 e não investem sequer na colocação de vigilantes à noite e nos fins de semana, o que já inibiria um pouco a ação dos bandidos”. A declaração, em tom de desabafo, foi feita ontem à Tribuna por Francisco André da Rocha Vieira, um dos diretores da Federação dos Bancários na Bahia.

Segundo ele, já foram realizadas diversas reuniões com os departamentos de segurança dos bancos, inclusive com a presença da Secretaria de Segurança Pública, mas não houve qualquer compromisso da parte dos bancos em investir na segurança.

Um dos resultados deste clima de insegurança, segundo afirma Francisco André, é um índice cada vez maior de doenças bio-psíquicas entre os bancários. O diretor da Federação dos Bancários afirma ainda que os bancos, “para se eximirem da sua responsabilidade, colocam a questão com se ela fosse meramente de segurança pública, e não é assim.”

69 ATAQUES
Até a última quarta-feira (15), de acordo com dados do Sindicato dos Bancários do Estado da Bahia, somente este ano ocorreram 69 ataques a bancos na Bahia, sendo 42 explosões, 14 tentativas frustradas, oito arrombamentos e cinco assaltos. A situação tem levado à desativação cada vez maior de caixas eletrônicos em postos de combustíveis e outros comércios.

O conhecido e “chique” Posto Namorado, na Pituba, por exemplo, retirou os três caixas que tinha, deixando seus clientes completamente frustrados pela falta dos equipamentos, que pertenciam a vários bancos. No posto BR do Barbalho, o caixa eletrônico do Bradesco foi retirado e permanece apenas um do Banco 24 Horas, mas que está “fora de serviço” há cerca de quatro meses, embora a gerência do local garanta que ele voltará a funcionar. A empresa responsável pelos caixas 24 Horas, a PecBan, ouvida pela Tribuna em sua sede, em São Paulo, preferiu “não se manifestar sobre o assunto.”

 Quanto à Secretaria de Segurança Pública, a assessoria informou apenas que que foi criado recentemente o Draco - Departamento de Repressão ao Crime Organizado, englobando tráfico de drogas, assaltos a banco e crimes contra o erário. O Draco surgiu após a extinção do Garcif (Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras), Denarc (Departamento de Narcóticos) e  Delegacia de Crimes contra Instituições Financeiras. Agora, esses setores funcionam como coordenadorias do Draco.

Febraban diz ter uma “extrema preocupação”

Consultada pela reportagem, a Febraban, através da sua sede em São Paulo, disse não ter dados sobre a desativação de caixas eletrônicos no País, e disse que a entidade e seus bancos associados “vêm acompanhando com extrema preocupação os ataques a caixas eletrônicos em todo o País. Os prejuízos decorrentes das explosões afetam a todos igualmente. A população que recorre aos 159 mil equipamentos para acessar os serviços financeiros, realizar pagamentos e ainda efetuar saques, tanto no horário do expediente bancário como além desse período até às 22h dentro das agências e 24h para os caixas instalados em locais de grande circulação. Afetam também as instituições financeiras que precisam reformar o local onde ocorreu a explosão, e repor os equipamentos danificados, sem reaproveitamento de peças ou maquinário.”

Esclarece ainda a Febraban que, além dos investimentos – cerca de R$ 9 bilhões anualmente -, “os bancos adotaram ao longo de uma década uma série de medidas preventivas para contribuir com a redução dos assaltos. Instalaram cofres com dispositivo de tempo, circuitos fechados de televisão - CFTV, sistemas de detecção e de monitoramento, alarme etc. Os bancos também reduziram o volume de dinheiro disponível nas agências e incentivam a população a usar os canais eletrônicos para realizar operações bancárias.” De acordo com a federação, o resultado desses investimentos “tem se refletido na queda no número de assaltos. Em 2014, houve 395 assaltos a bancos em todo o País, ante 449 de 2013. Em 2000, foram 1.903 assaltos e tentativas de assaltos. “

Finalizando, a Febraban, diz que os dispositivos de segurança instalados nos terminais de autoatendimento como aqueles que danificam as cédulas, “se constituem em uma das frentes de combate aos ataques a caixas eletrônicos, mas são insuficientes para desestimular os ataques criminosos a caixas automáticos.

