Notícias

2ª parcela 13º salário para aposentados começa ser depositada

Publicado em 25/11/2014 às 08h15

A segunda parcela do 13º salário para os segurados da Previdência Social começa a ser paga na próxima segunda-feira (24), informou o Ministério da Previdência Social na quinta-feira (20).

O pagamento ocorre juntamente com os depósitos dos benefícios referentes à folha de novembro e segue até o dia 5 de dezembro. Ao todo; 27,6 milhões de benefícios terão direito ao 13º salário. Serão investidos R$ 14,4 bilhões nesta parcela da gratificação natalina.

Os depósitos começam nesta segunda-feira (24) para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito.

Os segurados que recebem acima do mínimo terão seus benefícios creditados, a partir do dia 1º de dezembro. A Previdência Social ressalta que o valor a ser depositado sofrerá desconto de Imposto de Renda (IR). 

O contracheque pode ser acessado na Agência Eletrônica, situada na página da Previdência Social na internet, ou nos terminais de autoatendimento do banco em que o segurado recebe o benefício, a partir do dia 24 de novembro.

A folha de novembro vai pagar mais de 32 milhões de benefícios em um investimento de R$ 29,6 bilhões. O valor total da folha, considerando o pagamento da gratificação natalina ultrapassa R$ 44 bilhões.

A diferença entre a quantidade de benefícios da folha e o número de benefícios da gratificação ocorre porque nem todos os segurados têm direito a receber o 13º.

Por lei, os segurados que recebem benefícios assistenciais (LOAS) não recebem a gratificação, o que corresponde a cerca de 4,2 milhões de benefícios. 

Aposentados e pensionistas, em sua maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Os segurados que estão em auxílio-doença também recebem uma parcela menor que os 50%. Como esse benefício é temporário, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Bahia é 4º maior produtor de abacaxi do País

Publicado em 25/11/2014 às 08h01

Foto: Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE
(A Bahia atingiu a produção de 140 milhões de frutos de abacaxi, em uma área de 5.841 hectares)

Pátria do abacaxi (do tupi iuaka'ti , fruta cheirosa) ou ananas, palavra do tupi guarani que significa fruta excelente, o Brasil sempre foi um dos maiores produtores mundiais, disputando desde a década de 1990, a liderança global com a Tailândia.

A produção é mais expressiva na região Nordeste, com destaque para Paraíba e Bahia, respectivamente primeiro e quarto maiores estados produtores nacionais.

Na Bahia, o município de Itaberaba se destaca na liderança de produção, com trabalho cooperativado e uso de técnicas modernas de produção e de comercialização. A produção local mudou a vida dos habitantes e cresceu no mesmo período em que decaiu a produção de Coração de Maria, na década de 1990.

Sabor apreciado

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o Brasil é o maior produtor mundial de abacaxi, uma das frutas favoritas da população brasileira. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país produziu 1,5 milhões de toneladas da fruta em 2011.

Neste ano, a Bahia atingiu a produção de 140 milhões de frutos de abacaxi (IBGE, 2013), numa área colhida de 5.841 ha, obtendo um rendimento de 24.012 frutos/ha, pouco abaixo da média nacional de 25.239 frutos/ha. Responsável por 8,9% da produção e 9,3% da área colhida do país , é superada apenas pela Paraíba, Pará e Minas Gerais, maiores produtores nacionais há mais de uma década

A maior produção de abacaxi na Bahia ocorre em municípios da região semiárida, com destaque para Itaberaba, situado a 264 km de Salvador, que em 2011 respondeu por 58% da produção do estado. Segue-se Umburanas (2,2%), Macajuba (1,3%) e Boa Vista de Tupim (1,2%), os dois últimos na região de Itaberaba.

Chapada Diamantina

Domingo Reinhardt, diretor geral da Embrapa Mandioca e Fruticultura, explica que Itaberaba tem 1.500 produtores (90% agricultores familiares) com propriedades de até 5 hectares. O município de 70 mil habitantes e localiza-se na Chapada Diamantina.

A cultura do abacaxi se consolidou na década de 1990 através do trabalho da Embrapa e da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola, ligada à Secretaria de Agricultura da Bahia.

Reinhardt diz que o cultivo exige um investimento alto, mas oferece retorno na mesma proporção. Segundo ele, o investimento inicial é de R$ 25 mil/ha com recomendação de 35 mil plantas/ha para um ciclo de 1,5 ano.

Mas as mudas que custam entre R$ 0,50 e R$ 0,45, no segundo plantio se multiplicam e caem para R$ 0,40 a R$ 0,35 .

Variedades resistentes

Nos últimos anos, a Embrapa lançou três variedades resistentes a pragas: BRS Imperial (2003), BRS Vitória (2006) e BRS Ajubá (2009), resultantes de experiências de cruzamentos realizado ao longo de 20 anos, explica Reinhardt.

A principal doença é a fusarios, causada pelo fungo Fusarium subglutinans. Se espalha pela ação do vento, salpicos de chuva e por insetos que pousam nas inflorescências. Pode provocar perdas com taxas superiores a 80%.

A fusariose ataca praticamente todas as partes da planta, e pode ser decorrente do plantio de mudas infectadas. Estas deverão ser arrancadas e enterradas ou queimadas. Os sintomas são folhas amareladas, com o "olho" aberto e exposição das folhas mais novas.

A prevenção de contaminação se dá pelo uso de mudas de procedência segura e da indução floral, método de controle da época da floração e, assim da colheita, por meio de substâncias químicas reguladores do crescimento vegetal (fitorreguladores). O método é utilizado na Bahia entre abril e julho. Leva 45 dias para surgir a flor e abertura floral, diz Reinhardt.

 

País produz variedades resistentes a doenças e escassez de água

Mas o abacaxi não é apenas um fruto, são muitos. Trata-se de um agrupamento de frutos.

Cada gomo do abacaxi é originado do ovário de uma flor. Como são aglomeradas em um eixo, formam uma estrutura compacta e parecem uma fruta única.