Os bancos investem constantemente em tecnologia e outras formas para aperfeiçoar seus mecanismos de segurança” e informa que mantém reuniões com órgãos das Polícias Civil, Militar e Federal e do Exército para a identificação e prisão dos arrombadores. “Somente com ações policiais coordenadas, esse tipo de crise poderá ser combatido. Os bancos contribuem com propostas de novos padrões de proteção, muitos deles resultantes dos trabalhos desenvolvidos na Comissão de Segurança Bancária da FEBRABAN, da qual participam representantes das principais instituições financeiras do País.

Por meio dessa comissão, que realiza intensos estudos e debates, várias iniciativas de caráter preventivo são e foram adotadas”, conclui.

Fonte: Tribuna Bahia

Compartilhar

Agricultor colhe mandioca gigante em Bom Jesus da Serra

Publicado em 17/04/2015 às 17h14
 

Na Fazenda Lagoa de Baixo – Região de Lagoa Danta – Zona Rural de Bom Jesus da Serra-BA, um fato curioso surpreendeu a todos os moradores. O agricultor Menez Moreira do Carmo – Popular Neide – colheu uma mandioca medindo 1,49m (um metro e quarenta e nove centímetros).

A maniva que gerou o tubérculo que pesou 19  kg, foi plantada em janeiro de 2014 e está com um ano e três meses, não recebeu nenhum tratamento especial sendo regado apenas com as águas da poucas chuvas que caíram na região.

O mesmo foi dividido para seis famílias e foi degustado no café da manhã desta sexta (17.04).

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Grupo invade cidade, dispara tiros e explode 2 bancos na BA

Publicado em 16/04/2015 às 08h48

 

Teto da agência do Banco do Brasil ficou destruído com a explosão provocada pelos assaltantes em Tanque Novo  (Foto: João Carlos/ CulturalFm)Teto da agência do Banco do Brasil ficou destruído com a explosão provocada pelos assaltantes em Tanque Novo (Foto: João Carlos/ CulturalFm)

Um grupo formado por cerca de 20 homens explodiu dois bancos na madrugada desta quinta-feira (16), na cidade de Tanque Novo, a cerca de 684 quilômetros de Salvador. De acordo com a polícia, os homens invadiram a cidade atirando para o alto e causaram terror. Ninguém ficou ferido.

Ainda segundo a polícia, os suspeitos levaram o dinheiro dos cofres das agências do Bradesco e Banco do Brasil, além dos caixas eletrônicos de um deles. Um carro utilizado pelos assaltantes na ação foi queimado perto do município.

Por conta da situação, os moradores da cidade ficarão sem agência e vão precisar ir para as cidades de Caetité, a cerca de 75 quilômetros de Tanque Novo, e Guanambi, a 110 quilômetros, para ter acesso a serviços bancários. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Agência do Bradesco também foi explodida na cidade de Tanque Novo. (Foto: João Carlos/ CulturalFm)Agência do Bradesco também foi explodida na cidade de Tanque Novo. (Foto: João Carlos/ CulturalFm)
Cofres das agências foram abertos e caixas explodidos em Tanque Novo, diz polícia.  (Foto: João Carlos/ CulturalFm)Cofres das agências foram abertos e caixas explodidos em Tanque Novo, diz polícia. (Foto: João Carlos/ CulturalFm)
  •  
Computadores e objetos ficaram espalhados na agência. (Foto: João Carlos/ CulturalFm)Computadores e objetos ficaram espalhados na agência. (Foto: João Carlos/ CulturalFm)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte G1 Bahia
 
Compartilhar

Banco Central indica que o país voltou a crescer em fevereiro

Publicado em 16/04/2015 às 08h18

A atividade econômica registra expansão de 0,36% em fevereiro ante a janeiro, quando o Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br) apresentou queda de 0,11% na comparação com o mês anterior. Pelo levantamento, o índice subiu de 145,50 pontos para 146,03 pontos. Os dados estão dessazonalizados. Isso significa que já estão descontados os impactos que diversos fatores têm sobre a economia em determinadas épocas do ano.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.