É o que ensina o engenheiro agrônomo e doutor em Biologia Vegetal, Domingo Haroldo Reinhardt, diretor geral da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas. 

Herdeiro da tradição familiar que veio do pai, pioneiro no cultivo e estudo do abacaxi na Bahia, pesquisa a fruta desde a década de 1970.

Juntamente com outros especialistas se debruçou sobre os problemas referentes à criação de frutos mais resistentes a doenças como a fusariose. 

Com o resultado foram realizadas diversas experiência de cruzamento, que também buscaram originar produtos que não mantivessem algumas características consideradas desagradáveis por quem manipula o fruto tradicional, como os espinhos.

Original X Híbrido

O pérola é uma variedade do fruto brasileiro de origem amazônica, só cultivada no Brasil. Suculento e doce, tem baixa acidez e é mais fibroso.

Dentre os híbridos, o mais difundido é o imperial, resultado do cruzamento das variedades perolera e Smooth Cayenne.

Tem polpa amarela, elevado teor de açúcar, excelente sabor e não possui espinhos nas folhas e na coroa.

Resistência

Nas avaliações feitas em várias regiões produtoras do Brasil, o imperial destacou-se por sua resistência à fusariose, dispensando o uso de fungicidas. Entretanto, a vantagem do pérola é sua maior resistência à falta de água.

Após a colheita, o imperial mantém a consistência por até 20 dias, enquanto a variedade pérola deve ser consumida em cinco dias.

Fonte: A Tarde

Compartilhar

Black Friday: como evitar os descontos de mentira

Publicado em 25/11/2014 às 07h55

Black Friday: como evitar os descontos de mentiraUma das datas que mais movimentam o mercado mundial está chegando: dia 28 de novembro, conhecida por Black Friday.

Em outros países, os descontos são realmente muito altos e, por vezes, pode ser uma boa oportunidade de comprar o que estava planejando, antes do prazo estipulado, mas por um preço bem menor.

No entanto, aqui no Brasil, a situação é um pouco diferente e, quem não for atento, pode ter suas finanças seriamente comprometidas.

Muitas lojas prometem proporcionar grandes descontos para os consumidores. Contudo, todo cuidado é pouco, pois, o que se observou em 2013 foi que, na verdade, muitas marcas agiram de forma errada com os clientes, elevando os preços expressivamente alguns dias antes, para, depois, dar os “descontos”.

É importante, então, estar atento nos preços dos produtos já há algum tempo, para que não seja enganado e tenha a falsa sensação de estar economizando. Se realmente houver uma redução, essa será uma ótima chance para quem já sabe o que quer comprar para o Natal, por exemplo. Só não pode deixar que os impulsos das promoções se transformem em endividamento.

“Comprar adequadamente e com bons descontos é um dos principais segredos da educação financeira e da arte de poupar. Mas não recomendo que comprem coisas que não estejam dentro de seu planejamento, pois, normalmente são nos impulsos das promoções e do consumismo descontrolados que as pessoas se endividam”, alerta o educador e terapeuta Reinaldo Domingos, autor das obras Livre-se das Dívidas eTerapia Financeira (Editora DSOP).

E, para quem já se planejou e quer encarar uma maratona de compras, é importante algumas orientações. A principal é ter uma dose extra de paciência. “Muitas vezes, por estarem estressadas, as pessoas compram por impulso, sem pesquisar, e, em função disto, pagam mais”, lembra Domingos.

O educador financeiro também alerta em relação ao consumismo exacerbado. “As pessoas são estimuladas ao consumo e acham que é fundamental gastar mais do que possuem. Assim, para poder arcar com estes gastos, utilizam de linha de créditos, como parcelamentos – que nada mais são do que forma de formas de endividamentos. Isto, em conjunto com outros compromissos já firmados, se torna uma ‘bola de neve’ que leva à inadimplência. Assim, é fundamental educação financeira para que a aquisição de um bem tenha significado e aconteça por meio de reflexão e dentro das reais condições financeiras”, explica o educador.

Veja outros cuidados que devem ser tomados para economizar na hora de comprar na Black Friday:

1) Não compre se para isso precisar se endividar. Parcelamento também é uma forma de dívida. Se for inevitável, tenha certeza de que cabe no orçamento.

2) Analise se a compra não trará custos extras para a família ou para a pessoa posteriormente.

3) Antecipe-se à Black Friday, pesquisando os preços dos produtos que deseja comprar para ver se os descontos que darão realmente são interessantes.

4) Faça uma lista detalhada de tudo que pretende comprar e quem deseja presentear e quanto pretende gastar com cada um.

5) Se estiver em situação financeira problemática, e quiser adiantar as compras de Natal, uma dica é priorizar as crianças. Será mais fácil explicar para os adultos o jovens o motivo de não receberem presentes.

6) Utilize a internet como meio de pesquisa, mas cuidado, só acesse e compre em sites confiáveis, crimes digitais são cada vez mais comuns.

7) Prepare-se para ir as compras nas lojas com tempo e roupas confortáveis, além disso é importante uma dose extra de paciência, evitando que se compre rapidamente para acabar com o martírio.

8) Procure, por meio de conversas, saber quais são os reais desejos das pessoas. Muitas vezes se compra coisas caras, sendo que presentes baratos seriam muito mais bem vindos.

Fonte Tribuna da Bahia

Compartilhar

Pesquisa aponta que 62% das rodovias baianas são ‘precárias’

Publicado em 25/11/2014 às 07h51

Pesquisa aponta que 62% das rodovias baianas são ‘precárias’Estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT), para a pesquisa Rodovias 2014, identificou que 62% das rodovias baianas são precárias.

O levantamento analisou condições gerais de pavimentação, sinalização e geometria de 51 estradas na Bahia. Este número corresponde a um total de cerca de oito mil quilômetros de estradas estaduais, federais, transitórias, além de trecho sob responsabilidade de concessionários.

Em todo o estado, 24 trechos foram definidos como regulares, 11 ruins e três péssimas, de acordo com matéria publicada nesta segunda-feira (24), em A Tarde. O estudo identificou também que as melhores rodovias estão no estado de São Paulo.