Os números do índice são uma análise do BC sobre o crescimento, mas no Brasil quem divulga o PIB (a soma de todos os bens e riquezas de um país) é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Ligações em orelhões da Oi serão gratuitas na Bahia e 14 estado

Publicado em 16/04/2015 às 08h14

Decisão vale enquanto operadora não atingir patamar mínimo de disponibilidade nos estados em questão

As ligações locais feitas para telefones fixos em orelhões da Oi na Bahia e outros 14 estados não poderão mais ser cobradas a partir da quarta-feira (15). A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) depois que a operadora não atingiu o patamar mínimo de disponibilidade nestes estados, segundo a agência. 

Além de Bahia, a decisão vale para Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe.

A Oi informou que vai cumprir a determinação. "A medida é temporária e permanecerá em vigor até que os patamares de disponibilidade de orelhões nestes estados estejam nos níveis indicados pela Anatel", diz a empresa.

A disponibilidade da planta de orelhões deve ser no mínimo de 90% em todas as Unidades da Federação e no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões. A medição feita pela Anatel em 31 de março descobriu que a Anatel não atingiu este patamar.

Fonte: Correio

Compartilhar

PM apreende 1t de dinamite na BA-416; carga foi oculta com cal

Publicado em 16/04/2015 às 08h09
Valente: PM apreende 1t de dinamite na BA-416; carga foi ocultada com cal
Foto: Calila Notícias
 
Após denúncia anônima, a Polícia Militar de Valente, no nordeste baiano, localizou uma grande quantidade de dinamite na BA-416, próximo ao município de São Domingos, na altura da antiga fábrica da Via Uno. A carga de explosivos, que segundo informações do site Calila Notícias pesava cerca de 1 tonelada, estava oculta por cal em um caminhão, em uma caminhonete Hilux e em um carro de passeio.
 

Os responsáveis pelos veículos não apresentaram nota fiscal referente ao material e foram presos pela equipe. Ainda de acordo com o Calila Notícias, parte da carga estava sendo levada para o município de Nordestina, também no nordeste do estado, e o restante estava destinado ao estado do Pará. A PM informou que mesmo que fosse apresentada a nota fiscal, é proibido o transporte de explosivos misturado a outros materiais.
 
Fonte Bahia Notícias
Compartilhar

Informações sobre desaparecidos BA podem ser relatadas via app

Publicado em 15/04/2015 às 09h52

Informações sobre o possível paradeiro de pessoas desaparecidas podem agora ser relatadas à Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP) pelo aplicativo WhatsApp da unidade policial. O número de telefone é (71) 8643-4007. A novidade foi divulgada pela Polícia Civil, através da assessoria de comunicação.

De acordo com a polícia, os cidadãos podem mandar as informações e também imagens via aplicativo. Uma página no Facebook, além do Disque Denúncia (71 3235-0000, na capital, ou 181, no interior), também servem de canais de comunicação. Os dados passsam por filtragem pela equipe responsável por monitorar as informações.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) mantém ainda o aplicativo SIPP, também um canal de denúncia, mas com foco na busca pelos criminosos mais procurado do estado.

No caso de registro de desaparecidos, um parente deve comparecer à sede da DPP, que fica no prédio do DHPP, na Pituba, para fornecer os dados necessários para a identificação da pessoa. Um boletim de ocorrência é registrado e, então, a delegacia emite uma ordem de missão para o serviço de investigação. Depois disso, informa a polícia, as equipes iniciam diligências em busca do desaparecido. No interior do estado, a denúncia deve ser feitas nas delegacias territoriais.

Compartilhar

Conta de energia na Bahia terá novo reajuste este mês

Publicado em 15/04/2015 às 09h49

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira, 14, um reajuste médio de 11,43% nas tarifas da Coelba. Para alta tensão, haverá de um aumento de 13,34%, enquanto para baixa tensão a elevação será de 10,45%. O aumento entra em vigor no dia 22.

As contas de luz dos cerca de 5,5 milhões consumidores da Coelba já haviam ficado em média 5,4% mais caras em 2015, devido à revisão extraordinária aprovada pela Aneel no fim de fevereiro para todo o setor de distribuição.