Fonte: Bahia Notícias

Compartilhar

Vacina contra o HPV irá até dezembro em Meninas de 12 e 13 anos

Publicado em 25/11/2014 às 07h48

Meninas na faixa etária de 12 e 13 anos têm até o fim do mês de dezembro para receber a vacina contra o HPV. A partir de 1º de janeiro de 2015, essa imunização só estará disponível na rede pública para meninas de 9 a 11 anos, e em 2016, só meninas de 9 anos terão acesso à vacina.

Segundo o ministro da Saúde, Arthur Chioro, essa é a idade preconizada pela Organização Mundial da Saúde. Em 2014, a vacina passou a fazer parte do calendário de imunização, portanto, mesmo as meninas de 11 a 13 anos que ainda não tomaram a primeira dose poderão procurar um posto.

“A menina que fez 11 anos vai ao posto, recebe a primeira dose, seis meses depois, a segunda, cinco anos depois, recebe a dose de reforço”, explicou Chioro, em entrevista à Agência Brasil.

Enquanto 97,7% do público-alvo passaram pela primeira fase da imunização, apenas 49% das 4,9 milhões de meninas na faixa etária tomaram a segunda dose. “Não há proteção sem a segunda dose”, ressaltou o ministro.

Chioro atribui a baixa adesão a três fatores. Primeiramente, essa é uma faixa etária que não tem outras vacinas, então é mais difícil alcançá-la. O ministro também acredita que a estratégia adotada no começo da campanha era mais eficiente - “estados e municípios, que são os responsáveis pela aplicação, levaram a vacina às escolas e aos postos de saúde, mas na segunda ela foi disponibilizada apenas nos postos”.

Além disso, o ministro acredita que algumas meninas ficaram assustadas com a notícia de supostas reações à vacina no interior de São Paulo. “É uma vacina extremamente segura, não era uma reação à vacina, era medo, estresse, não pode ser lido pela população como alguma coisa nociva. O Ministério da Saúde tem absoluta segurança”.

Até 2013, 175 milhões de pessoas foram imunizadas em todo o mundo. A vacina contra o HPV oferecida no Sistema Único de Saúde protege as meninas contra quatro subtipos da doença, entre eles o 16 e o 18, responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero.

“Se todas as meninas se vacinassem, poderíamos ter a capacidade de diminuir em 70% os mais de 5.200 óbitos que tivemos em 2012”, disse o ministro. Os subtipos 6 e 11 são responsáveis por 90% das verrugas genitais e anais.

Fonte Correio

Compartilhar

Um dia após anúncio de reajuste, preço do combustível aumenta

Publicado em 10/11/2014 às 08h20

Após o reajuste no preço de venda nas refinarias da gasolina e do diesel, que passou a vigorar na sexta-feira (7),  o valor repassado para o consumidor aumentou neste sábado (8) em postos de combustível da Bahia.

Em Salvador, o litro que custava e média R$ 3,19, passou para R$ 3,29. O diesel subiu de R$ 2,60 para R$ 2,82. De acordo com a Petrobras, a alta da gasolina nas refinarias será de 3% e, do diesel, 5%. O acréscimo deve resultar em aumento para o consumidor, mas o percentual, no entanto, não é necessariamente o mesmo: o valor do combustível nas bombas depende de determinação dos postos.

Nas demais regiões do estado, o aumento também já é percebido. Em Vitória da Conquista, o preço da gasolina passou de R$ 3,06 para R$ 3,15. O diesel que custava R$ 2,29 passou para R$ 2,39.

Em Feira de Santana, a maioria dos postos, a gasolina não mudou de preço mas o litro do diesel subiu em média de R$ 2,33 para R$ 2,48.

Já em Juazeiro alguns postos aumentaram o preço da gasolina de R$ 3 para R$ 3,15. Já em Barreiras, o litro da gasolina passou de R$ 3,05 para R$ 3,17.

Fonte: G1 Bahia

Compartilhar

Receita libera consulta ao penúltimo lote da restituição

Publicado em 10/11/2014 às 08h17

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contactar qualquer agência do BB

 

A Receita Federal libera nesta segunda-feira, 10, às 9h, a consulta ao penúltimo lote regular da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2014, que contempla 2.146.926 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,3 bilhões. No lote, foram incluídos também contribuintes liberados da malha fina das declarações entre os anos 2008 e 2013.

O crédito bancário será realizado no dia 17 de novembro, como antecipou neste sábado, 6, a Agência Brasil, totalizando o valor de R$ 2,4 bilhões. Desse montante, R$ 84.723.702,42 referem-se aos contribuintes atendidos pelo Estatuto do Idoso e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

O CPF dos beneficiados será disponibilizado na página da Receita na internet. A consulta também poderá ser feita pelo telefone 146 ou por meio de tablets e smartphones com os sistemas iOS (Apple) ou Android. Depois desse lote, o contribuinte que espera a liberação da restituição terá a última chance em dezembro.

Para corrigir divergências na declaração, a sugestão é que o contribuinte acesse o Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC) e, assim, evite ficar retido na malha fina. Às vezes, a digitação de um número incorreto ou letras a mais em qualquer um dos dados constantes na declaração cria problemas para o contribuinte.

Todos os anos, a Receita libera sete lotes regulares de restituição. O primeiro em junho e o último em dezembro. Nos meses seguintes, à medida que as declarações em malha são corrigidas, são liberados lotes residuais.

Pelas normas da Receita, a restituição fica disponível no banco indicado pelo contribuinte durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, usando o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contactar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a central de atendimento por meio do telefone 4004-0001, nas capitais, e 0800-729-0001 nas demais localidades. O número 0800-729-0088 é disponibilizado especialmente para pessoas com deficiência auditiva. Nesse contato, o contribuinte pede o agendamento do crédito em conta-corrente ou em poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Fonte: A tarde

Compartilhar

Acidente com ônibus na BR-101 deixa sete mortos e 28 feridos

Publicado em 10/11/2014 às 08h01

O acidente com um ônibus da empresa Rota Transportes, que aconteceu na noite desta sexta-feira (7), na BR-101, deixou sete mortos, sendo cinco mulheres, identificadas como Madalena Nunes, Valéria da Conceição Rodrigues, Marlene Alves dos Santos, Iasmin da Silva Lopes, o motorista do ônibus, José Nilson, e uma criança, Diana Silva Souza, que teria entre seis e sete anos, segundo a delegacia de Itapebi, no extremo sul da Bahia.