Em nota a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) informou que os reajustes tarifários anuais estão previstos no contrato de concessão das distribuidoras. São mecanismos de correção monetária e também de atualização dos custos não gerenciáveis pelas distribuidoras como os referentes a compra da energia junto aos geradores, custos de transmissão e encargos setoriais.

A Companhia esclarece também que além dos valores de tarifas fixados pela ANEEL, são cobrados na conta de energia, ainda, os impostos (ICMS, PIS e COFINS) e as Bandeiras Tarifárias. Informa que de acordo com a administração municipal, também é cobrada na conta de energia a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), tributo repassado pela Coelba diretamente para as prefeituras municipais, que são as responsáveis pelos serviços de projeto, implantação, expansão, operação e manutenção das instalações de iluminação pública.

A Coelba diz que os encargos setoriais e impostos continuam tendo uma grande participação nos custos da tarifa de energia elétrica, representando 38,6% da mesma e que as despesas com a compra e transmissão de energia respondem por 35,0%. Informa também que cabe à Coelba os 26,4% restantes para cobrir os custos de operação, manutenção, administração do serviço e investimentos. Segundo a Companhia, para uma conta de R$ 100,00, por exemplo, apenas R$ 26,40 que em média fica com a Coelba para operar e expandir todo o sistema elétrico no estado.

Fonte: A Tarde

Compartilhar

Divulgada a lista dos contemplados do Residencial Vida Bela

Publicado em 15/04/2015 às 09h47
Divulgada-a-lista-dos-contemplados-do-Residencial-Vida-Bela
 
 

A Secretaria municipal de Assistência Social acaba de divulgar a lista com as 500 famílias contempladas no Residencial Vida Bela, através do Programa Minha Casa, Minha Vida, realizado pelo Governo Federal em parceria com a Prefeitura de Irecê. A relação que traz os nomes dos contemplados está disponível na sede da Secretaria de Assistência Social, na Rua Lafayete Coutinho, 235; no PETI, rua Mandacarú, 144, bairro Novo Horizonte;  no CRAS, rua Piritiba, 153, bairro Fundação Bradesco e no CREAS, rua Rio Taquari, bairro Recanto das Árvores. 

Fonte: Prefeitura de Irecê


"Estamos realizando  o sonho de mais 500 famílias", destacou o prefeito Luizinho Sobral, que  fez questão de parabenizar os selecionados e reiterou o compromisso do governo municipal com a redução do déficit habitacional em Irecê. “Em pouco mais de 2 anos de gestão já construímos em parceria com o governo federal, 1.196 casas populares. É um grande avanço para nossa cidade, e vamos continuar batalhando para conseguir ainda mais", observou o gestor.
O complexo habitacional conta com praça, estacionamentos, quadra poliesportiva com arquibancada, centro comunitário, além de ser 100% pavimentado.  As casas contam com sala, cozinha, 2 quartos, banheiro, aquecedor solar e área de serviço, além de um acabamento impecável.

Compartilhar

Remédio importado pelo SUS será fabricado pela Bahiafarma

Publicado em 15/04/2015 às 09h45
Foto: Carol Garcia
A Bahiafarma vai produzir o remédio cabergolina
A Bahiafarma vai produzir o remédio cabergolina
 

A diretora-geral da Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma), Julieta Palmeira, assinou contrato com o Ministério da Saúde, em Brasília, para fornecer o medicamento cabergolina 0,5 mg ao Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de 30 de abril deste ano.

O fornecimento é destinado aos 26 estados e o Distrito Federal e envolve mais de dois milhões de comprimidos somente em 2015. 

Até o momento importado, o medicamento é resultado da parceria de desenvolvimento produtivo entre a Bahiafarma, que detém o registro do remédio na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e a indústria farmacêutica brasileira Cristália, que adquiriu a tecnologia fora do País e está em fase avançada de incorporação pela Bahiafarma.

O fornecimento ao SUS da cabergolina beneficia pessoas com acromegalia, alteração hormonal que promove crescimento de nariz e orelhas, e quem sofre distúrbios hormonais relacionados à prolactina, que afetam o mecanismo do leite materno. 