O coletivo saía de Ilhéus em direção a Porto Seguro e caiu da ponte sobre o rio Jequitinhonha, após uma kombi tentar fazer uma ultrapassagem e colidir lateralmente com o ônibus. A mureta no entorno da ponte cedeu ao peso do veículo, que caiu de uma altura de mais de 30 metros.


Foto: Itapebi Acontece






Segundo a delegacia, o coletivo transportava cerca de 35 pessoas, mais o motorista. Destas, 28 ficaram feridas, sendo 24 levadas ao Hospital Regional de Eunápolis, duas ao Hospital Regional Deputado Luis Eduardo Magalhães em Porto Seguro, em estado grave, uma a Itagimirim e outra para Itapebi.

O motorista da kombi, Adriano Moreira de Souza, de 36 anos, foi apontado como suspeito de ter causado o acidente, estando detido na delegacia. Ele passou por um exame de bafômetro, que deu negativo, mas pode responder por homicídio doloso ou culposo, a depender dos rumos da investigação. O motorista disse na delegacia que foi atrapalhado na direção por um terceiro veículo - a polícia ainda investiga se houve de fato esse outro carro no acidente.

 Foto: Sul Bahia News

 

Logo após a queda no rio, pescadores que estavam próximos ao local ajudaram no resgate e na retirada dos corpos, sendo suspensas as buscas por volta da 1h30 da manhã. A correnteza do rio arrastou o ônibus por 30 metros, mas a hidrelétrica, que fica a 1km do acidente, fechou as comportas para ajudar no resgate.As buscas foram retomadas na manhã deste sábado após a polícia ser informada sobre o desaparecimento de outras pessoas. Segundo a delegacia, ainda não se sabe o número exato de passageiros, pois alguns poderiam ter embarcado ou desembarcado quando o coletivo parou em Camacan.Uma pessoa comprou o bilhete não embarcou no ônibus. Algumas das vítimas que estão internadas no Hospital Regional de Eunápolis já foram identificadas. São elas: Marina Coelho Araújo, Matheus Monteiro Piedade, Carlos Alexandre, Vera Lucia Nunes, Walter Francisco de Oliveira, Jedeval Santos da Silva, Emerson Santos da Silva, Patricia Cavalcante Silva, Ilma Angelica Lopes, Erivaldo de Jesus Almeida, Jose Roberto dos Santos, Luan Santana, Francis Marinho e Rosemeire Souza Coelho.

Fonte: iBahia

Compartilhar

O aumento do Diesel terá impacto no custo da energia elétrica

Publicado em 10/11/2014 às 07h57

O aumento do Diese terá impacto no custo da energia elétrica disse, nesta sexta (07.11), o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp. "Vai pesar um pouquinho (o aumento do diesel), pois não temos muitas térmicas a base de diesel, a maioria é a gás", disse ele.

Chipp explicou que o parque térmico brasileiro gera cerca de 3 mil megawatts, sendo que o total de geração de capacidade instalada no país é por volta de 20 mil megawatts.

O representante do ONS participou de encontro na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, zona sul, promovido pelo Comitê Técnico Científico da Academia Nacional de Engenharia (ANE).

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

MEC diz que 1.519 pessoas foram eliminadas no Enem

Publicado em 10/11/2014 às 07h51

O ministro da Educação, Henrique Paim, informou neste domingo (9) que 1.519 pessoas foram eliminadas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), dos quais 236 por uso indevido do telefone celular. "Foi um número expressivo", disse o ministro, em entrevista coletiva para apresentar um balanço do Enem.

Os dados ainda são preliminares e podem ser ampliados. "Isso é lamentável, mas vamos continuar aperfeiçoando o processo e ampliando o rigor", acrescentou. Segundo o ministro, no ano passado cerca de 1.500 candidatos foram eliminados, dos quais 47 por uso indevido de celular. O índice de abstenção da prova atingiu 28,64%, muito semelhante ao registrado no ano passado, de 29,1%. Na média, o índice de abstenção do Enem, segundo o ministro, gira em torno de 30%.

Neste ano, houve um recorde de inscrições, com 8,7 milhões de pessoas inscritas para fazer o exame. "Vamos nos debruçar sobre que tipo de medidas devemos tomar para reduzir esse índice histórico de abstenção", afirmou. O ministro também lamentou a morte, ontem, de Edivânia de Assis, no local da prova, em Olinda (PE), devido a um edema pulmonar. "Lamentamos profundamente essa morte e nos solidarizamos com a família", disse. Segundo o ministro, a candidata Maria Valdênia Alves Vieira entrou em trabalho de parto durante a prova. Ela deu à luz sua filha Júlia, em Calcaia (CE). 

Na avaliação do ministro, a edição deste ano do Enem foi tranquila. "Chegamos a um momento de consolidação do processo, com a logística permanentemente aperfeiçoada, mostrando resultados importantes", afirmou. O ministro disse que os comentários sobre a prova foram positivos. Questionado sobre o uso do tema da prova, o ministro minimizou o fato de um professor do cursinho PH, Filipi Couto, ter aplicado uma prova de redação para seus alunos com o mesmo tema, publicidade infantil, no Rio de Janeiro. "Sabemos que os cursinhos trabalham vários temas e que eventualmente um cursinho ou outro pode ter se aproximado". ministro não fez comentários sobre as prisões efetuadas pela Polícia Federal (PF) devido a fraudes na aplicação da prova, tampouco confirmou o número de presos.

Fonte: Bahia Notícias

Compartilhar

Confira gabarito extraoficial das provas deste domingo do Enem

Publicado em 10/11/2014 às 07h46

O Enem chegou ao fim neste domingo (9) com provas de Linguagens, Matemática e Redação. As provas foram consideradas dentro do padrão normal do exame por professores. Os gabaritos oficiais das provas objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 12 de novembro.

Confira clicando aqui um gabarito extraoficial elaborado por professores da rede de ensino Ari de Sá.

A prova de Português foi considerada boa pelo professor João Filho. "Tem consolidado um modelo que a gente constata que ela está se encorpando, mas sempre dentro da proposta de se manter uma matriz de referência, inclusive na ordem das questões. As questões vão evoluindo, evoluem também as habilidades", explica o professor.

A redação também foi avaliada de maneira positiva. "O Enem não surpreendeu em cobrar essa temática dos alunos porque é uma temática que envolve o pensamento crítico social", acredita a professora Francisca Barros.

Já a prova de matemática está cobrando menos habilidades do que deveria, para o professor Robério Bacelar.  "Está ficando cada vez mais com cara de prova de conteúdo do ensino fundamental", afirma.

Abaixo, é possível conferir as questões comentadas pelos professores.

  1. Ainda com dúvidas sobre o Enem? Confira aqui um guia para você se orientar
    glo.bo/1pq7NHs
     
  2. Logo após as provas, professores do Sistema Ari de Sá (SAS) vão corrigir e comentar todas as questões no site Correio24Horas. Aguarde!
     
  3. Veja comentário dos professores sobre a questão 137 (caderno amarelo), 170 (azul), 141 (rosa), 179 (cinza) de matemática bit.ly/1xplRlr
     
  4. Confira comentário da questão 138 (caderno amarelo), 171 (azul), 142 (rosa), 180 (cinza) de matemática bit.ly/1tQZyTi
     
  5. Veja comentário da questão 146 (caderno amarelo), 151 (azul), 155 (rosa), 168 (cinza) de matemática bit.ly/1zEZeM8
     
  6. Confira comentário sobre solução para a questão 160 (caderno amarelo), 156 (caderno azul), 169 (caderno rosa), 155
    (caderno cinza) da prova de Matemática bit.ly/1ozO6Mw
     
  7. Veja comentário sobre questão 91 (caderno amarelo) da prova de Linguagens (Inglês)bit.ly/1tYBTlq
     
  8. Veja comentário sobre questão 92 (caderno amarelo e rosa), 95 (azul e cinza) da prova de Linguagens (Inglês) bit.ly/1tYBYWo
     
  9. Veja comentário sobre solução da questão 93 (caderno amarelo e rosa), questão 91 (azul e cinza) da prova de Linguagens (Inglês) bit.ly/1xcjtQz
     
  10. Veja comentário sobre questão 94 (caderno amarelo) da prova de Linguagens (Inglês)bit.ly/10NoXTC
     
  11. Veja comentário sobre questão 95 (caderno amarelo e rosa), questão 93 (azul e cinza) da prova de Linguagens (Inglês) bit.ly/1stSOI0
     
  12. Confira comentário sobre questão 96 (caderno amarelo) da prova de Linguagens (Português)bit.ly/1zF30oI
     
  13. Confira comentário sobre questão 97 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/1udaGv7
     
  14. Confira comentário sobre questão 99 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/1uPAlvz
     
  15. Confira comentário sobre questão 101 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/10NpEML
     
  16. Confira comentário sobre questão 102 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/1tvhuPC
     
  17. Confira comentário sobre questão 103 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/1qyCftX
     
  18. Confira comentário sobre questão 112 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/1uT24w2
     
  19. Confira comentário sobre questão 119 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/1tvi0x2
     
  20. Confira comentário sobre questão 125 (caderno amarelo) da prova de Linguagem (Português)bit.ly/1ynsJy3
     
  21. Confira comentário da questão 140 (caderno amarelo) de Matemática bit.ly/1tR9MDa
     
  22. Confira comentário da questão 145 (caderno amarelo) de Matemática bit.ly/1xjUnwv
     
  23. Confira comentário da questão 147 (caderno amarelo) de Matemática bit.ly/10Nqp8K
     
  24. Confira comentário da questão 149 (caderno amarelo) de Matemática bit.ly/1ozUDaa
     
  25. Confira comentário da questão 158 (caderno amarelo) de Matemática bit.ly/1tvjZSc
     
     
    Fonte: Correio 24hs
Compartilhar

Trio é preso com quase R$ 6 mil em cédulas falsas

Publicado em 10/11/2014 às 07h40

Três pessoas foram presas acusadas de portar R$ 5.900 em moeda falsa, no município de Morro do Chapéu, no centro-norte da Bahia. A quantia estava dividida em cédulas falsas e mais R$ 828 distribuídos entre moedas e cédulas genuínas.

Trio e o material apreendido foram apresentados na delegacia de Morro do Chapéu

A prisão foi realizada durante uma operação conjunta entre policiais militares da 4ª Companhia do 7º Batalhão/Irecê e a Polícia Civil.

Os acusados foram identificados como Magno Paulo Mendes, 27 anos, Ademir Cosme de Moura, 40, e Jorivaldo Paulo Mendes, 46 anos. O trio e o material apreendido foram apresentados na delegacia de Morro do Chapéu.

Fonte: R7 Notícias

Compartilhar

Décimo terceiro salário vai injetar R$ 6,7 bilhões na economia

Publicado em 06/11/2014 às 11h03

O pagamento do 13º salário vai injetar R$ 6,7 bilhões na economia baiana neste final de ano. A estimativa é do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). 

Em termos nominais, o montante é 11,7% maior que o registrado com o rendimento extra no final do ano passado, porém, não é possível fazer uma comparação direta entre 2013 e 2014, pois o órgão contabilizou, pela primeira vez este ano, o contingente de pessoas que são beneficiadas por regimes próprios de previdência de municípios, estado e União.

Conforme explicou a supervisora técnica do órgão na Bahia, Ana Georgina da Silva Dias. De acordo com ela, 64% desta renda extra será apropriada por trabalhadores formais da iniciativa privada e da administração pública; 35% por aposentados e pensionistas do INSS ou de regime previdenciário próprio; e 1% por trabalhadores domésticos.