Segundo a diretora da Bahiafarma, a cabergolina é o primeiro medicamento da Bahiafarma a ser adquirido pelo Ministério da Saúde em compra centralizada e a ser distribuído ao Sistema Único de Saúde de todo o País. "É uma conquista do Governo da Bahia e um orgulho poder contribuir para a incorporação desse medicamento pelo SUS”. 

A cabergolina 0,5 mg está sendo adquirida pela metade do preço - por ser produzido no Brasil - representando economia para o País e permitindo que mais recursos sejam utilizados para ampliar o acesso a outros medicamentos e para atenção à saúde da população.

O medicamento será enviado às secretarias de Saúde, que vão distribuir para a população. 

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Governo Dilma gastou R$ 9,12 milhões com cartões corporativos

Publicado em 15/04/2015 às 09h42
Governo Dilma gastou R$ 9,12 milhões com cartões corporativos em três meses
Foto: Reprodução / Diário do Poder
 
O gasto com cartões corporativos no governo Dilma Rousseff (PT) chegou a R$ 9,12 milhões nos três primeiros meses de 2015. De acordo com o Diário do Poder, a Presidência da República gastou R$ 2,8 milhões, dos quais 90% são sigilosos, sob a desculpa de "garantia da segurança da sociedade e do Estado". A Abin gastou R$ 1,14 milhão em segredo. Os Ministérios da Justiça (com a Polícia Federal) e do Planejamento (com IBGE) gastaram R$ 1,9 milhão e R$ 1,3 milhão, respectivamente. O gabinete do articulador-geral do governo, Michel Temer (PMDB), gastou R$ 130 mil de janeiro a março. Os mais de R$ 9 milhões gastos pelo governo em 2015 representam despesas de apenas 24 dos 39 ministérios do governo Dilma.
 
Fonte: Bahia Noticias
Compartilhar

Gasolina custará R$ 3,70 a partir de 1º de abril

Publicado em 22/02/2015 às 00h36

A gasolina deve subir de preço novamente. Dessa vez o valor deverá ultrapassar os R$ 3,70 a valer a partir do dia 1 de abril. Esse é o segundo aumento do ano, o primeiro aconteceu em fevereiro, quando o valor do combustivel chegou a R$ 3,50 por conta de impostos federais. Dessa vez, o motivo será a elevação de 10% do ICMS, imposto estadual. 

“Teremos um aumento na carga tributari, o que aumenta o valor de compra dos empresários,  logo, eles vão vender mais caro e esse valor será repassado aos consumidores,” contou o presidente do sindcombustíveis, José Augusto Costa.

A Bahia tem a gasolina mais cara do nordeste.”O nosso problema hoje é a carga tributaria, por isso em outros estados se acha mais barato. É por que lá se compra gasolina de R$ 2,50 e aqui de R$3,0, por isso o repasse é maior,” explicou Costa.
Por conta do aumento, um grupo de ativistas providencia uma manifestação pedindo a baixo do preço da gasolina em Salvador. No dia 24 de fevereiro, às 20h, dezenas de motoristas vão se encontrar no Hiper Bompreço, na Avenida ACM e de lá, seguirão para o Posto Escola. A ideia é juntar o maior número de veículos possíveis e, todos juntos, abastecerem apenas R$ 0,50 como forma de indignação pelo preço, considerado abusivo.

A manifestação pacífica tem o objetivo de chamar a atenção da população para o alto preço do combustível na capital baiana, é um dos mais caros do país. “Chega a ser surreal o valor que a gente paga por litro, a depender do posto e da forma de pagamento, o litro pode ultrapassar a casa dos R$ 4. Pior é que essa alta não atinge apenas quem tem carro, mas a todos nós baianos”, reclama Rafael Fabrício de Almeida, um dos organizadores da manifestação.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Arimo fwB normalcase tsN|bsd left uppercase b03s|Arimo left show fwR bsd b03s normalcase|||image-wrap|login news bsd fwB b01 c05 sbse|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login fwR||b01 c05 bsd|content-inner||