Na Bahia, o 13º salário terá valor médio de R$ 1.346,85. “É o maior valor médio do 13º do Nordeste”, constatou a supervisora. Em todo o Brasil, o pagamento do salário extra vai movimentar R$ 158 bilhões, 10% a mais que o movimentado em 2013 (R$ 143 bilhões).

O valor médio nacional do 13º será de R$ 1.774. O maior 13º médio será pago no Distrito Federal, R$ 3.200. E o mais baixo nos estados do Maranhão e Piauí, R$ 1.200. Os números nacionais apontam ainda que o pagamento do salário extra equivale a 3% do Produto Interno Bruto brasileiro.

Fonte: Correio 24hs

 

Compartilhar

Bahia espera chegada de 180 mil turistas no Verão em cruzeiros

Publicado em 06/11/2014 às 11h01

Está aberta a temporada de Cruzeiros na Bahia. Mais de 180 mil turistas estão sendo aguardados vindos pelo mar para este verão na Bahia, conforme a Codeba (Companhia das Docas do Estado da Bahia).

A temporada começou com a chegada do navio National Explorer. Nesta quitna-feira (6/11) é a vez de ancorar no porto um navio da Empress. Nos próximos meses serão ainda 68 embarcações até o final de março de 2015. O número, no entanto, é menor do que no ano passado. Segundo a Codeba, a redução é por conta do fluxo de turistas recebidos pelo Brasil no período da Copa do Mundo.

Na temporada 2013/2014, passaram pelo Porto de Salvador, 81 navios de cruzeiro, com um total de 204 mil passageiros. Para o presidente da Codeba, José Muniz Rebouças, houve o interesse maior no período da Copa, o que acabou reduzindo os números de navios nesta época do verão.

“É evidente que este ano, sobretudo em termos de turismo internacional, o interesse maior pelo Brasil se concentrou no período da Copa, o que provavelmente vai afetar a movimentação na temporada que se inicia”, avalia Muniz Rebouças.

Já o secretário de Turismo do Estado da Bahia, Pedro Galvão discorda. Ele pontuou que os custos dos navios estão altos, conforme denúncia que recebeu do trade turístico. “A Copa foi importante porque mostrou uma cidade bem avaliada, inclusive na área de segurança. O que não está havendo é navio. Se houvesse mais navios, consequentemente teriam mais passageiros. Noventa e nove por cento do público que viaja em Cruzeiros são brasileiros”, disse. Galvão, acrescentando que recebeu uma solicitação do trade turístico para criar medidas que reduzam os custos.

 “As companhias de navegação, conforme as queixas do trade  afirmam que os custos da praticagem, quando o navio entra na Baia de Todos os Santos, são muito alto. Segundo a informação que tenho, e vou apurar, é que na Bahia é cobrado cinco vezes mais do que outros portos”, afirmou.

O titular da pasta de turismo do estado ressaltou ainda a importância dos Cruzeiros para a economia local e venda de imagem da Bahia. “Entendemos que o turista de Cruzeiro é muito importante, não pelo que eles gastam, até porque passam em média apenas 12 horas na cidade, é o tempo que o navio fica estacionado. Mas esses turistas se bem orientados, se bem tratados, eles retornam para visitar os lugares que não tiveram a oportunidade de conhecer, além de voltar com três ou quatro amigos e familiares”, disse.  

Conforme Galvão, “embora os integrantes de um  Cruzeiro não utilizem a rede hoteleira, utilizam restaurantes, táxis, visitam nossos pontos turísticos, compram, então eles têm uma função econômica importante. Porém a principal é ser bem recepcionado para voltarem à cidade”, ressaltou.

Fonte: Tribuna da Bahia

Compartilhar

Bandidos roubam carro e mais de R$ 35 mil em Irecê

Publicado em 06/11/2014 às 10h44

Dois bandidos armados roubaram o carro e levaram a quantia de R$ 26 mil em dinheiro e mais de R$ 10 mil em cheques de um homem. A vítima foi Claudionei Alves Marcelo, rendido na manhã desta quarta-feira (5), nas proximidades da Praça Ayrton Senna, em Irecê.

Claudionei relatou à polícia que estava fazendo cobranças na cidade e o dinheiro, os cheques e o carro pertenciam ao seu patrão, o comerciante do ramo de carnes em Irecê, Jailson.

A vítima disse que trafegava próximo à Praça Ayton Senna quando foi rendido pelos bandidos, um deles entrou no carro e lhe ordenou que fosse até as imediações do Mercadão. Em uma estrada vicinal, os criminosos lhe tomaram o dinheiro e os cheques e lhe abandonaram.

O veículo foi encontrado pela Polícia Militar ainda durante a tarde, nas proximidades da CERB – Companhia de Engenharia Rural da Bahia, na BA-052.

Até o momento, nenhum suspeito foi preso. A polícia investiga o caso.

Fonte: Irecê Reporter

Compartilhar

Moradores de Vitória da Conquista protestam por falta d'água

Publicado em 06/11/2014 às 10h39
Moradores de Vitória da Conquista protestam por falta d'água por mais de 20 dias
Fotos: Blog do Anderson
 
Um grupo de cerca de cem pessoas realizou um protesto no final da tarde desta quarta-feira (5) em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, para protestar pelo suspensão no fornecimento de água em regiões da cidade há mais de vinte dias. Com gritos de “Queremos água”, os manifestantes interditaram as avenidas Macaúbas e Farroupilha, com contas pagas em mãos e baldes vazios. “Tem lugar aqui no Patagônia que falta água há mais de vinte dias. Minha casa tem dez dias que não cai água, eu tive que comprar uma caixa para colocar embaixo, e mesmo assim tem nove dias que não cai água em minha casa.
 


O objetivo dessa manifestação é despertar a Embasa para que ela olhe para a população dessa região, porque água nós sabemos que tem, porque em uma parte do bairro cai água”, afirma o líder comunitário Geovanne Viana, em entrevista ao Blog do Anderson. Ainda de acordo com o site, o Hospital Municipal Esaú Matos, onde foi realizada a manifestação, tem sido abastecido por meio de carros-pipa. Os participantes ainda relatam que, para solucionar o problema, é preciso comprar água, que pode custar R$ 20 por mil litros. As contas, no entanto, tem chegado mensalmente.
 
Fonte: Bahia Notícias
Compartilhar

Bahia terá mais 30 novos projetos de energia solar e eólica

Publicado em 06/11/2014 às 10h33

Bahia terá mais 30 novos projetos de energia solar e eólicaParque eólico em Brotas de Macaúbas: Bahia é destaque na geração de energia limpa

Com investimentos de R$ 3,4 bilhões, a Bahia concentra a maior parte dos parques de energia eólica e solar a serem instalados no país, a partir de 2015 - com previsão de entrada em operação em 2017. O estado foi o principal destaque dos empreendimentos das empresas que participaram do leilão de energia de reserva, realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), na última sexta-feira. Dos 62 projetos vencedores, 30 serão instalados em solo baiano (14 solares e 16 eólicos). Juntos, eles serão responsáveis pela geração de 773,1 MW.

Os demais empreendimentos serão distribuidos pelos estados de São Paulo, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Piauí, Minas Gerais, Goiás, Paraíba e Ceará, somando 31 projetos. No total, considerando os empreendimentos previstos para a Bahia, os investimentos para as duas fontes superam R$ 7 bilhões.

A Bahia foi destaque nas duas fontes, respondendo por 49% da geração de energia dos projetos de eólica (373,5 MW ) e 45% de energia solar (399,6 MW). "A expectativa era grande para a energia solar, pois se tratava do primeiro certame que contratou um produto exclusivo da fonte", afirmou o engenheiro eletricista Rafael Valverde, superintendente de Indústria e Mineração da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (SICM), que comemorou "o volume surpreendentemente alto".

Disputa

Segundo o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, o leilão destacou-se pela acirrada disputa pelos empreendimentos fotovoltaicos, que foram ofertados separadamente de outras fontes. "Foi o certame mais disputado da história dos leilões de energia no Brasil", disse.

Três empresas venceram os projetos a serem instalados na Bahia, somando investimentos de R$ 2 bilhões. A Enel, que foi a maior vencedora individual do leilão, deve instalar o projeto no município de Tabocas do Brejo Velho, no oeste baiano. Já as empresas Renova Energia e Rio Energy vão instalar os parques em Caetité, na Chapada Diamantina. O município já sedia atualmente o empreendimento Alto Sertão-I, composto por 14 parques, que formam o maior complexo eólico da América Latina, gerido pela Renova Energia.

Entre os novos projetos eólicos, o município volta a sediar novo empreendimento da Renova. As demais empresas vencedoras no setor eólico foram a CEA e o Consórcio Enel-Sowitec, que vão instalar parques em Campo Formoso (Enel-Sowitec), Gentio do Ouro e Xique-Xique (CEA), no semi-árido. "O que se traduz em nova oportunidade econômica para a região", frisa Rafael Valverde.

 

SunEdison vai fornecer placas fotovoltaicas para a Renova

A empresa Renova Energia, que é responsável pela gestão na Bahia do maior complexo eólico da América Latina, anunciou que vai adquirir placas fotovoltaicas da SunEdison. A empresa norte-americana  mantém atualmente escritórios  em São Paulo e Recife.

A SunEdison vai fornecer os equipamentos para a construção dos parques solares fotovoltaicos a serem instalados na Bahia, sendo que os equipamentos terão que atender os requisitos exigidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o financiamento de longo prazo.

Líder  mundial em tecnologia solar fotovoltaica e de semicondutores, a companhia também é a fornecedora líder de serviços de energia solar. A empresa desenvolve, financia, constrói, opera e realiza manutenção de usinas solares fotovoltaicas em grande escala e sistemas sobre coberturas comerciais e residenciais, estando presente em  mais de 25 países.

Os novos projetos da Renova na Bahia preveem a instalação de mais quatro parques, no município de Caetité, na Chapada Diamantina. Com os novos projetos, a  capacidade instalada contratada da companhia passa de 2.301,1 MW para 2.451,5 MW, consolidando a liderança no mercado de energia renovável no Brasil.

Fonte: Portal A tarde

Compartilhar

Rio São Francisco acumula bancos de areia em trecho da Bahia

Publicado em 06/11/2014 às 10h28

No Nordeste brasileiro, no trecho que corta a Bahia, o rio São Francisco acumula bancos de areia, na pior seca dos últimos cem anos.

O transporte de grãos pelo rio foi interrompido. A hidrovia baiana, entre Ibotirama e Juazeiro, há três meses parou de funcionar. Tem sido muito difícil navegar em águas rasas.

Almir Batista, dono de barco: Eu conheço tudo.
Jornal Nacional: E mesmo assim o senhor já encalhou?
Almir Batista: Diversas vezes. Não dou nem conta.

As balsas que fazem a travessia de carros são as que mais encalham.

Na região do médio São Francisco, entre a divisa da Bahia com Minas até o município de Xique-Xique, surgiram enormes bancos de areia no leito do rio. Em um, por exemplo, dá até para apostar corrida de cavalos.

O Jornal Nacional foi ao meio do leito do rio no município de Paratinga. Nos períodos anteriores de seca, a profundidade nesta área chegava a dois metros no mínimo. Agora, a gente consegue atravessar o São Francisco com água abaixo do joelho. E, mesmo assim, porque abriram um canal para abastecer a cidade.

É de um pequeno poço que os motores bombeiam água para os moradores. O pescador Sefas Santos diz que nunca viu o rio tão distante do cais.

O lago de Sobradinho, o maior do rio, já secou 80%. Comunidades como o povoado de Piçarrão, que ficava perto da represa, agora estão a oito quilômetros. O abastecimento é feito por caminhões pipa. Mas para ter água em casa tem que pagar.

"Tem dia que a gente vê a carne mas não pode comprar porque tem que comprar água", conta a dona de casa Roberta Ferreira.

O Velho Chico que não conta com a ajuda nem de sua nascente tradicional, na Serra da Canastra, em Minas, nem da grande maioria de seus afluentes, chega sem nenhuma força ao Oceano Atlântico. Em vez de empurrar o mar como antes, agora se deixa invadir pelas águas salgadas.

Fonte: G1 - Globo.com

Compartilhar

Estado tem 3 cidades com risco de infestação de dengue

Publicado em 05/11/2014 às 08h00

Estado tem 3 cidades com risco de infestação de dengueMinistro Chioro (C) revelou dados ao lado do secretário Jarbas Barbosa (D) e Luis Condina, da OMS

Três cidades baianas estão entre os 117 municípios brasileiros em situação de risco para a ocorrência de epidemias de dengue. Santo Amaro, Iuiú e Itabuna constam do Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), divulgado nesta terça-feira, 4, pelo Ministério da Saúde.

Na Bahia, 51 municípios estão na lista. Destes, 27  apresentam sinal de alerta e 21  têm números satisfatórios (bairros visitados nestas cidades estão com índice abaixo de 1% de larvas do Aedes aegypti).

O levantamento foi elaborado pelo Ministério da Saúde em parceria com estados e municípios. O objetivo é usar a pesquisa  para orientar as ações de controle da dengue, o que possibilita aos gestores locais de saúde anteciparem as iniciativas de prevenção. O LIRAa divulgou a situação de 1.463 cidades.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresentou dados ao lado do secretário de Vigilância, Jarbas Barbosa, e de Luis Condina,  da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/ OMS). Neste ano, foram 379 mortes, contra 646 em 2013 - uma redução de 41%.

Para o ministro, as medidas de prevenção adotadas pelo governo federal, pelos gestores locais e sociedade foram as grandes responsáveis pela queda nos números de casos e óbitos por dengue. Mas alertou sobre a importância de manter e reforçar as ações para combater não só a dengue como a chikungunya.

Esta última, doença infecciosa febril causada pelo vírus chikungunya (CHIKV), que pode ser transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus.

"As medidas de enfrentamento e prevenção das duas doenças são as mesmas. Temos de intensificar estas ações e prestar bem a atenção nas informações que o LIRAa nos revela. Trata-se de uma ferramenta muito potente que nos dá informações importantes", disse Chioro.

Apesar de Feira de Santana  não constar do levantamento,  a  Secretaria  de Saúde do município  divulgou, nesta terça,  419 confirmações de chikungunya na cidade.

Segundo a nota, foram notificados 1.175 casos suspeitos da doença, sendo 419  confirmados, 67 descartados e 689 em investigação. Os dados são do período de 29 de março a 3 de novembro.

Balanço

Até  25 de outubro,  o Ministério da Saúde registrou 824 casos de chikungunya no País, sendo 151 confirmados por critério laboratorial e 673 por critério clínico-epidemiológico.

Destes, 39 são casos "importados" - pessoas que viajaram para países com transmissão da doença, como República Dominicana, Haiti, Venezuela, Ilhas do Caribe e Guiana Francesa.

Fonte: A Tarde

Compartilhar

Gripe suína mata na Bahia

Publicado em 05/11/2014 às 07h56

A primeira morte por contaminação do vírus influenza A H1N1, mais conhecido como gripe suína, foi divulgada ontem pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Morador de Guanambi, sudoeste baiano, Juarez Oliveira da Silva, 27 anos, foi internado no último dia 10, mas morreu após uma semana.

De acordo com dados da Sesab, este ano já foram confirmados três casos de gripe suína na Bahia, sendo que um deles é importado de outro estado.

Em 2013 foram registrados 52 casos e 11 óbitos. Ainda de acordo com a Sesab, dos outros dois casos confirmados este ano na Bahia, um dos pacientes veio de São Paulo com o vírus, mas foi tratado e curado. Já o outro foi registrado em Salvador e o paciente permanece em tratamento, e segue apresentando melhoras.

Empregado em uma marmoraria da cidade, Juarez começou a apresentar sintomas relacionados a problemas respiratórios devido à exposição ao pó de mármore. Segundo informações fornecidas pela 30ª Diretoria Regional de Saúde (Dires), o jovem teria dado entrada no Hospital de Guanambi, mas diante da gravidade do quadro foi transferido para o Hospital Geral de Vitória da Conquista, onde morreu dois dias depois.

A contaminação foi confirmada após análise de laboratório realizado em Salvador.  Ainda não se sabe o que pode ter motivado a gripe em Juarez da Silva. Contudo, a principal suspeita é que ele tenha sido contaminado através de contatos com pessoas envolvidas em obras de grande porte na região. Na cidade funcionam obras de uma estrada de ferro e de um parque eólico.

A HN1 ficou conhecida como gripe suína após as primeiras formas do vírus serem descobertas em porcos. Com o tempo, 2009, o vírus sofreu mutação, infectou humanos e se espalhou pelo mundo, atingindo, principalmente, jovens pessoas de 05 à 24 anos. A gripe suína tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, como febre, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dor na garganta, fraqueza, com o agravante de ser mais séria.

Causas e sintomas

De acordo com o infectologista Marcelo Galvão de Almeida, a gripe suína causa pânico à população, mas os cuidados são básicos como os de uma gripe. “É importante manter a carteira de vacinação atualizada, pois ainda é a melhor forma de precaução. Além disso, alguns cuidados básicos como evitar direto com a pessoa infectada e manter a boa imunidade do corpo são essenciais”, afirmou.  

O vírus, assim como qualquer outro, pode ser transmitido com o contato. Após estudos realizados por especialistas, foi descartada a transmissão do H1N1, através da ingestão de carne de porco ou qualquer outro alimento, nem ao beber água, nadar em piscinas ou usar banheiras ou saunas.

Fonte Tribuna da Bahia

Compartilhar

Arimo fwB normalcase tsN|bsd left uppercase b03s|Arimo left show fwR bsd b03s normalcase|||image-wrap|login news bsd fwB b01 c05 sbse|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login fwR||b01 c05 bsd|content-inner||